Zé Vaqueiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Zé Vaqueiro
Nome completo José Jacson de Siqueira dos Santos Junior[1]
Pseudônimo(s) Zé Vaqueiro
Nascimento 20 de janeiro de 1999 (22 anos),[2]
Ouricuri, Pernambuco[1]
Nacionalidade brasileiro
Ocupação cantor e compositor
Carreira musical
Período musical 2017-presente
Gênero(s) forró e piseiro
Instrumento(s) vocais
Gravadora(s) Sony Music Brasil

José Jacson de Siqueira dos Santos Junior (Ouricuri, 20 de janeiro de 1999), mais conhecido pelo seu nome artístico de Zé Vaqueiro,[3][4] é um cantor e compositor brasileiro de forró e piseiro.[5][6]

Zé Vaqueiro é considerado um dos principais destaques da nova geração de cantores de forró.[7][8][9] Com o primeiro álbum publicado em 2017,[1] o cantor começou a fazer sucesso a partir de 2020,[5] com suas canções "Tenho Medo" e "Letícia",[2] que tem mais de 100 milhões de visualizações, cada, no Youtube.[10]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido em 1999 na cidade de Ouricuri, interior de Pernambuco,[9] teve uma infância difícil e já chegou até a passar fome, segundo ele.[5] Desde criança acompanhava a sua mãe, que é cantora, indo para ensaios e shows dela.[5] Já trabalhou vendendo sorvetes e posteriormente em um lava-jato, período que já cantava em pequenas festas e bares.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

No início, o cantor não tinha um ritmo definido, cantando desde MPB, a arrocha e também brega,[5] o seu nome artístico somente surgiu quando da época do seu primeiro álbum, com músicas mais regionais e de vaquejada.[11]

O seu primeiro disco consistiu em um disco caseiro, que teve suas 50 cópias distribuídas gratuitamente entre os feirantes, em festas e em cidades vizinhas, no intuito de promover o cantor.[5]

Uma música de composição do cantor, intitulada "Vem Me Amar",[6] é considerada o seu primeiro sucesso e viralizou por meio de um vídeo simples divulgado através do Instagram,[5] fato que deu visibilidade para outras músicas do cantor.[7]

Outra música do cantor, intitulada "Se Você Se Entregar" tocou em muitas festas de piseiro, na voz dele mesmo, em seguida, Zé Vaqueiro emplacou "O Povo Gosta de Piseiro", em parceria com Eric Land.[1]

Durante a pandemia de COVID-19, no segundo semestre de 2020, Zé Vaqueiro viu o seu sucesso aumentar bastante,[5] quando lançou as músicas "Tenho Medo" e "Letícia",[12][13] atingindo cerca de 400 milhões de visualizações no YouTube até o final de 2020[14] e quatro músicas entre as mais tocadas no Brasil, no mesmo período,[7] além de encerrar o ano de 2020 como o terceiro cantor mais ouvido da plataforma.[10]

Problema com o nome[editar | editar código-fonte]

Dois "Zé Vaqueiro" utilizam o referido nome para trabalhar,[11] tendo os dois afirmado que os nomes foram escolhidos ao acaso.[1] Segundo o sítio eletrónico G1, a marca Zé Vaqueiro foi registrada inicialmente por Caique C. de S. Bezerra, ex-empresário de José Jacson.[1]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

É casado com Ingra Soares,[15] e também é pai de Daniel Martim, nascido em 2020,[5] vivem atualmente em Fortaleza, Ceará.[16]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio
Ano Detalhes Ref.
2019 Vem Me Amar
  • Lançamento: 18 de junho de 2019
[17]
2020 O Estouro das Vaquejadas
  • Lançamento: 13 de março de 2020
[17]
O Original
  • Lançamento: 1 de outubro de 2020
[16]

Singles[editar | editar código-fonte]

Singles
Ano Detalhes Ref.
2020 "Meia Noite" [18]

