Zack Snyder's Justice League

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre o corte do diretor de Liga da Justiça. Para a versão que foi para o cinema em 2017, veja Liga da Justiça (filme).
Zack Snyder's Justice League
Pôster promocional
 Estados Unidos
2021 •  cor •  
Direção Zack Snyder
Produção Charles Roven[1]
Deborah Snyder
Roteiro Chris Terrio
História Zack Snyder
Chris Terrio
Baseado em Liga da Justiça
de Gardner Fox
Elenco Ben Affleck
Henry Cavill
Gal Gadot
Ezra Miller
Jason Momoa
Ray Fisher
Gênero ação
fantasia
aventura
ficção científica
Música Tom Holkenborg
Cinematografia Fabian Wagner
Companhia(s) produtora(s) DC Films
WarnerMax
Atlas Entertainment
Warner Bros. Pictures
Cruel and Unusual Films
Distribuição HBO Max
Lançamento Estados Unidos 2021
Idioma inglês
Orçamento US$ 20-30+ milhões[2][nota 1]
Cronologia
Batman v Superman: Dawn of Justice
Site oficial

Zack Snyder's Justice League, frequentemente chamado de Snyder Cut, é o futuro corte do diretor do filme de super-herói estadunidense de 2017, Liga da Justiça. Trata-se de Liga da Justiça, o quinto filme do Universo Estendido DC e baseado na equipe homônima da DC Comics, como o diretor Zack Snyder planejou antes de deixar a produção e Joss Whedon assumir suas funções. Como a versão do cinema, Zack Snyder's Justice League acompanha Batman, Superman, Mulher-Maravilha, Flash, Aquaman e Ciborgue—enquanto eles tentam salvar o mundo da ameaça catastrófica de Lobo da Estepe e seu exército de Parademônios.

A versão que foi para o cinema de Liga da Justiça, lançada em 2017, sofreu uma produção difícil. Seu roteiro passou por grandes mudanças antes e durante a produção entre 2016 e 2017. Em maio de 2017, Snyder deixou a pós-produção após o suicídio de sua filha, e Whedon assumiu o cargo, completando o filme como diretor não creditado. Whedon supervisionou refilmagens e outras mudanças que adicionaram um tom mais leve e mais humor, e reduziu o tempo de duração para 120 minutos, em conformidade com um mandato da Warner Bros. Liga da Justiça no cinema foi um fracasso comercial e recebeu críticas mistas, levando a Warner Bros. a reavaliar o futuro do DCEU.

Quando surgiram detalhes sobre a produção problemática do filme e seu estado antes de Snyder deixar o cargo, muitos fãs manifestaram interesse em um corte alternativo mais fiel à visão de Snyder. Fãs e membros do elenco e da equipe de produção pediram o lançamento, que eles apelidaram de Snyder Cut. Na época, a Warner Bros. não tinha planos de lançar um corte alternativo, e figuras da indústria cinematográfica consideravam o lançamento improvável. No entanto, a Warner Bros. mudou de idéia em fevereiro de 2020 e, em maio seguinte, Snyder anunciou que o corte original de quatro horas seria concluído e lançado como Zack Snyder's Justice League por meio do serviço de streaming HBO Max. A restauração custará US$ 20 a 30 milhões para concluir os efeitos visuais, a trilha sonora, e a edição.

Zack Snyder's Justice League está programado para ser lançado em 2021 no HBO Max.

Premissa[editar | editar código-fonte]

Após a morte do Superman em Batman v Superman: Dawn of Justice (2016), Batman e Mulher Maravilha recrutam Flash, Aquaman e Ciborgue para formar a Liga da Justiça e proteger o mundo de Lobo da Estepe e seu exército de Parademônios., que procuram as três Caixas Maternas.

Elenco[editar | editar código-fonte]

História[editar | editar código-fonte]

Produção de Liga da Justiça[editar | editar código-fonte]

Zack Snyder, o diretor de Liga da Justiça

Após o lançamento de Man of Steel (2013), o diretor Zack Snyder planejou a base do Universo Estendido DC, que centraria em torno de um arco de cinco filmes, incluindo Man of Steel, Batman v Superman: Dawn of Justice (2016), e uma trilogia da Liga da Justiça.[26] A visão original de Snyder era fazer Batman v Superman ser o mais sombrio da franquia, e fazer com que os filmes se tornassem mais esperançosos a partir daí.[27][28] No entanto, Batman v Superman foi mal recebido, com críticas direcionadas ao seu tom sombrio, falta de humor e ritmo lento. Essa reação levou a distribuidora Warner Bros. e Snyder a reavaliar os próximos filmes do DCEU, particularmente Esquadrão Suicida (2016), que já havia encerrado a fotografia principal, e Liga da Justiça, que estava a um mês das filmagens. Snyder e o roteirista Chris Terrio reescreveram Liga da Justiça para ter um tom mais esperançoso do que o planejado originalmente.[27][29] O diretor de fotografia Fabian Wagner disse que Snyder queria "fugir do visual estilizado, dessaturado e com alto contraste de outros filmes da franquia".[30]

