Zebulom

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Símbolo da tribo de Zebulom.
1695 Eretz Israel map in Amsterdam Haggada by Abraham Bar-Jacob.jpg
Tribos de Israel
As Tribos
Tópicos

Zebulom ou Zabulom (em hebraico: זְבֻלוּן ,זְבוּלֻן ou זְבוּלוּן; romaniz.: Zəḇūlūn ou Zəvulun , lit. 'dádiva') foi um dos doze filhos de Jacó, (o sexto de sua mulher Lea) e o fundador da Tribo de Zebulom.[1][2]

Nome e origem[editar | editar código-fonte]

O significado do nome Zebulom é incerto. Parecer ser um jogo com "זֵ֣בֶד zḗḇeḏ" nas palavras de Lia no Gênesis 30:20, "'Deus me concedeu (זְבָדַ֨נִי zəḇāḏáni) excelente dote (זֵ֣בֶד zḗḇeḏ); desta vez permanecerá comigo meu marido (יִזְבְּלֵ֣נִי yizbəlḗni), porque lhe dei seis filhos;' e lhe chamou Zebulom".

O nome aparece na forma זְבֻלוּן dezoito vezes, זְבוּלֻן vinte e seis vezes e זְבוּלוּן uma vez. (Septuaginta) Na literatura pós bíblica o nome aparece como Zabulom (Josephus, Antiquities II.7.4) e Zaboules. (Vulgata) Zabulom, a leitura do Novo Testamento, é aquela da Septuaginta, originada da forma grega Ζαβουλών.

Nada é conhecido, em particular, a respeito de Zebulom, exceto que Serede, Elom e Jaleel foram seus filhos, foram com Jacó para o Egito[1] e se tornaram chefes de três famílias tribais.[2]

Referências[editar | editar código-fonte]