Young Foolish Happy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Young Foolish Happy Tour)
Ir para: navegação, pesquisa
Young Foolish Happy
Álbum de estúdio de Pixie Lott
Lançamento 11 de novembro de 2011
Gravação 2011: Londres, Nova Iorque, Los Angeles[1]
Gênero(s) Pop, dance, soul[2]
Duração 49:15 (edição padrão)
1:09:54 (edição deluxe)
Formato(s) CD, download digital
Gravadora(s) Mercury
Produção Mr Hudson, Brian Kidd, Rusko, Tim Powell, Mads Hauge, Phil Thornalley, Adrian Gurtvitz, Captain Hook, Toby Gad, The Invisible Men, Eagle Eye, Jaz Rogers, John Legend, Patrick Warren, Steve Kipner, Andrew Frampton, Patrick "Jester" Jordan-Patrikios, The Underdogs, The Matrix, Richard "Biff" Stannard
Cronologia de Pixie Lott
Turn It Up Louder
(2010)
Pixie Lott
(2014)
Capa da edição deluxe
Singles de Young Foolish Happy
  1. "All About Tonight"
    Lançamento: 2 de setembro de 2011
  2. "What Do You Take Me For?"
    Lançamento: 4 de novembro de 2011
  3. "Kiss the Stars"
    Lançamento: 30 de janeiro de 2012

Young Foolish Happy é o segundo álbum de estúdio da cantora inglesa Pixie Lott. Foi lançado em 11 de novembro de 2011 pela gravadora Mercury.

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Após ter completado sua primeira turnê, The Crazy Cats Tour, em dezembro de 2010, a cantora inglesa Pixie Lott começou a compor e gravar canções para seu segundo álbum de estúdio em janeiro de 2011 em Los Angeles, Califórnia, onde ficou por mais três meses.[3] Nos Nickelodeon Kids' Choice Awards de 2011, ela falou ao portal Digital Spy que continuou trabalhando diariamente no novo disco e que colaborações com pessoas renomadas estariam por vir. Em setembro, divulgou o título do projeto, Young Foolish Happy, e explicou que foi inspirado em uma canção de soul favorita sua, "Be Young, Be Foolish, Be Happy", do grupo vocal estado-unidense The Tams. Comentou que os termos da denominação, "jovem", "brincalhão" e "feliz" estão relacionados com a energia do disco e a mensagem que queria passar por serem motivadores.[4][5]

Singles[editar | editar código-fonte]

A canção "All About Tonight" estreou em 11 de julho de 2011 no programa radiofônico The Chris Moyles Show da emissora BBC Radio 1.[6] Em 2 de setembro seguinte, foi lançada como o primeiro single do Young Foolish Happy.[7] No Reino Unido, atingiu o topo da UK Singles Chart, tabela musical publicada pela empresa britânica The Official Charts Company, com 88.893 cópias vendidas em sua primeira semana. Tornou-se o terceiro trabalho de número um nacional de Lott, enquanto teve o mesmo desempenho gráfico na Escócia.[8][9][10] Entrou também em listas da Irlanda e da Coreia do Sul nas nona e quinquagésima posições, respectivamente.[11][12] Seu vídeo acompanhante foi dirigido por Marc Klasfeld e mostra a cantora e suas amigas dançando nas ruas de Los Angeles, Califórnia, onde foi locado.[13][14]

A segunda faixa de divulgação do disco, "What Do You Take Me For?", veio a alcançar o décimo lugar da UK Singles Chart, enquanto seu pico em território irlandês foi na trigésima colocação.[15][16] Sua gravação audiovisual correspondente exibe Lott e o artista convidado Pusha T em uma sequência de dança contemporânea e energética, com direção de Declan Whitebloom.[17] A imprensa notou que o vídeo contém uma imagem mais sexual e madura da cantora pelo seu vestuário revelador e coreografia insinuada.[18][19]

"Kiss the Stars" foi lançada como terceiro single do Young Foolish Happy em 30 de janeiro de 2012.[20] A música chegou ao oitavo lugar da UK Singles Chart e um vídeo para a canção foi dirigido por Julian Gibbs com um cenário de ficção científica em que a cantora faz sequências de dança em diversos trajes.[21][22][23]

Outras canções[editar | editar código-fonte]

Na semana de 13 a 19 de novembro de 2011, "Everybody Hurts Sometimes" estreou na trigésima posição da tabela internacional de canções sul-coreana, a Gaon Music Chart.[24]

Divulgação[editar | editar código-fonte]

Lott cantando "All About Tonight" em Stoke-on-Trent em 2011.