As filmagens de Liga da Justiça começaram em abril de 2016[31] e terminaram em dezembro do mesmo ano.[32] Meses depois, vários cortes de Liga da Justiça de Snyder foram mostrados aos executivos da Warner Bros., além de amigos e familiares de Snyder. Um tempo final de duração foi alcançado, embora os cortes apresentassem efeitos visuais incompletos e mixagem parcial de áudio. Snyder disse que ele teve vários cortes que foram essencialmente "feitos", precisando apenas de "alguns ajustes de CG" para serem concluídos.[33][32] O contribuinte da Forbes, Mark Hughes, relatou que o corte de Snyder estava mais de 90% completo,[34] enquanto The Daily Telegraph citou um especialista em efeitos visuais ao estimar que a Warner Bros. precisaria de outros US$ 30-40 milhões para finalizar o filme.[35] Os executivos da Warner Bros. que viram o corte de Snyder sentiram que o diretor fez esforços significativos para aliviar o tom após as críticas negativas de Batman v Superman.[36] Apesar disso, a Warner Bros. ainda estava insatisfeita com o resultado e relatórios internos indicaram que o estúdio considerou o corte "inassistível".[37]

Após desaprovar a direção de Snyder, a Warner Bros contratou Joss Whedon, que dirigiu os filmes do Universo Cinematográfico Marvel, The Avengers (2012) e Avengers: Age of Ultron (2015), para reescrever o roteiro e ajudar com extensas refilmagens.[38] O CEO da Warner Bros, Kevin Tsujihara, determinou que a duração de Liga da Justiça não fosse superior a duas horas.[36] A Warner Bros também decidiu não adiar a data de lançamento (o que daria aos cineastas mais tempo para concluir adequadamente Liga da Justiça) para que os executivos pudessem manter seus bônus anuais e em parte devido a preocupações de que a empresa AT&T dissolvesse o estúdio após uma futura fusão.[39] Esperava-se que Snyder filmasse as cenas que Whedon reescreveu, e os dois estavam trabalhando juntos para atender aos pedidos da Warner Bros. quando a filha de Snyder, Autumn Snyder, se matou em março de 2017.[38][40] Snyder continuou a trabalhar em Liga da Justiça por dois meses para se distrair, antes de deixar o cargo em maio.[33][40] Sua esposa Deborah Snyder, que estava produzindo Liga da Justiça, também deixou o projeto.[33]

Depois que Snyder saiu, Whedon assumiu controle sobre a produção de Liga da Justiça,[40] embora Snyder ainda teve o crédito de diretor pelo filme lançado. Whedon adicionou cerca de 80 novas páginas ao roteiro.[41] O compositor Junkie XL completou sua trilha sonora para o filme antes de ser substituído por Danny Elfman no meio da pós-produção.[42][43] As cenas que Whedon escreveu ou refilmou para o lançamento no cinema apresentaram um tom mais leve e mais humor, além de reduzir o nível de violência visto na direção mais sombria de Snyder.[38] Para cumprir o tempo de duração determinado pela Warner Bros., mais de 90 minutos das filmagens de Snyder foram removidos, mas o resultado ainda seguia o esboço básico da história. Enquanto o corte inicial tinha sido mal recebido pelo público-teste, a exibição inicial do corte de Whedon tinha tido uma recepção melhor, então a Warner Bros decidiu seguir em frente.[36] Liga da Justiça foi lançado nos cinemas em 17 de novembro de 2017.[44]

Críticos descreveram o corte do cinema como um filme "Frankenstein", obviamente o trabalho de dois diretores diferentes com visões concorrentes.[45][39][46][47] Liga da Justiça arrecadou US$ 657,9 milhões contra orçamento estimado em US$ 300 milhões.[3][44] Não atingindo um ponto de equilíbrio contábil de US$ 750 milhões,[48] Deadline Hollywood relatou que o filme deu um prejuízo em torno de US$ 60 milhões para a Warner Bros.[49] Devido ao fraco desempenho do filme, a Warner Bros. decidiu se afastar da visão de Snyder para um universo compartilhado de filmes interconectados e focar em filmes independentes e franquias solo.[50]

Movimento #ReleaseTheSnyderCut[editar | editar código-fonte]

Imediatamente após o lançamento no cinema de Liga da Justiça, fãs criaram uma petição online para lançar o "Snyder Cut", que ganhou mais de 180.000 assinaturas.[51][52][38] O movimento, que usou a hashtag #ReleaseTheSnyderCut nas redes sociais,[53][54] começou antes que os fãs soubessem que uma parte do filme Liga da Justiça de Snyder realmente existia em alguma capacidade.[35][51][55] O movimento foi desencadeado pelas críticas mistas do corte do cinema, pois os fãs sabiam que Snyder deixou as funções de direção e o corte final do filme nas mãos de Whedon; assim, eles assumiram que Whedon criou um filme inferior. As circunstâncias foram comparadas à situação de Superman II (1980). Ambos envolveram um diretor que foi substituído antes da conclusão, o que levou um segundo diretor a entrar e fazer mudanças substanciais. Richard Donner conseguiu completar seu corte de Superman II em 2006.[53][54][56] Alguns assumiram que um corte alternativo de Liga da Justiça era inevitável porque alguns dos filmes de Snyder foram relançados como cortes estendidos para a mídia doméstica (como Watchmen (2009) e Batman v Superman), que alguns críticos consideram superiores às versões do cinema.[57][58]

