Yulia Volkova

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes confiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Julia Volkova
Volkova em 2014
Informação geral
Nome completo Yulia Olegovna Volkova
Nascimento 20 de fevereiro de 1985 (32 anos)
Origem Moscou
País Rússia
Gênero(s) Pop rock, Dance, Eletrônica
Instrumento(s) Vocal, piano e guitarra
Período em atividade 1994—presente
Afiliação(ões) t.A.T.u.
Neposedi
Lena Katina
Página oficial www.juliavolkova.com

Yulia Olegovna Volkova (em russo: Юля Олеговна Волкова; Moscovo, 20 de fevereiro de 1985) conhecida artisticamente como Julia Volkova, também como Yulia Volkova devido a pronunciação de seu primeiro nome em russo, é ex-integrante do famoso duo russo t.A.T.u. [1] Seus pais são o empresário Oleg Victorovich Volkov e a estilista Larissa Victorovna Volkova

História[editar | editar código-fonte]

Na infância, frequentou aulas de piano (instrumento de que gosta muito) e teatro. Aos onze anos, Julia entrou no grupo infantil Neposedy, onde conheceu Lena Katina, de quem ficou muito amiga. Com quatorze anos foi expulsa do grupo. Julia diz que foi porque cometeu atos inadequados como fumar e beber. Já os representantes do grupo dizem que foi porque os integrantes tinham que se retirar ao atingir 14 anos.

Em 1999 junto com Lena Katina sucedeu o grupo t.A.T.u., cujo nome para muitos significa "essa ama aquela". O diretor musical, Ivan Shapovalov, foi quem teve a ideia da dupla ser vista como lésbica, no intuito de causar polêmica. Nisso, as garotas gravaram vídeos com cenas se beijando, trocando carícias no palco, falando sobre seu amor nas músicas. Yulia diz que seus pais não apresentaram dificuldades, sendo pais maravilhosos e que entenderam muito bem.

O talento da dupla se espalhou pelo mundo, junto com a fama de seu suposto namoro. Por algum tempo, todos acreditavam que elas eram namoradas, apesar de nunca terem se declarado. Entretanto, em maio de 2004, Yulia engravidou do lutador de karatê, Pavel (Pasha) Sidorov, onde todos começaram a dizer que a "farsa" das meninas havia terminado e vários fãs se revoltaram.

Em 23 de setembro de 2004, nasceu sua filha, Viktoria Pavlovna Volkova, e três meses depois, Yulia se separou de Pavel. Yulia passou a morar numa casa com sua filha, enquanto Lena em outra, com sua família.

Em 2007 Volkova engravidou novamente, mas de seu novo namorado, o empresário Parviz Yasinov com quem teve seu segundo filho, Samir. Porém, mais tarde Julia terminou seu namoro com ele, que veio a ser um noivado. E atualmente está namorando o empresário Vladim.

Em 2009 foi anunciado que Julia Volkova e sua amiga Lena Katina darão início a carreira solo, cujo muitos sites russos confirmavam o fim da banda t.A.T.u., porém elas negavam dizendo que t.A.T.u. iria continuar. Contudo o fim do grupo foi oficializado em 2011 com a press-release do lançamento de seu último álbum 'Waste Management Remixes'.

Atualmente Julia continua trabalhando em sua carreira solo, lançou os singles "Woman all way down", "Rage","Didn't wanna do it" e "All because of you", além de cantar os antigos singles da banda, como "All the things she said" e "All about us".

Yulia veio ao Brasil no dia 17 de novembro de 2011, para fazer algumas apresentações nas principais capitais brasileiras. O primeiro show foi no Rio de Janeiro, o segundo e último show foi em São Paulo [2]. Os shows nas demais capitais foram cancelados devido a venda de poucos ingressos, assim como ocorreu no Chile.

Em 2011, Julia realizou aplicações de Botox nos lábios, plástica no nariz e implantes de silicone.

Em 2012, criaram-se controversas que ela estaria namorando o cantor russo Dima Bilan depois do lançamento da parceria entre os cantores, intitulada de Suka Lyubov (Cука Любовь, em russo; Back To Her Future, em inglês). Também foi lançado o seu segundo vídeo que causou polêmica na Europa intitulado Davay Zakrutim Zemlyu (Давай Закрутим Землю, em russo; Didn't Wanna Do It, em inglês).

2014, t.A.T.u. volta a se encontrar para cantar na abertura das Olimpíadas de Soshi, ainda neste ano fizeram alguns shows até que por meio de vídeo Lena Katina anunciou que não teria mais nenhuma ligação com a Julia Volkova por atitudes de autoritarismo, Julia por sua vez se defendeu falando que tudo não passava de mentiras da parte de sua ex-companheira de duo.

2015, Julia lança seu single "Hold me close" seguido de um videoclipe, mostrando que o amor não tem idade.

2016 - No segundo bimestre foi lançado o single "Spasite Lyudi Mir" dando inicio ao seu retorno definitivo, no mesmo período, Julia rompeu o silêncio e contou em entrevista exclusiva a revista Hello.Ru sobre seu câncer e todos os obstáculos que teve que passar desde o seu diagnostico em 2012 até sua luta para recuperar sua voz, após a cirurgia de retirada do câncer na tireoide, o médico cometeu um erro, afetando suas cortas vocais, aos poucos e com outras cirurgias, "Spasite Lyudi Mir" com participação do coral infantil do Neposedy, veio demonstrar que ela só está iniciando sua carreira solo.

Ainda em 2016, o grupo que Julia vez parte, Neposedy, completou 30 anos, na festa de aniversário, Julia Volkova cantou ao lado do coral do Neposedy "Spasite Lyudi Mir" e logo após ao Lado de Lena Katina, cantaram um sucesso do t.A.T.u. mesmo juntas no mesmo palco permaneceram afastadas uma da outra.

Referências

  1. «Julia Volkova, Biografia». Last.fm. 1 de janeiro de 2012. Consultado em 27 de abril de 2012 
  2. «Julia Volkova South American» (em inglês). Official website «Julia Volkova» 2010-2011. Consultado em 27 de abril de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Yulia Volkova