Zarzaitine

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Zarzaitine
  Vila  
Zarzaitine está localizado em: Argélia
Zarzaitine
Coordenadas 28° 5' 10" N 9° 47' 16" E
País  Argélia
Província Illizi
Distrito In Amenas
Comuna In Amenas[1]
- Fuso horário CET (UTC+1)

Zarzaitine (também escrito Zarzaïtine) é uma vila industrial localizada na comuna de In Amenas,[1] no distrito de In Amenas, província de Illizi, leste da Argélia. É uma notável área de mineração, com depósitos significativos de enxofre e petróleo bruto em particular.[2][3]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Zarzaitine é uma cidade fronteiriça entre a Argélia e Líbia, localizada apenas ao nordeste de In Amenas. A Trapsa Oil Pipeline se conecta a Edjeleh, que está localizada cerca de 48 quilômetros (30 milhas) ao sul.[4] Aeroporto de In Amenas está nas proximidades, também conhecido como Aeroporto de Zarzaitine. Geologicamente, esta área é conhecida como a Formação Zarzaitine, consistindo principalmente de arenito vermelho-marrom,[5] e ossos de dinossauros datados do Triássico tenham sidos desenterrados aqui. A formação Zarzantine (Triássico) é encontrada na Bacia de Murzuque. A formação é relatada para ser 130 metros (430 pés) de espessura, que reduz 90 metros (300 pés) de espessura em direção ao sul devido a ação erosiva. Campo de petróleo de Zarzaitine está localizado na bacia do sudeste de Illizi.

História[editar | editar código-fonte]

O nome Zarzaitine foi dado a esta formação por Albert-Félix de Lapparent e Maurice Lelubre, em 1948.[6] A produção de petróleo e gás decolou drasticamente na década de 1960, se tornando local mais produtiva do CREP, e em 1962 apenas doze poços foram perfurados em Zarzaitine.[4] No ano de 1961, Zarzaitine foi considerado o maior campo de petróleo do Saara oriental, com reservas primárias de oitenta milhões de toneladas.[7] No século XXI, ainda é um local importante de petróleo na Argélia; em 2002, a empresa chinesa, Sinopec, assinou um contrato de 525 milhões de dólares com a empresa petrolífera nacional argelina, Sonatrach, para desenvolver o campo de petróleo de Zarzaitine.[8] Estima-se que a Argélia produz anualmente 2 milhões de toneladas de cru neste campo de petróleo.[9]

Referências

  1. a b «Décret n° 84-365, fixant la composition, la consistance et les limites territoriale des communes. Wilaya d'El Oued» (PDF) (em francês). Journal officiel de la République Algérienne,. 19 de dezembro de 1984. p. 1554. Consultado em 2 de março de 2013. Cópia arquivada (PDF) em 2 de março de 2013 ou antes  Verifique data em: |arquivodata= (ajuda)
  2. «Zarzaitine» (PDF) (em inglês). ENI. Consultado em 19 de janeiro de 2013 
  3. Hill, R.J.; Leventhal, J.; Aizenshtat, Z. (16 de junho de 2004). Geochemical Investigations in Earth and Space Sciences: A Tribute to Isaac R. Kaplan (em inglês). [S.l.]: Elsevier. p. 295. ISBN 978-0-08-047285-0. Consultado em 19 de janeiro de 2013 
  4. a b Review. [S.l.]: The Institute. 1964. p. 6. Consultado em 19 de janeiro de 2013 
  5. Tawadros, E.; Tawadros, Ezzat (2001). Geology of Egypt and Libya (em inglês). [S.l.]: Taylor & Francis. p. 226. ISBN 978-90-5809-331-8. Consultado em 19 de janeiro de 2013 
  6. Tawadros, E.; Tawadros, Ezzat (2001). Geology of Egypt and Libya. [S.l.]: Taylor & Francis. pp. 226–. ISBN 978-90-5809-331-8. Consultado em 3 de janeiro de 2013 
  7. Lidgett, Albert (1961). Petroleum Times. [S.l.]: Petroleum Times. p. 185. Consultado em 19 de janeiro de 2013 
  8. Olimat, Muhamad (27 de novembro de 2012). CHINA AND THE MIDDLE EAST: from Silk Road to Arab Spring (em inglês). [S.l.]: Routledge. p. 185. ISBN 978-1-85743-631-0. Consultado em 19 de janeiro de 2013 
  9. Olimat, Muhamad (27 de novembro de 2012). China and the Middle East: from Silk Road to Arab Spring (em inglês). [S.l.]: Routledge. pp. 185–. ISBN 978-1-85743-631-0. Consultado em 3 de janeiro de 2013 
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Argélia, integrado ao Projeto África é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.