Entre os membros do elenco e equipe de produção de Liga da Justiça que apoiaram o lançamento do "Snyder Cut", estavam os atores Jason Momoa,[59] Ciarán Hinds,[60] e Ray Fisher;[61] fotógrafo Clay Enos,[62] artista de storyboard Jay Oliva,[63] diretor de fotografia Wagner,[64] e o dublê de Ben Affleck, Richard Cetrone.[65] No aniversário de dois anos do corte do cinema, elenco e equipe de produção expressaram apoio pelas redes sociais.[66][67][68] Outras figuras da indústria cinematográfica e de histórias em quadrinhos não relacionadas à Liga da Justiça também apoiaram o lançamento de um "Snyder Cut", incluindo o cineasta Kevin Smith,[69] o produtor de televisão Steven S. DeKnight,[70] e os escritores de quadrinhos Rob Liefeld,[71] Robert Kirkman,[72] e Jerry Ordway.[73] Outras fuguras foram menos otimistas. Shawn Robbins, analista-chefe do Boxoffice Pro, sugeriu que o tamanho do movimento era pequeno demais para causar impacto, afirmando: "outro corte de Liga da Justiça simplesmente não parece ser algo que muitos fora da base de fãs obstinados clamam por ver".[74] Especialistas do setor também consideraram improvável o lançamento do "Snyder Cut"". O escritor Mario F. Robles, com base em suas conexões com a indústria, disse que a Warner Bros. não confiava mais na visão de Snyder e não estava disposta a gastar milhões para terminar seu corte.[75] Durante todo o movimento, membros da mídia se referiram ao corte de Snyder como "lenda"[66][76][77] ou "mito".[78][79][80]

Membros do movimento #ReleaseTheSnyderCut se envolveram em atos de ativismo de fãs para promovê-lo. Em junho de 2018, os fãs contataram os executivos da AT&T após uma fusão entre a empresa e a Warner;[81] em junho de 2019, contataram a nova CEO da Warner Bros, Ann Sarnoff, que substituiu Tsujihara após sua renúncia,[82] depois disso, um mês depois, com uma campanha em massa para escrever cartas;[83] e em julho de 2019 eles entraram em contato com a WarnerMedia após o anúncio de seu novo serviço de streaming HBO Max.[84] Antes da San Diego Comic-Con 2019, um fã lançou uma campanha de financiamento colaborativo com metade dos fundos a serem gastos em uma campanha publicitária (incluindo outdoors e um banner voador promovendo o corte de Snyder) e a outra metade a ser doada para a American Foundation for Suicide Prevention (AFSP) (Fundação Americana para a Prevenção do Suicídio).[85][86] Para uma campanha semelhante na New York Comic-Con 2019, o movimento comprou espaço publicitário em dois outdoors da Times Square com citações de membros do elenco e da equipe de produção.[76] Em dezembro de 2019, o movimento alugou outro banner voador, desta vez passando pela Warner Bros. Studios e pedindo diretamente a Sarnoff para lançar o "Snyder Cut".[87] Em janeiro de 2020, o movimento comprou quatro minutos de espaço publicitário em defesa do lançamento do filme em um banner digital enrolado no interior do Riverside Stadium durante a FA Cup.[88] Em janeiro de 2020, o movimento havia arrecadado mais de US$ 150.000 para a AFSP. Seus esforços receberam elogios de Snyder e da AFSP.[89]

No entanto, membros do movimento também foram descritos pelos membros da mídia como "tóxicos"[90][91][92][93][94] por assediar, ameaçar e intimidar virtualmente aqueles que expressam opiniões sobre o corte de Snyder que são contrárias às suas crenças.[95] Yohana Desta, da Vanity Fair, descreveu amplamente o ato dos fãs exigindo um corte alternativo como um "padrão moderno de demanda do público que está ativamente tornando os fandoms mais tóxicos" e o comparou ao assédio virtual de 2017 da atriz de Star Wars: The Last Jedi, Kelly Marie Tran.[92] Os jornalistas estão sujeitos ao tipo de assédio virtual sofrido por Kayleigh Donaldson do Pajiba: por e-mail, comentários no site e mensagens diretas nas redes sociais.[93][95] Em setembro de 2018, a ex-presidente da DC Entertainment, Diane Nelson, excluiu sua conta do Twitter após um substancial assédio online por membros do movimento.[96] As operadoras de telefonia da Warner Bros., inundadas de ligações regulares sobre o "Snyder Cut", foram ditas para tratar esses inquéritos como trotes.[94]

Brandon Katz, do The New York Observer, disse que o movimento foi composto "tanto por fãs tóxicos da DC que causam ataques vitriólicos contra toda e qualquer oposição, quanto por espectadores de apoio que realmente gostam do estilo de Snyder e esperam ver a conclusão de sua trilogia que começou com Man of Steel de 2013. Como em qualquer contingente, existem extremistas e indivíduos equilibrados em suas fileiras."[90] Bob Rehak, Professor Associado e Presidente de Estudos de Cinema e Mídia do Swarthmore College, disse que fandoms como #ReleaseTheSnyderCut se revoltam quando uma grande mudança é feita em algo que eles amam, e que essa reação geralmente vem de uma subseção menor do fandom, que "[pinta] toda a comunidade com um pincel muito amplo".[97] Quando Zack Snyder's Justice League foi anunciado, alguns escritores expressaram preocupação de que a Warner Bros. estava cedendo aos fãs que se envolveram em formas de assédio virtual e trollagem durante o movimento.[98][99][100]

