Yuri Manin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Yuri Manin
Yuri Manin no Congresso Internacional de Matemáticos em Madrid, 2006
Nascimento 16 de fevereiro de 1937 (82 anos)
Simferopol
Nacionalidade Russo, alemão[1]
Cidadania União Soviética, Alemanha, Rússia
Alma mater Universidade Estatal de Moscovo, Instituto de Matemática Steklov
Ocupação matemático, professor universitário
Prêmios Medalha Brouwer (1987), Prêmio Nemmers de Matemática (1994), Prêmio Rolf Schock de Matemática (1999), Medalha Cantor (2002), Prêmio Bolyai (2010)
Empregador Universidade Northwestern, Universidade Estatal de Moscou
Orientador(es) Igor Shafarevich
Orientado(s) Alexander Beilinson, Alexei Skorobogatov, Vladimir Drinfeld, Vyacheslav Shokurov, Victor Kolyvagin
Instituições Instituto de Matemática Max Planck, Universidade Northwestern
Campo(s) Matemática
Tese 1961

Yuri Ivanovitch Manin (em russo: Ю́рий Ива́нович Ма́нин ; Simferopol, 16 de fevereiro de 1937) é um matemático russo/alemão.[1]

É conhecido por sua atuação em geometria algébrica e geometria diofantina, e por diversos trabalhos expositórios indo da lógica matemática à física teórica.

Referências

  1. a b Curriculum Vitae Arquivado em 14 de maio de 2009, no Wayback Machine. no sítio do Instituto de Matemática Max Planck

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Prêmio Nemmers de Matemática
1994
Sucedido por
Joseph Keller