Lott fez uma série de aparições públicas em função de promover o Young Foolish Happy pelo Reino Unido. Apresentou o primeiro single "All About Tonight" em três festivais: um de Stoke-on-Trent, o Tramlines de Sheffield e o Key 103 Live de Manchester, todos os três em julho de 2011.[25][26][27] No mês seguinte, a cantora também interpretou a faixa em uma parada de orgulho gay de Manchester e nos programas televisivos Lorraine e Red or Black?.[28][29][30] Em outubro de 2011, a artista esteve em duas premiações de música: nos Radio 1 Teen Awards, onde cantou "All About Tonight" e "What Do You Take Me For?", e nos Q Awards, em que fez um concerto como uma prévia do conteúdo da obra.[31][32] Na Irlanda, ela compareceu à atração televisionada The Saturday Night Show em novembro de 2011 e fez uma sessão ao vivo da segunda faixa de promoção do álbum.[33] Durante um breve período antes do lançamento do trabalho e como parte de sua divulgação, a loja virtual Amazon.co.uk disponibilizou a faixa de Lott "I Need a Dollar" para aquisição gratuita.[34]

De volta ao seu país, transmissões de televisão mostraram a cantora no programa Loose Women, onde cantou "What Do You Take Me For?", e no especial The Album Chart Show, no qual fez apresentações de composições do Young Foolish Happy.[35][36] Em novembro, Lott interpretará "All About Tonight" no evento musical alemão The Dome e fará parte do britânico Jingle Bell Ball em dezembro de 2011 para apresentar o material do novo disco.[37][38]

Young Foolish Happy Tour[editar | editar código-fonte]

Young Foolish Happy Tour
Pôster promocional da turnê na Malásia.
Turnê promocional de Pixie Lott
Álbum(ns) associado(s) Young Foolish Happy
Data de início 1° de abril de 2012
Data de fim 28 de maio de 2012
Número de
apresentações
6 no total
Cronologia de turnês de Pixie Lott
Crazy Cats Tour
(2010)

A Young Foolish Happy Tour foi uma turnê musical promocional de Lott e sua segunda no geral. Ocorrida em abril e maio de 2012 pela Ásia, a excursão foi realizada para divulgar o Young Foolish Happy.[39][40] Num dos maiores mercados de música do mundo,[41] a cantora lançou uma edição especial do disco no continente asiático para acompanhar o período de promoção do trabalho.[39]

Os concertos, cuja duração era de cerca de uma hora, consistiam da artista em um pequeno palco e acompanhada de um músico tocando violão.[41][42] Além das apresentações, a cantora fez outras atividades de divulgação como sessões de autógrafos e aparição a rádios locais dos países onde visitou.[39][43][44] Em Singapura, o concerto atraiu um público de mais de oitocentas pessoas.[44]

Repertórios[editar | editar código-fonte]

Datas da turnê[editar | editar código-fonte]

Data Cidade/região País Local do evento
Ásia
1° de abril de 2012 Tóquio Japão[46] Makuhari Messe[A]
18 de maio de 2012 Área Central de Singapura Singapura[43] Zirca
20 de maio de 2012 Pequim China[47] Yuyang International Ski Resort[B]
23 de maio de 2012 Seul Coreia do Sul[48] Clube Junkie
26 de maio de 2012 Kuala Lumpur Malásia[39][40] KL Live
28 de maio de 2012 Kota Kinabalu 1Borneo
Notas
  • A^ Concerto integrante do festival Spring Groove 2012.
  • B^ Concerto integrante do China Music Valley International Music Festival.