Revival e edição[editar | editar código-fonte]

Em março de 2019, após meses de especulação, Snyder confirmou que seu corte original existia e afirmou que cabia à Warner Bros. lançá-lo.[101] Em novembro, uma fonte afirmou que era improvável que a Warner Bros. lançasse a versão de Snyder de qualquer forma, chamando essas esperanças de "sonhos".[102] No entanto, no mês seguinte, Snyder postou uma foto em sua conta no Vero, mostrando caixas com fitas rotuladas como "Corte do diretor de ZSJL", com a legenda "É real? Existe? Existe? É claro que existe".[103] Segundo Snyder, ele inicialmente imaginou que seu corte nunca seria lançado, mas trechos poderiam ser incluídos em um documentário.[2]

A Warner Bros. finalmente decidiu avançar com o corte de Snyder em fevereiro de 2020, depois que o presidente Toby Emmerich reconheceu o movimento #ReleaseTheSnyderCut e procurou Snyder.[2] Os Snyders convidaram executivos da Warner Bros., HBO Max e DC para a casa deles para assistirem ao "Snyder Cut". Snyder também apresentou ideias, que incluíam potencialmente liberar o corte em episódios. Impressionados, os executivos decidiram deixar o projeto prosseguir. Snyder começou a remontar a equipe de pós-produção original do filme para finalizar o corte.[2] O esforço foi quase frustrado pela pandemia de COVID-19, que estava aumentando ao longo do tempo, mas os Snyders insistiram em continuar com a produção. Snyder notificou o elenco original sobre o projeto entre abril e maio de 2020; de acordo com Snyder, Fisher inicialmente pensou que ele estava brincando.[2]

Snyder, que ainda não tinha visto o corte do cinema, descreveu seu corte como "uma coisa totalmente nova e, especialmente conversando com aqueles que assistiram ao filme lançado, uma nova experiência à parte do filme".[2] Os Snyders sentiram que ser capazes de finalmente terminar Liga da Justiça traria a eles um encerramento, e ficaram animados com a perspectiva de expandir o desenvolvimento dos personagens do filme.[2] Em 20 de maio de 2020, Snyder anunciou durante uma sessão de perguntas e respostas, depois de uma watch party online de Man of Steel, que a Warner Bros. estaria liberando seu corte de Liga da Justiça como Zack Snyder's Jusice League no HBO Max em 2021.[50] Naquele momento, não estava claro qual formato Zack Snyder's Jusice League seria levado para lançamento, sendo um filme de quatro horas de duração ou uma minissérie de seis partes. O corte deve custar entre 20 e 30 milhões de dólares para concluir os efeitos especiais, a trilha sonora e edição.[2]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Zack Snyder's Justice League será lançado em 2021 no HBO Max.[50]

Marketing[editar | editar código-fonte]

Juntamente com o anúncio de Zack Snyder's Justice League, a HBO lançou pôsteres representando os seis membros da Liga da Justiça. Embora esses pôsteres tenham sido usados anteriormente para a campanha de marketing da versão que foi para o cinema, os da HBO apresentavam um filtro em preto e branco e enfatizavam fortemente o nome de Snyder. Chris Agar, do Screen Rant, chamou o filtro de "um forte contraste com os pôsteres coloridos de Liga da Justiça que foram predominantes na preparação para o lançamento no cinema, que é definitivamente uma escolha intencional para separar as duas versões do filme".[104]

