Zanjã

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Zanjã
Vista de Zanjã
País  Irão
Área  
Altitude 1.638 m
População  
  Cidade 341.801
    Densidade   10.327,6/km²
Website: www.zanjan.ir/home_en.php

Zanjã ou Zanjão (em persa: زنجان; transl.: Zanjan) é a capital da província de Zanjã, no Irã. Sua população é de 341.801 habitantes. A cidade se encontra na margem do Rio Zanjã, sobre o qual existe o Parque Bosque de Zanjã. Zanjã é conhecido pelos seus belos artesanatos tais como facas, sandálias tradicionais, chamadas charoogh, e malileh feito com fios de prata. Muitos moradores hoje são tecedores de tapetes tradicionais. Este é talvez o mais popular artesanato de Zanjã.

Historia[editar | editar código-fonte]

Hamdollah Mostowfi, o viajante e historiador iraniano, em seu livro afirma que Zanjã foi construída pelo Artaxes I, o primeiro do Império Sassânida e nomeada como "Xaim". [1] Um momento importante na história da cidade foi em 1851 quando a cidade se tornou o centro de Babismo junto com Neriz e outras cidades. As forças do governo central capturaram a fortaleza Babi em Zanjã após um longo cerco imposto pela ordem do Grande Vizir Amir Cabir e mataram ou expulsaram os seguidores do Báb.[2]

Demografia[editar | editar código-fonte]

Ano Habitantes
1900 20.000[3]
1956 47.000[3]
1966 59.000[3]
1976 100.505[4]
1986 214.982[4]
1991 254.100[4]
1996 286.295[5]

Educação[editar | editar código-fonte]

Zanjã tem faculdades como a Universidade de Zanjã, que tem 3 000 alunos, a universidade Islâmica Azade, com 6 000 alunos, e a recém-criada Universidade de Ciências Médicas, assim como também o Instituto de Estudos Avançados em Ciências Básicas.

Referências

  1. «همشهريان اردشير بابكان هنوز هم چاروق مي پوشند». rugart.org. 30 de julho de 2008. Consultado em 30 de julho de 2008. Arquivado do original em 27 de julho de 2011  |urlmorta= e |datali= redundantes (ajuda)
  2. Abdu'l-Bahá, Edward Granville. "A Traveller's Narrative Written to Illustrate the Episode of the Báb", Published by Kalimat Press, 2004, ISBN 1-890688-37-1, 9781890688370
  3. a b c Julian Bharier (1972). The Growth of Towns and Villages in Iran, 1900-66. Middle Eastern Studies. 8. [S.l.: s.n.] doi:10.2307/4282398 
  4. a b c Mehdi Amani (1994). Situation demographique de l'Iran en 1991. Population (French Edition). 49. [S.l.: s.n.] p. 1159-1169, S. 1163. doi:10.2307/1533676 
  5. Lucy Dean, ed. (2003). Regional Surveys of the World: The Middle East and North Africa. 50/2004. [S.l.: s.n.] p. 424. ISBN 1857431847