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons

Desempenho comercial[editar | editar código-fonte]

Young Foolish Happy fez a sua estreia nas tabelas de sucesso através da irlandesa publicada pela Irish Recorded Music Association, quando atingiu o número 33 da lista em 17 de novembro de 2011.[49] Nove dias após, entrou no Reino Unido através da UK Albums Chart no 18.° lugar com 18.503 cópias vendidas em sua primeira semana.[50][51] Na Coreia do Sul, entrou na publicação internacional da Gaon Music Chart, na qual alcançou a 42.ª posição.[12] Em fevereiro de 2012, o álbum recebeu a certificação de ouro pela British Phonographic Industry.[52] Mais tarde daquele ano, ficou na décima colocação da edição internacional da lista croata divulgada pela companhia HDU.[53]

Recepção crítica[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 2.5 de 5 estrelas.[54]
Daily Express (2/5)[55]
Evening Standard 3 de 5 estrelas.[56]
Irish Independent (6/10)[2]
NME (4/10)[57]
Território da Música 3 de 5 estrelas.[58]
The Times 2 de 5 estrelas.[59]
Today 2.5 de 5 estrelas.[60]

Simon Gage, do tabloide britânico Daily Express, comentou que embora Lott tenha uma boa aparência e a habilidade vocálica e a de composição, todas estas características não sejam o suficiente nos dias atuais. Ele relatou que mesmo o álbum contendo canções animadas, a cantora encontra-se sem espaço no cenário musical. Completou a sua resenha afirmando que Young Foolish Happy "tem toda a pegação esperada da moça de ouro do ano passado, mas este ano está bem diferente".[55] Duncan Gillespie, da revista NME, foi mais crítico: chamou os dois primeiros singles de "consideravelmente bons" e "Stevie on the Radio" de "horrível", afirmando que no final da execução do disco, o ouvinte, ao contrário de sentir raiva, encontra-se entre uma confusão moral e cultural.[57] Os redatores do Daily Star Kim Dawson e John Earls notaram que embora a artista seja uma jovem, não há nada de tolo no disco, em relação ao título da obra. Eles apontaram "Bright Lights (Good Life) Part II" como seu ponto alto e elogiaram os vocais da artista.[61]

Fraser McAlpine, da rede BBC, lamentou não haver "Boys and Girls", composição do Turn It Up, projeto de estreia de Lott, visto que havia sido um resultado bom e original, mas o desempenho não repetiu-se em Young Folish Happy. Ele chegou a estranhar o ocorrido, mas a sua justificativa foi que as canções parecem retrabalhos de outras de outros artistas. O seu resumo do álbum foi que tem "pouco da magia que caracterizou os altos de seu início", em relação à carreira de Lott.[62] Stephen Thomas Erlewine, do portal Allmusic, concordou com McAlpine ao escrever que ao passo que há canções bem produzidas no disco, o resto delas não possui esta qualidade e acabam por "amortecer a personalidade ousada de Lott, que era o encanto principal de Lott no seu debute".[54] Rick Pearson, do Evening Standard, aprovou o direcionamento musical da cantora ao escolher um projeto mais para o gênero soul, que funciona melhor para sua voz, e apontou que seu plano era de imitação, não de inovação.[56] Kevin Mathews, do periódico singapuriano Today, fez um relatório misto ao apontar que ao passo que o trabalho contém características suficientes para satisfazer o público como a execução vocal da cantora e ritmos contagiantes, não passa além disso e que mais da artista é esperado.[60] A análise publicada pelo jornal irlandês Irish Independent observou o seguinte: "Com sua produção inteligente e os vocais emocionantes de Lott, [o álbum] pode soar completamente polido em alguns momentos e como consequência, um pouco desinteressante, mas isso pode significar um crescimento gradual."[2] Aaron M., do portal brasileiro Território da Música, foi mais positivo ao descrever a vontade da cantora em surpreender com um segundo álbum como cumprida e que o trabalho faz seu papel em ser convincente, favorecendo ainda a habilidade de composição da artista como mais madura.[58]

Lista de faixas[editar | editar código-fonte]

