Zdravko Zdravkov

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta biografia de uma pessoa viva não cita as suas fontes ou referências, o que compromete sua credibilidade. (desde janeiro de 2016)
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Zdravkov
Zdravkov
Informações pessoais
Nome completo Zdravko Stoyanov Zdravkov
Data de nasc. 4 de outubro de 1970 (47 anos)
Local de nasc. Sófia,  Bulgária
Altura 1,86 m
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Goleiro
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1988-1993
1993-1994
1994-1995
1995-1997
1997-1999
1990-2000
2000-2002
2002
2003
2004
2004-2007
2008-2009
Bulgária Levski Sófia
Bulgária Etar
Bulgária Levski Sófia
Bulgária Slavia Sofia
Turquia İstanbulspor
Turquia Adanaspor
Turquia İstanbulspor
Bulgária Cherno More
Turquia İstanbulspor
Bulgária Litex Lovech
Turquia Çaykur Rizespor
Bulgária Slavia Sofia
66 (0)
19 (0)
12 (0)
60 (0)
47 (0)
24 (0)
58 (0)
12 (0)
18 (0)
9 (0)
93 (0)
Seleção nacional
1996-2004 Flag of Bulgaria.svg Bulgária 70 (0)

Zdravko Stoyanov Zdravkov - em búlgaro, Здравко Стоянов Здравков (Sófia, 4 de outubro de 1970) é um ex-futebolista búlgaro.

Com uma carreira quase ligada ao Levski Sófia e ao İstanbulspor, Zdravkov defendeu ainda Etar, Slavia Sofia, Adanaspor, Cherno More, Litex Lovech e Çaykur Rizespor, onde encerrou a carreira pela primeira vez, em 2007.

Zdravkov desistiu da aposentadoria em 2008, após aceitar proposta do Slavia Sofia para voltar a jogar. Depois de uma temporada, encerrou definitivamente a carreira, aos 38 anos.

Seleção[editar | editar código-fonte]

Zdravkov defendeu a Seleção Búlgara entre 1996 e 2004, em 70 oportunidades. Considerado o sucessor do veterano Borislav Mihaylov, que já preparava sua aposentadoria, disputou as três partidas da Seleção na Copa de 1998, naufragando na primeira fase. Ficou marcado na competição por conta da goleada sofrida pela Bulgária frente à Espanha, por 6 a 1 - no quinto gol, feito por Kiko Narváez, a bola bateu na trave, nas costas do goleiro e também no atacante Georgi Bachev. Ironicamente, a goleada não foi suficiente para classificar a "Fúria", uma vez que o Paraguai venceria a classificada Nigéria por 3 a 1.

Participou ainda da Eurocopa de 2004, mas, assim como em 1998, a Bulgária caiu na primeira fase.

Ícone de esboço Este artigo sobre um futebolista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.