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. A versão do cinema de Liga da Justiça custou cerca de US$ 300 milhões para produzir.[3] Este número de US$ 20-30 milhões inclui apenas a quantia necessária para concluir o corte de Snyder.[2]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «HBO Max to #ReleaseTheSnyderCut». WarnerMedia Group. Consultado em 21 de maio de 2020 
  2. a b c d e f g h i j Kit, Borys (20 de maio de 2020). «"It Will Be an Entirely New Thing": Zack Snyder's $20M-Plus 'Justice League' Cut Plans Revealed». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 23 de maio de 2020 
  3. a b «'Justice League': Warner Bros. CEO Reportedly Mandated a Runtime Under 2 Hours». Collider (em inglês). 6 de novembro de 2017. Consultado em 23 de maio de 2020 
  4. a b c d e f g h i April 2, Sebastian Peris on; 2020 (2 de abril de 2020). «Justice League: New Look At Amy Adams & Diane Lane In Zack Snyder Cut». Heroic Hollywood (em inglês). Consultado em 8 de julho de 2020 
  5. a b Bonomolo, Cameron (25 de maio de 2020). «Zack Snyder's Justice League Star Ray Fisher Says Cyborg's Story Will "Hit Some Hearts"». ComicBook.com (em inglês). Consultado em 25 de maio de 2020 
  6. Ray_Porter (22 de maio de 2020). «That said, and because I've been given permission... Hi, I'm Ray. I played Darkseid in Zack Snyder's "Justice League". There. It's out now.» (Tweet) (em inglês). Consultado em 22 de maio de 2020 – via Twitter 
  7. «Justice League: Chernobyl Actor Peter Guinness Was Cast as Darkseid's Servant Desaad». ScreenRant (em inglês). 8 de novembro de 2019. Consultado em 7 de julho de 2020 
  8. Garófalo, Nicolaos (5 de outubro de 2019). «Liga da Justiça | Personagem de Homem de Aço se tornaria o Caçador de Marte». Omelete. Consultado em 7 de julho de 2020 
  9. «Justice League Fan Art Imagines What Green Lantern Would Look Like In The Snyder Cut». ScreenRant (em inglês). 6 de junho de 2020. Consultado em 7 de julho de 2020 
  10. «Liga da Justiça - Ator fala sobre arco de 30 minutos que foi cortado do filme!». Legião dos Heróis. 9 de outubro de 2018. Consultado em 7 de julho de 2020 
  11. «Liga da Justiça | Insider revela descrição do traje do Lanterna Verde». Sala da Justiça. 18 de dezembro de 2019. Consultado em 7 de julho de 2020 
  12. a b c d e f «Justice League: 15 Cameos You Absolutely CANNOT Miss». CBR (em inglês). 19 de novembro de 2017. Consultado em 7 de julho de 2020 
  13. Chichizola, Corey (23 de maio de 2020). «Will Justice League's Snyder Cut Include More Deathstroke? Here's What Joe Manganiello Said». CinemaBlend (em inglês). Consultado em 21 de maio de 2020 
  14. Trevizan, Nayara (9 de setembro de 2016). «Amy Adams diz que sentiu pena de Zack Snyder após ver as críticas de Batman vs Superman». Cromossomo Nerd. Consultado em 8 de julho de 2020 
  15. Garófalo, Nicolaos (22 de janeiro de 2020). «Liga da Justiça | Ryan Choi, o Eléktron, aparece em nova foto do Snyder Cut». Omelete. Consultado em 7 de julho de 2020 
  16. a b Coletti, Caio (6 de setembro de 2017). «Liga da Justiça | Atriz de Shameless será mãe do herói Ciborgue no filme». Consultado em 7 de julho de 2020 
  17. Begley, Chris (19 de novembro de 2017). «Deleted 'Justice League' scene shows Kiersey Clemons as Iris West in action (video)». Batman News (em inglês). Consultado em 7 de julho de 2020 
  18. June 7, Eammon Jacobs on; 2020 (7 de junho de 2020). «Amber Heard's Mera Gets A Different Look In Justice League Concept Art». Heroic Hollywood (em inglês). Consultado em 7 de julho de 2020 
  19. «Check Out Willem Dafoe's Deleted Justice League Scenes In New Snyder Cut Images». CINEMABLEND. 26 de novembro de 2019. Consultado em 7 de julho de 2020 
  20. a b «Robin Wright está confirmada em "Liga da Justiça"». PAPELPOP. 7 de junho de 2017. Consultado em 7 de julho de 2020 
  21. «Justice League's REAL Ares Actor Wasn't Credited: Here's What Happened». ScreenRant (em inglês). 25 de maio de 2019. Consultado em 7 de julho de 2020 
  22. April 14, Eric Matthew Ramirez on; 2019 (14 de abril de 2019). «'Justice League' Image Reveals A Close-Up Look At Zack Snyder's Zeus». Heroic Hollywood (em inglês). Consultado em 7 de julho de 2020 
  23. Muniz, Thiago (27 de novembro de 2017). «'Liga da Justiça': Revelada a identidade do Lanterna Verde que aparece no filme | CinePOP». Consultado em 8 de julho de 2020 
  24. a b «Key Green Lanterns Rumored to Have Appeared in Early Justice League Cut». CBR (em inglês). 25 de novembro de 2017. Consultado em 7 de julho de 2020 
  25. a b «Justice League: Scrapped Post-Credits Scene Included Green Lanterns». ScreenRant (em inglês). 25 de novembro de 2017. Consultado em 7 de julho de 2020 
  26. Colbert, Stephen M. (25 de abril de 2018). «What Was Zack Snyder's Original 5 Movie DCEU Plan?». Screen Rant (em inglês). Consultado em 17 de junho de 2019 