N.º Título Compositor(es) Produtor(es) Duração
1. "Come Get It Now"   Pixie Lott, Mr Hudson, Cathy Dennis, Robin French Mr Hudson 2:19
2. "All About Tonight"   Lott, Tebey Ottoh, Brian Kidd, Tommy Lee James Kidd 3:05
3. "What Do You Take Me For?" (com Pusha T) Lott, Anne Preven, Christopher Mercer, Terrence Thornton Rusko 2:55
4. "Nobody Does It Better"   Lott, Tim Powell, Wayne Hector, Richard Stannard Powell 3:33
5. "Kiss the Stars"   Lott, Mads Hauge, Phil Thornalley Hauge, Thornalley 3:14
6. "Stevie on the Radio"   Lott, Adrian Gurtvitz, Marthony "Mark" Tabb Gurtvitz 4:10
7. "Everybody Hurts Sometimes"   Lott, Christopher J. Baran, James Bourne Captain Hook 4:03
8. "Dancing On My Own" (com Marty James) Lott, Toby Gad, Marty James Gad 3:50
9. "Love You to Death"   Lott, Gad, Ruth-Anne Cunningham Gad 3:29
10. "Birthday"   Lott, The Invisible Men, Eagle Eye The Invisible Men, Eagle Eye 3:16
11. "Bright Lights (Good Life) Part II" (com Tinchy Stryder) Lott, Jarrad Rogers, Tinchy Stryder Jaz Rogers 4:04
12. "Perfect"   Lott, Hauge, Thornalley Hauge, Thornalley 3:05
13. "You Win"   Lott, John Stephens, Tennille de Freitas John Legend, Patrick Warren 4:22
14. "We Just Go On"   Lott, Steve Kipner, Andrew Frampton, Patrick Jordan-Patrikios Frampton, Kipner, "Jester" Jordan-Patrikios 3:50
Duração total:
49:15
Notas

A edição deluxe asiática do álbum não inclui "Perfect".

Histórico de lançamento[editar | editar código-fonte]

Young Foolish Happy foi lançado em 11 de novembro de 2011 através de download digital no Reino Unido e na Irlanda.[66][67] Dia 14 seguinte, o álbum foi distribuído em nações da Europa e da Oceania e no Japão.[68][69][70][71][72][73][74] Na mesma data, ficou disponível em formato físico em território britânico e português.[34][75] No Japão, seu lançamento em CD ocorreu em 21 de março de 2012.[65]

