Zé Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Zé Brasil
Capa de edição do livro Zé Brasil
Autor(es) Monteiro Lobato
Idioma português
País Brasil
Ilustrador Percy Deane e Cândido Portinari
Editora Editora Vitória
Lançamento 1947 (edição original)
Páginas 24

Zé Brasil é um livro de autoria do escritor Monteiro Lobato publicado pela em 1947. Também publicado em folhetim no jornal Tribuna Popular.


O livro é construído em forma de diálogo do personagem principal, Zé Brasil com um anônimo. A narração faz referência aos condicionamentos sociais da questão agrária no Brasil[1], sendo o Zé Brasil um mineiro que sofre com a realidade latifundiária[2].

Analistas literários argumentam que Zé Brasil é fruto do amadurecimento político de Lobato[3], pois com Jeca Tatu, o autor ainda era pouco ciente das desigualdades sociais de sua época e atribui ao personagem, Jeca Tatu, características sem observar os contextos sociais condicionantes[4].

Em 1951 ganha uma segunda edição pela Calvino Filho com ilustração de Cândido Portinari.

Perseguições[editar | editar código-fonte]

Durante o Governo Dutra o livro chegou a ser apreendido em buscas policiais[5].

Personagens[editar | editar código-fonte]

  • Zé Brasil
  • Coronel Tatuíra

Referências

  1. http://lobato.globo.com/misc_zebrasil.asp
  2. http://www.ufjf.br/graduacaocienciassociais/files/2010/11/JECA-TATU-Um-personagem-composto-por-quest%C3%B5es-sociais-parte-2.pdf
  3. DINIZ, Dilma Castelo branco. Monteiro Lobato: o perfil de um intelectual moderno, in: Revista Em Tese, Belo Horizonte, 1998, p. 30-35
  4. ALVES FILHO, Aluizio. As Metamorfoses do Jeca Tatu: a questão da identidade do brasileiro em Monteiro Lobato. Rio de Janeiro: Inverta, 2003
  5. http://lobato.globo.com/misc_zebrasil.asp