ZMapp

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

ZMapp é uma droga experimental resultante da combinação de três anticorpos monoclonais (gerados pela clonagem de uma única célula) - produzidos em plantas como o tabaco - e, depois, "humanizados". [1][2] Dois voluntários americanos infectados pelo ebolavírus parecem ter sido salvos pela ação do medicamento.[2] Ressalta-se que o ZMapp nunca tinha sido testado em seres humanos, porém os resultados obtidos em macacos eram promissores (dos oito animais testados, seis sobreviveram à infecção).[3]

Foi administrado pela primeira vez em agosto de 2014, nos pacientes Kent Brantly e Nancy Whitebol. As doses deste medicamento (ZMapp) foram enviadas para a Libéria, na esperança de restaurar as condições mínimas de saúde dos missionários para permitir o seu transporte para os Estados Unidos da América. No caso de Kent Brantly, a recuperação surpreendeu todos. Brantly tinha dificuldade para respirar e chegou a afirmar que iria morrer. Apenas uma hora depois de receber o soro, Brantly já estava respirando normalmente. No dia seguinte, foi capaz de tomar banho sozinho e embarcou numa ambulância aérea que o levou de volta aos Estados Unidos. A recuperação de Nancy Writebol não foi tão espetacular, mas foi a suficiente para permitir o seu transporte para os EUA.[4]

O Zmapp é produzido pela empresa Mapp Biopharmaceutical Inc, uma companhia farmacêutica americana baseada na cidade de San Diego, fundada no ano de 2003.[5]

Referências

  1. «ZMapp: o medicamento experimental que pode ser a cura para o Ebola». VISÃO. 5 de agosto de 2014. Consultado em 6 de agosto de 2014 
  2. a b Mauricio Grego (5 de agosto de 2014). «Medicamento secreto salvou voluntários americanos com Ebola». EXAME Online. Consultado em 6 de agosto de 2014 
  3. «Encontrada a cura para o Ebola». Observador. Consultado em 6 de agosto de 2014 
  4. EXAME Online http://exame.abril.com.br/tecnologia/noticias/medicamento-secreto-salvou-voluntarios-americanos-com-ebola. Consultado em 8 de junho de 2014  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  5. Hannah Osbourne (5 de agosto de 2014). «Ebola and ZMapp: What is the 'Secret Serum' That 'Cured' American Doctor Kent Brantly?». IBT. Consultado em 6 de agosto de 2014