  27. a b Colbert, Stephen M. (26 de março de 2019). «There Are THREE Versions Of Justice League (Including The Snyder Cut): We Explain». Screen Rant (em inglês). Consultado em 17 de junho de 2019 
  28. Schmidt, JK (2 de janeiro de 2018). «New 'Justice League' Concept Art Provides a Glimpse at Zack Snyder's Vision». Comicbook.com (em inglês). Consultado em 17 de junho de 2019 
  29. Outlaw, Kofi (2 de outubro de 2017). «Zack Snyder Always Intended Justice League To Rise Out Of The Darkness». Comicbook.com (em inglês). Consultado em 16 de julho de 2019 
  30. «Kodak 35mm film supports the naturalistic look and VFX/CG creation of Warner Bros. Pictures' Justice League». Kodak (em inglês). 7 de novembro de 2017. Consultado em 17 de julho de 2019 
  31. Breznican, Anthony (22 de fevereiro de 2016). «Justice League begins shooting April 11». Entertainment Weekly (em inglês). Consultado em 22 de fevereiro de 2016 
  32. a b Dumaraog, Ana (12 de junho de 2019). «Justice League Artist Breaks Down How Complete the Snyder Cut Is». Screen Rant (em inglês). Consultado em 16 de junho de 2019 
  33. a b c Kit, Borys (22 de maio de 2017). «Zack Snyder Steps Down From 'Justice League' to Deal With Family Tragedy». The Hollywood Reporter (em inglês). Valence Media. Consultado em 11 de julho de 2019 
  34. Colbert, Stephen M. (5 de agosto de 2019). «Justice League: The Snyder Cut Could Cost $30-40 Million to Complete». Screen Rant (em inglês). Consultado em 7 de agosto de 2019 
  35. a b O'Hara, Helen (5 de agosto de 2019). «#ReleaseTheSnyderCut: why Justice League fans are obsessed with a movie that may not exist». The Daily Telegraph (em inglês). Telegraph Media Group. Consultado em 7 de agosto de 2019 
  36. a b c Fritz, Ben (6 de novembro de 2017). «The Quest to Save 'Justice League'». The Wall Street Journal (em inglês). News Corp. Consultado em 15 de julho de 2019 
  37. Goldberg, Matt (12 de fevereiro de 2018). «Zack Snyder Was Reportedly Fired from 'Justice League'». Collider (em inglês). Consultado em 15 de julho de 2019 
  38. a b c d Fritz, Ben (19 de julho de 2018). «Holy Director's Cut, Batman! 'Justice League' Fans Demand a New Version of a Superhero Flop». The Wall Street Journal (em inglês). News Corp. Consultado em 16 de junho de 2019 
  39. a b Gonzalez, Umberto; Molloy, Tim (29 de novembro de 2017). «How 'Justice League' Became a 'Frankenstein' (Exclusive)». TheWrap (em inglês). Consultado em 15 de julho de 2019 
  40. a b c Olsen, Mark (27 de maio de 2017). «Zack Snyder to leave 'Justice League' following family tragedy; Joss Whedon to take over film». Los Angeles Times (em inglês). Consultado em 11 de julho de 2019 }
  41. Buchanan, Kyle (19 de novembro de 2019). «Why Ben Affleck and Gal Gadot Are Tweeting #ReleaseTheSnyderCut». The New York Times (em inglês). The New York Times Company. Consultado em 21 de novembro de 2019 
  42. Chichizola, Corey (Julho de 2018). «Original Justice League Composer Responds To Being Replaced». Cinema Blend (em inglês). Consultado em 11 de julho de 2019 
  43. Colbert, Stephen M. (29 de outubro de 2019). «[Exclusive] Justice League Snyder Cut Score Is Done Confirms Junkie XL». Screen Rant (em inglês). Consultado em 18 de novembro de 2019 
  44. a b «Justice League (2017)». Box Office Mojo. Consultado em 16 de março de 2018 
  45. Holmes, Adam (30 de janeiro de 2019). «Kevin Smith Just Dropped Major Info About Zack Snyder's Planned Justice League Trilogy». Cinema Blend (em inglês). Consultado em 17 de julho de 2019 
  46. Spiegel, Josh (19 de novembro de 2017). «Did 'Justice League' Learn Anything from 'Avengers'?». The Hollywood Reporter (em inglês). Valence Media. Consultado em 17 de julho de 2019 
  47. Scott, Ryan (17 de junho de 2019). «Darkseid Officially Revealed in Justice League Snyder Cut». MovieWeb (em inglês). Consultado em 17 de julho de 2019 
  48. Zack Sharf (24 de novembro de 2017). «'Justice League' Box Office Bomb: Warner Bros. Could Lose Up to $100 Million on Superhero Tentpole». IndieWire. Consultado em 4 de fevereiro de 2018 
  49. D'Alessandro, Anthony (31 de março de 2018). «'Ready Player One' Zaps $12M+ Opening Day; $52M+ Four-Day Weekend – Friday AM Update». Deadline Hollywood. Consultado em 31 de março de 2018 
  50. a b c Donnelly, Matt (20 de maio de 2020). «Zack Snyder Will Release the 'Snyder Cut' of 'Justice League' on HBO Max». Variety (em inglês). Consultado em 23 de maio de 2020 
  51. a b Burog, Vianne (29 de março de 2019). «Zack Snyder's 'Justice League' Cut: Will Fans Ever Get To See It?». Latin Times (em inglês). IBT Media. Consultado em 11 de julho de 2019 
  52. Boucher, Ashley (23 de novembro de 2017). «'Justice League' Do-Over? Petition for a Zack Snyder Cut Hits 100,000 Signatures». TheWrap (em inglês). Consultado em 16 de junho de 2019 
  53. a b Harvilla, Rob (12 de junho de 2019). «Kneel Before Zack». The Ringer (em inglês). Consultado em 20 de junho de 2019 