Referências

  1. a b c d e f g Ortega, Rodrigo (1 de dezembro de 2020). «Zés Vaqueiros: mercado aquecido do piseiro tem dois cantores de sucesso com mesmo nome». G1. g1.globo.com. Consultado em 25 de dezembro de 2020 
  2. a b Redação (21 de janeiro de 2021). «Cantor Zé Vaqueiro completa 22 anos; veja conquistas do forrozeiro». Diário do Nordeste. diariodonordeste.verdesmares.com.br. Consultado em 24 de janeiro de 2021 
  3. Ortega, Rodrigo (1 de dezembro de 2020). «Zés Vaqueiros: mercado aquecido do piseiro tem dois cantores de sucesso com mesmo nome». g1.globo.com. Consultado em 25 de dezembro de 2020 
  4. «Cantor Zé Vaqueiro completa 22 anos; veja conquistas do forrozeiro - É Hit». Diário do Nordeste. 21 de janeiro de 2021. Consultado em 24 de janeiro de 2021 
  5. a b c d e f g h i Rohen, Bia (20 de novembro de 2020). «Sucesso com o piseiro, Zé Vaqueiro distribuiu CDs em feiras antes da fama». Revista Quem. Consultado em 25 de dezembro de 2020 
  6. a b Redação (26 de novembro de 2020). «Zé Vaqueiro lança clipe da música "Meia Noite" Um dos principais nomes da nova geração». Piauí Hoje. Consultado em 25 de dezembro de 2020 
  7. a b c Redação (8 de dezembro de 2020). «Zé Vaqueiro Emplaca 4 Músicas Entre as Mais Tocadas do Brasil no Spotify». Revista Cifras. Consultado em 25 de dezembro de 2020 
  8. José Augusto Barros (19 de dezembro de 2020). «2020, o ano que desafiou o mundo da música». Diário Gaúcho. Consultado em 25 de dezembro de 2020 
  9. a b WSCom (28 de setembro de 2020). «Novo fenômeno do forró, pernambucano Zé Vaqueiro já ultrapassa 65 milhões de visualizações». Portal WSCom. Consultado em 25 de dezembro de 2020 
  10. a b João Lima Neto (4 de fevereiro de 2021). «Zé Vaqueiro alcança a marca de meio bilhão de views no YouTube; veja clipes». Diário do Nordeste. Consultado em 9 de fevereiro de 2021 
  11. a b Silvio Essinger (22 de janeiro de 2021). «Pisadinha, o Fenômeno do Streaming». epoca.globo.com. Consultado em 24 de janeiro de 2021 
  12. Flávio Carvalho (24 de dezembro de 2020). «Verão vai ser do piseiro». Tribuna Online. Consultado em 25 de dezembro de 2020 
  13. Redação (18 de dezembro de 2020). «Clipe de 'Letícia', de Zé Vaqueiro, é o 2º Vídeo Mais Reproduzido no Youtube Brasil». Revista Cifras. Consultado em 25 de dezembro de 2020 
  14. Bia (8 de janeiro de 2021). «Música "Letícia", do cantor Zé Vaqueiro, termina 2020 em 1ª lugar entre os vídeos de música». Purepop. Consultado em 10 de janeiro de 2021 
  15. Redação (14 de dezembro de 2020). «Wesley Safadão: esposa de Zé Vaqueiro mostra decepção com cantor no Instagram». Terra. Consultado em 25 de dezembro de 2020 
  16. a b Redação (2 de dezembro de 2020). «Zé Vaqueiro testa positivo para Covid-19; cantor realizou shows no Rio Grande do Norte em novembro». Diário do Nordeste. Consultado em 25 de dezembro de 2020 
  17. a b Redação. «Discografia - Zé Vaqueiro». Revista Cifras. Consultado em 25 de dezembro de 2020 
  18. «Meia Noite | Discografía de Zé Vaqueiro». Letras.com. Consultado em 12 de fevereiro de 2021