Zhou Man

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Hanzi.png
Por favor adicione os caracteres chineses requisitados nesta página.

Zhou Man, foi um explorador Chinês do século XV. Ele nasceu em uma família de mercadores em 1378; quando tinha seis anos de idade seu pai morreu em uma viagem para a Coréia. Após a morte de seu pai, ele deixou sua mãe e seus quatro irmãos mais jovens. Ele trabalhou para uma equipe do imperador quando tinha 22 anos. Aos 32, ele foi reconhecido como "Grande Líder de Todos os Navios Comandados pelo Imperador Mão Rápida."

Zhou, com a ajuda de outros três comandantes, explorou o Pacífico. Uma inscrição em pedra, datada de 1431, no Palávio da Eposa Celestial de Jiangsu e Liu Shia-Chang foi traduzido:

Nós, Zheng He e sua armada [incluindo os Admiráveis Hong Bao, Zhou Man, Zhou Wen, e Yang Qing], no princípiodo reinado de Zhu Di formamos uma Comissão Imperial que buscou os bárbaros. Up until now seven voyages have taken place and, each time, we have commanded several tens of thousands of government soldiers and more than a hundred oceangoing vessels. We have...reached countries of the Western Regions, more than three thousand countries in all. We have...beheld in the ocean huge waves like mountains rising sky-high, and we have set eyes on barbarian regions far away, hidden in a blue transparency of light vapors, whilst our sails, loftily unfurled like clouds, day and night continued their course, rapid like that of a star, traversing those savage waves.

No livro 1421 - O ano em que a China descobriu o mundo, do escritor e marinheiro inglês Gavin Menzies especulou que seus juncos podem ter explorado o Pacífico e o Altântico muito antes dos portugueses e espanhóis.

Referência[editar | editar código-fonte]

  • Menzies, Gavin (2004). 1421 - O ano em que a China descobriu o mundo. Bertrand Brasil. ISBN 8528610098
Ícone de esboço Este artigo sobre a China é um esboço relacionado ao Projeto Ásia. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.