  54. a b Krishna, Rachael (16 de janeiro de 2018). «Zack Snyder Fans Are Asking Warner Bros. To #ReleaseTheSnyderCut Of 'Justice League'». BuzzFeed News (em inglês). BuzzFeed. Consultado em 14 de julho de 2019 
  55. Alexander, Julia (18 de janeiro de 2018). «DC Cinematic Universe's biggest conspiracy involves Zack Snyder and Justice League». Polygon (em inglês). Vox Media. Consultado em 11 de julho de 2019 
  56. Colbert, Stephen M. (8 de julho de 2018). «Justice League: The Snyder Cut Movement Explained». Screen Rant (em inglês). Consultado em 14 de julho de 2019 
  57. Colbert, Stephen M. (3 de julho de 2018). «Justice League: Everything Blocking The Release of Snyder's Cut». Screen Rant (em inglês). Consultado em 17 de julho de 2019 
  58. Chitwood, Adam (28 de novembro de 2017). «'Justice League': In Defense of a Zack Snyder Cut—and Why It Probably Won't Happen». Collider (em inglês). Consultado em 17 de julho de 2019 
  59. Anderton, Joe (12 de outubro de 2018). «Aquaman's Jason Momoa admits he's 'obsessed' with the Zack Snyder Justice League cut too». Digital Spy (em inglês). Hearst Communications. Consultado em 16 de junho de 2019 
  60. Pierznik, Christopher (11 de maio de 2018). «The Brilliance of Zack Snyder's DC Universe». Medium (em inglês). Consultado em 6 de julho de 2019 
  61. Rawden, Jessica (16 de junho de 2019). «Justice League's Ray Fisher Would 'Absolutely' Release The Snyder Cut». Cinema Blend (em inglês). Consultado em 16 de junho de 2019 
  62. Dumaraog, Ana (4 de março de 2019). «Justice League: What Happened to Snyder's Cut a 'Terrible Wrong,' Says Crew Member». Screen Rant (em inglês). Consultado em 16 de junho de 2019 
  63. Drum, Nicole (8 de julho de 2018). «'Justice League' Storyboard Artist Clarifies Rumors of Finished Snyder Cut». Comicbook.com (em inglês). Consultado em 16 de junho de 2019 
  64. Couch, Aaron (21 de novembro de 2017). «'Justice League' Cinematographer Hopes for a Director's Cut». The Hollywood Reporter (em inglês). Valence Media. Consultado em 18 de junho de 2019 
  65. Stauffer, Derek (21 de novembro de 2017). «Justice League: Batfleck Stunt Double Wants Snyder's Original Cut». Screen Rant (em inglês). Consultado em 18 de junho de 2019 
  66. a b Couch, Aaron (17 de novembro de 2019). «'Justice League': Zack Snyder, Ben Affleck and Gal Gadot Call for Release of Fabled 'Snyder Cut'». The Hollywood Reporter (em inglês). Valence Media. Consultado em 18 de novembro de 2019 
  67. Yang, Rachel (17 de novembro de 2019). «Gal Gadot and Ben Affleck join calls to 'release the Snyder cut' of Justice League». Entertainment Weekly (em inglês). Meredith Corporation. Consultado em 18 de novembro de 2019 
  68. Tassi, Paul (17 de novembro de 2019). «'Release The Snyder Cut' Justice League Movement May Bear Fruit With Support From Snyder, Affleck, Gadot». Forbes (em inglês). Consultado em 18 de novembro de 2019 
  69. Dumaraog, Ana (30 de janeiro de 2019). «Kevin Smith Wants Warner Bros. to Release the Snyder Cut». Screen Rant (em inglês). Consultado em 16 de junho de 2019 
  70. Agar, Chris (21 de março de 2018). «Pacific Rim 2 Director Supports Justice League's Snyder Cut». Screen Rant (em inglês). Consultado em 16 de junho de 2019 
  71. Dolloff, Matt (25 de novembro de 2017). «Rob Liefeld Also Wants a Zack Snyder Cut of Justice League». Screen Rant (em inglês). Consultado em 18 de junho de 2019 
  72. Moore, Meagan (25 de setembro de 2019). «The Walking Dead's Creator is a #ReleasetheSnyderCut Supporter». Comic Book Resources (em inglês). Valnet Inc. Consultado em 7 de outubro de 2019 
  73. Atkinson, John (3 de julho de 2019). «Death of Superman Co-Writer Thinks WB Should Release the Snyder Cut». Screen Rant (em inglês). Consultado em 27 de julho de 2019 
  74. Russo, Donovan (20 de julho de 2019). «Justice League' fans still clamor for a 'Snyder Cut' they'll probably never see». Yahoo! Finance (em inglês). Yahoo!. Consultado em 31 de julho de 2019 
  75. Stowe, Dusty (28 de novembro de 2017). «Snyder's Justice League Assembly Cut Would 'Cost Millions' to Complete». Screen Rant (em inglês). Consultado em 22 de junho de 2019 
  76. a b Fowler, Matt (6 de outubro de 2019). «Release the Snyder Cut Fans Buy Times Square Billboards During NYCC». IGN (em inglês). Ziff Davis. Consultado em 6 de outubro de 2019 
  77. Ricci, Kimberly (30 de outubro de 2019). «Jesse Eisenberg Had No Idea 'The Snyder Cut' Movement Or Henry Cavill's Mustache Drama Even Existed». Uproxx (em inglês). Warner Music Group. Consultado em 18 de novembro de 2019 
  78. Yang, Rachel (4 de agosto de 2019). «Kevin Smith says Justice League Zack Snyder cut is real... but it's not what you think». Entertainment Weekly (em inglês). Meredith Corporation. Consultado em 7 de agosto de 2019 
  79. Scott, Ryan (14 de novembro de 2019). «Aquaman Visits Superman's Grave in Latest Justice League Snyder Cut Image». MovieWeb (em inglês). Consultado em 18 de novembro de 2019 