Referências

  1. «About Pixie Lott» (em inglês). Brit Awards. Cópia arquivada em 12 de janeiro de 2012 
  2. a b c «Independent.ie - Photo Gallery: Pixie Lott (Photo 4 of 50)». Irish Independent (em inglês). Independent News and Media. 4 de novembro de 2011. Consultado em 2 de janeiro de 2011 
  3. Lott, Pixie (10 de março de 2011). «March Blog» (em inglês). pixielott.com. Mercury Records. Cópia arquivada em 28 de setembro de 2012 
  4. Faia, Amanda (19 de setembro de 2011). «"Young Foolish Happy" é o nome do novo álbum de Pixie Lott». PopLine. MTV Brasil (UOL). Consultado em 13 de novembro de 2011 
  5. «heat talks to Pixie Lott». Heat (em inglês). Bauer Media Group. 10 de outubro de 2011. Consultado em 13 de novembro de 2011 
  6. Faia, Amanda (11 de julho de 2011). «Ouça "All About Tonight", novo single de Pixie Lott». PopLine. MTV Brasil (UOL). Consultado em 15 de setembro de 2011 
  7. «All About Tonight (Remixes) - EP by Pixie Lott» (em inglês). iTunes Store (Apple, Inc.). Consultado em 12 de setembro de 2011 
  8. «Top 40 UK Singles Archive» (em inglês). The Official Charts Company. 17 de setembro de 2011. Consultado em 12 de setembro de 2011 
  9. Sperling, Daniel (11 de setembro de 2011). «Pixie Lott nabs third UK singles No.1 with 'All About Tonight'» (em inglês). Digital Spy. Consultado em 12 de setembro de 2011 
  10. Jones, Alan (12 de setembro de 2011). «Pixie Lott tops the singles chart» (em inglês). Music Week. Consultado em 12 de setembro de 2011 
  11. Love, Ryan (9 de setembro de 2011). «Maroon 5 continue Irish chart reign, Leona Lewis scores highest new entry» (em inglês). Digital Spy. Consultado em 12 de setembro de 2011 
  12. a b «:: 가온차트와 함께하세요 ::» (em coreano). Gaon Music Chart (Korea Music Content Industry Association). Cópia arquivada em 20 de setembro de 2011  Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome "Gaon" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes
  13. Tinah, Tinie (5 de setembro de 2011). «Girl fight! Some of pop's finest ladies battle it out in this week's new single releases» (em inglês). MSN United Kingdom (Microsoft). Consultado em 12 de setembro de 2011 
  14. Corner, Lewis (6 de julho de 2011). «Pixie Lott releases 'All About Tonight' new single teasers» (em inglês). Digital Spy. Consultado em 12 de setembro de 2011 
  15. Sperling, Daniel (13 de novembro de 2011). «Rihanna returns to singles No.1 with 'We Found Love'» (em inglês). Digital Spy. Consultado em 13 de novembro de 2011 
  16. «>> IRMA << Irish Charts - Singles, Albums & Compilations >>» (em inglês). Irish Recorded Music Association. 10 de novembro de 2011. Cópia arquivada em 12 de novembro de 2011 
  17. «Citroën DS3 Heading For The Video Charts» (em inglês). Citroën (New Zealand). Cópia arquivada em 11 de novembro de 2011 
  18. McCormack, Kirsty (8 de novembro de 2011). «It's not Summer Pixie! Miss Lott sheds her coat to show off her bra in a see-through top» (em inglês). Mail Online (Daily Mail). Consultado em 13 de novembro de 2011 
  19. Copsey, Robert (1º de novembro de 2011). «Pixie Lott ft. Pusha T: 'What Do You Take Me For?' - Single review» (em inglês). Digital Spy. Consultado em 13 de novembro de 2011 
  20. «Pixie Lott: 'Kiss The Stars' - Music video» (em inglês). Digital Spy. 30 de janeiro de 2012. Consultado em 2 de fevereiro de 2012 
  21. «Singles Chart Analysis: Jessie J holds off Rizzle Kicks and Guetta» (em inglês). Music Week. 23 de janeiro de 2012. Cópia arquivada em 23 de janeiro de 2012 
  22. Gibbs, Julian (21 de janeiro de 2012 (14:30). Evento ocorre em 01:45). On Set with Pixie Lott (entrevista). Londres: MTV Hits (VIVA)  Verifique data em: |data= (ajuda); Em falta ou vazio |título= (ajuda);
  23. «news: Pixie Lott - Kiss The Stars video» (em inglês). 4Music. Box Television. 10 de janeiro de 2012. Consultado em 16 de janeiro de 2012 
  24. «가온차트와 함께하세요» (em coreano). Gaon Music Chart (Korea Music Content Industry Association). 13–19 de novembro de 2011. Consultado em 26 de novembro de 2011 
