Zariadres de Sofena

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou seção foi marcada para revisão, devido a incoerências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a coerência e o rigor deste artigo.
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde junho de 2017). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Mapa mostrando Sofena à direita, quando se tornou uma província do Império Arménio sob Tigranes, o Grande.

Zariadres da Arménia foi um príncipe da Arménia da dinastia Orôntida, onde teve origem os reis de Sofena. Governou em 211 a.C. foi antecedido por Xerxes de Sofena e foi sucedido pelo governo de Mitrobuzanes de Sofena.

De acordo com Estrabão, Artaxias e Zariadres eram generais de Antíoco III Magno, e foram indicados para governar a Arménia e o Reino de Sofena respectivamente, após Orontes IV, o último rei da Arménia descendente dos sete persas.[1][Nota 1] Quando Antíoco foi derrotado pelos romanos, Artaxias e Zariadres se uniram aos romanos, dividiram o reino e assumiram o título de reis, Artaxias I com rei da Arménia e Zariadres com a Sofena.[1] As duas regiões seriam unificadas apenas no reinado de Tigranes, descendente de Artaxias, que derrotou Artanes, rei de Sofena e descendente de Zariadres.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas e referências

Notas

  1. Os sete persas são Dario I e seis companheiros, que derrubaram o usurpador Esmérdis.

Referências

  1. a b c Estrabão, Geografia, Livro XI, 14.15
Ícone de esboço Este artigo sobre reis de um dos reinos da Arménia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.