  80. Marnell, Blair (21 de junho de 2018). «Does the Zack Snyder Cut of Justice League Exist?». Nerdist Industries (em inglês). Legendary Entertainment. Consultado em 18 de novembro de 2019 
  81. Wood, Matt (Junho de 2018). «Thanks To Merger, AT&T Is Getting Heckled About Justice League's Snyder Cut». Cinema Blend (em inglês). Consultado em 28 de junho de 2019 
  82. Cavana, Michael (26 de junho de 2019). «More than a year later, 'Justice League' fans are ramping up demands to #ReleaseTheSnyderCut». The Washington Post (em inglês). Nash Holdings. Consultado em 28 de junho de 2019 
  83. Clark, Travis (12 de julho de 2019). «'Justice League' fans are planning a 'Release the Snyder Cut' letter-writing campaign aimed at Warner Bros. incoming CEO». Business Insider (em inglês). Insider Inc. Consultado em 14 de julho de 2019 
  84. Preston, Hannah (Julho de 2019). «What Is the Snyder Cut? Demand for Alternate Version of 'Justice League' Surges Following HBO Max Announcement». Newsweek (em inglês). Consultado em 10 de julho de 2019 
  85. Hood, Cooper (25 de maio de 2019). «Snyder Cut Fans Start GoFundMe for Comic-Con & Suicide Prevention». Screen Rant (em inglês). Consultado em 16 de junho de 2019 
  86. Sharf, Zack (18 de julho de 2019). «#ReleaseTheSnyderCut Billboards Invade San Diego Ahead of Comic-Con Weekend». IndieWire (em inglês). Penske Media Corporation. Consultado em 17 de julho de 2019 
  87. Perine, Aaron (20 de dezembro de 2019). «Justice League Fans Fly New Release The Snyder Cut Banner Over Warner Bros. Studios». ComicBook.com (em inglês). Consultado em 26 de dezembro de 2019 
  88. Radnedge, Christian (5 de janeiro de 2020). «FA Cup clash features 'Justice League' film fans' push for 'SnyderCut'». Reuters (em inglês). Thomson Reuters. Consultado em 5 de janeiro de 2020 
  89. Doyle, Mick (11 de outubro de 2019). «We Can Be Heroes: Superhero Fans Take Up the Fight for Suicide Prevention». American Foundation for Suicide Prevention (em inglês). Consultado em 15 de outubro de 2019 
  90. a b Katz, Brandon (12 de outubro de 2018). «What If Warner Bros. Had Released Zack Snyder's Cut of 'Justice League'?». Observer (em inglês). Observer Media. Consultado em 31 de julho de 2019 
  91. Clark, Travis (15 de outubro de 2019). «How the 'Justice League' Snyder Cut movement has gained momentum this year, from 'Joker' to Jason Momoa». Business Insider (em inglês). Insider Inc. Consultado em 15 de outubro de 2019 
  92. a b Desta, Yohana (19 de julho de 2018). «Justice League Fans Still Desperately Hoping for Snyder Cut That Doesn't Exist». Vanity Fair (em inglês). Condé Nast. Consultado em 14 de julho de 2019 
  93. a b Donaldson, Kayleigh (27 de setembro de 2018). «Why Does the DCEU Have Such a Toxic Fanbase?». Pajiba (em inglês). Consultado em 31 de julho de 2019 
  94. a b Graza, John (15 de maio de 2019). «Exclusive: Here's What AT&T Really Thinks About The Snyder Cut Of 'Justice League'». Reel Anarchy (em inglês). Consultado em 10 de julho de 2019 
  95. a b Abad-Santos, Alex (19 de novembro de 2019). «The fight to #ReleaseTheSnyderCut of Justice League (which may not even exist), explained». Vox (em inglês). Vox Media. Consultado em 21 de novembro de 2019 
  96. Hibbard, James (24 de setembro de 2018). «Former DC boss deletes Twitter after Zack Snyder fans attack». Entertainment Weekly (em inglês). Meredith Corporation. Consultado em 31 de julho de 2019 
  97. Alexander, Julia (19 de julho de 2018). «'Release the Snyder Cut' campaign contradicts Zack Snyder's wishes for Justice League». Polygon (em inglês). Vox Media. Consultado em 31 de julho de 2019 
  98. Taylor, Drew (21 de maio de 2020). «Why Releasing the 'Justice League' Snyder Cut Sets a Dangerous Precedent». Collider (em inglês). Consultado em 21 de maio de 2020 
  99. Reisman, Abraham (21 de maio de 2020). «What Hath the Snyder Cut Released?». Vulture (em inglês). Consultado em 21 de maio de 2020 
  100. Dockterman, Eliana (21 de maio de 2020). «What to Know About the Justice League Snyder Cut—and Why Some People Are Upset About Its Release». Time (em inglês). Consultado em 21 de maio de 2020 
  101. M. Colbert, Stephen (28 de março de 2019). «Zack Snyder Confirms A Snyder Cut Of Justice League Exists». Screen Rant (em inglês). Consultado em 21 de maio de 2020 
  102. Brent, Lang; Kroll, Justin (26 de novembro de 2019). «DC Films Plots Future With Superman, Green Lantern and R-Rated Movies». Variety (em inglês). Penske Media Corporation. Consultado em 26 de novembro de 2019 
  103. Screen Crush staff (4 de dezembro de 2019). «Zack Snyder Shares Photo of Justice League Director's Cut». Screen Crush (em inglês). Consultado em 21 de maio de 2020 }
  104. Agar, Chris (21 de maio de 2020). «Justice League's Snyder Cut Character Posters Use Theatrical Release Images». Screen Rant (em inglês). Consultado em 23 de maio de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]