  25. Fitzmaurice, Sarah (18 de julho de 2011). «Now it's her shorts that are getting the chop! Pixie Lott performs in tiny shiny hotpants» (em inglês). Mail Online (Daily Mail). Consultado em 12 de setembro de 2011 
  26. «WIN: Tramlines guaranteed entry passes to see chart stars including Pixie Lott». The Star (em inglês). 18 de julho de 2011. Consultado em 12 de agosto de 2011 
  27. Medeiros, Kavad (2 de agosto de 2011). «Veja performances de Pixie Lott e Cher Lloyd em evento na Inglaterra». PopLine. MTV Brasil. Consultado em 12 de setembro de 2011 
  28. «Video: Alexandra Burke and Pixie Lott on Manchester Pride 2011». Manchester Evening News (em inglês). 29 de agosto de 2011. Consultado em 12 de agosto de 2011 
  29. Thomas, Holly (5 de setembro de 2011). «Two nights in a row! Full-time carer Kevin Cartwright becomes Red or Black's second instant millionaire» (em inglês). Mail Online (Daily Mail). Consultado em 12 de novembro de 2011 
  30. «Pixie perfroms live» (em inglês). Independent Television. 6 de setembro de 2011. Consultado em 12 de novembro de 2011 
  31. Barnes, Marcus (10 de outubro de 2011). «What would Jacko think? Pixie Lott reveals a little more than planned during a very cheeky performance at tribute concert» (em inglês). Mail Online (Daily Mail). Consultado em 12 de novembro de 2011 
  32. «Q Awards 2011: The Gigs - Pixie Lott previews Young Foolish Happy tracks live». Q (em inglês). 20 de outubro de 2011. Consultado em 13 de novembro de 2011 
  33. «Lott among Saturday Night Show guests» (em inglês). Raidió Teilifís Éireann. 4 de novembro de 2011. Consultado em 12 de novembro de 2011 
  34. a b «Young Foolish Happy: Pixie Lott: Amazon.co.uk: Music» (em inglês). Amazon.co.uk. Cópia arquivada em 12 de novembro de 2011 
  35. «Watch Pixie Lott belt out her latest hit for the ladies» (em inglês). Independent Television. Cópia arquivada em 13 de novembro de 2011 
  36. «Channel 4 - TV Listings - Wednesday 9th of November 2011» (em inglês). Channel 4. 9 de novembro de 2011. Consultado em 15 de novembro de 2011 
  37. «The Dome - Stars - Pixie Lott» (em alemão). The Dome. Consultado em 15 de novembro de 2011 
  38. «Pixie Lott: "I'm Really Excited About Jingle Bell Ball 2011"» (em inglês). Capital FM. 9 de novembro de 2011. Consultado em 13 de novembro de 2011 
  39. a b c d «Pixie Lott Live In Malaysia!!» (em inglês). Universal Music Malaysia. 26 de abril de 2012. Cópia arquivada em 11 de maio de 2012 
  40. a b «Pixie is simply turned on by Sabah's delights». Daily Express (em inglês). Sabah Publishing House. 29 de maio de 2012. Cópia arquivada em 29 de maio de 2012 
  41. a b Chung-un, Cho (24 de maio de 2012). «Brit singer Pixie Lott enchants Korean audience». The Korea Herald (em inglês). Herald Media Inc. Cópia arquivada em 31 de maio de 2012 
  42. a b Yee, Ian (30 de maio de 2012). «Talented Lott» (em inglês). The Star Online (Star Publications). Cópia arquivada em 31 de maio de 2012 
  43. a b c Shafie, Farhan (23 de maio de 2012). «Concert Review: Pixie Lott 'Young Foolish Happy' Tour» (em inglês). inSing.com (SingTel). Cópia arquivada em 31 de maio de 2012  Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome "SIN" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes
  44. a b c Phua, Lynette (24 de maio de 2012). «Pixie Lott: A singer, songwriter, stylist and a "massive fan"» (em inglês). Channel NewsAsia (MediaCorp). Consultado em 28 de maio de 2012 
  45. Shanice, Lim; Goon, Jean (29 de maio de 2012). «Pixie Lott returns to Malaysia for 'Young Foolish Happy' tour 2012» (em inglês). MSN Entertainment Malaysia (Microsoft). Cópia arquivada em 31 de maio de 2012 
  46. Mendoza, Nadia (31 de março de 2012). «Passport, check. Boarding pass, check. Hair and make-up artist, check! Pixie Lott seems rather preened after 12-hour flight» (em inglês). MailOnline (Daily Mail). Consultado em 6 de maio de 2012 
  47. «Pixie Lott Wears Mosaic Skirt To China Music Valley International Music Festival» (em inglês). Capital FM. 22 de maio de 2012. Consultado em 23 de maio de 2012 
  48. Ho, Stewart (23 de maio de 2012). «Pixie Lott Checks Out Seoul's Posh Sinsa-dong; Tries on Hanbok» (em inglês). Yahoo! Philippines. Cópia arquivada em 23 de maio de 2012 
  49. «Top 100 Individual Artist Albums» (em inglês). Irish Recorded Music Association. 17 de novembro de 2011. Cópia arquivada em 18 de novembro de 2011 
  50. «Top 40 Official UK Albums Archive» (em inglês). The Official Charts Company. Consultado em 20 de novembro de 2011 
  51. «UK Album Chart Analysis: Buble outsells JLS by just 569 units» (em inglês). Music Week. 21 de novembro de 2011. Consultado em 21 de novembro de 2011  Parâmetro desconhecido |acessourl= ignorado (ajuda)
  52. «BPI: Certified Awards» (em inglês). British Phonographic Industry. Busca por "Pixie Lott" na seção "Search by parameters" com a opção "Artist" marcada em "Search by". Consultado em 23 de fevereiro de 2013 
  53. «Top Stranih - Tjedan 6. 2012» (em croata). HDU. Cópia arquivada em 31 de março de 2012 
  54. a b Erlewine, Stephen Thomas. «Young Foolish Happy - Review» (em inglês). Allmusic. Consultado em 2 de janeiro de 2011 
  55. a b Gage, Simon (11 de novembro de 2011). «CD review - Young, Foolish, Happy: Pixie Lott (Mercury)». Daily Express (em inglês). Consultado em 11 de novembro de 2011 
  56. a b Pearson, Rick (4 de novembro de 2011). «CDs of the week: David Lynch, Birdy and Pixie Lott». Evening Standard (em inglês). Consultado em 20 de novembro de 2011 
  57. a b Gillespie, Duncan (4 de novembro de 2011). «Album Review: Pixie Lott - 'Young Foolish Happy'». NME (em inglês). Cópia arquivada em 11 de novembro de 2011 
  58. a b M., Aaron (12 de janeiro de 2012). «Pixie Lott: Young Foolish Happy». Território da Música. Terra Networks. Consultado em 12 de janeiro de 2012 
  59. Hodgkinson, Will (4 de novembro de 2011). «Pixie Lott: Young Foolish Happy». The Times (em inglês). News Corporation. Consultado em 27 de junho de 2013 
  60. a b Mathews, Kevin (6 de dezembro de 2011). «Young Foolish Happy - Pixie Lott». Today (em inglês). MediaCorp. Consultado em 9 de dezembro de 2011 
  61. Dawson, Kim; Earls, John (27 de outubro de 2011). «Album review: Pixie Lott, Young Foolish Happy». Daily Star (em inglês). Cópia arquivada em 27 de outubro de 2011 
  62. McAlpine, Fraser (4 de novembro de 2011). «Pixie Lott: Young Foolish Happy - Review» (em inglês). BBC. Cópia arquivada em 12 de novembro de 2011 
  63. «Amazon.co.uk: Pixie Lott - Young Foolish Happy (Deluxe Edition)» (em inglês). Amazon.co.uk. Consultado em 14 de novembro de 2011 
  64. «Amazon.co.uk: Pixie Lott - Young Foolish Happy (Deluxe Edition) +video» (em inglês). Amazon.co.uk. Consultado em 14 de novembro de 2011 
  65. a b «Amazon.co.jp: ヤング・フーリッシュ・ハッピー: ピクシー・ロット, プッシャーT, GD&TOP, Benji Boko: 音楽» (em japonês). Amazon.co.jp. Consultado em 12 de março de 2012 
  66. «Young Foolish Happy - Pixie Lott» (em inglês). Amazon.co.uk. Consultado em 12 de novembro de 2011 
  67. «Young Foolish Happy by Pixie Lott» (em inglês). iTunes Store (Apple, Inc.). Consultado em 12 de novembro de 2011 
  68. «Young Foolish Happy by Pixie Lott» (em inglês). iTunes Store (Apple, Inc.). Consultado em 12 de novembro de 2011 
  69. «Young Foolish Happy by Pixie Lott». iTunes Store (Apple, Inc.). Consultado em 12 de novembro de 2011 
  70. «Young Foolish Happy by Pixie Lott» (em italiano). iTunes Store (Apple, Inc.). Consultado em 12 de novembro de 2011 
  71. «Young Foolish Happy by Pixie Lott» (em finlandês). iTunes Store (Apple, Inc.). Consultado em 12 de novembro de 2011 
  72. «Young Foolish Happy by Pixie Lott» (em inglês). iTunes Store (Apple, Inc.). Consultado em 12 de novembro de 2011 
  73. «Young Foolish Happy by Pixie Lott» (em inglês). iTunes Store (Apple, Inc.). Consultado em 12 de novembro de 2011 
  74. «Pixie Lott「Young Foolish Happy」 - で「Young Foolish Happy」を予約注文» (em japonês). iTunes Store (Apple, Inc.). Consultado em 12 de novembro de 2011 
  75. «CD LOTT, PIXIE,YOUNG FOOLISH HAPPY CDGO.COM». CDGO. Consultado em 12 de novembro de 2011