Zillion (jogo eletrônico)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation arrow.svg
Este artigo foi traduzido de uma versão noutra língua (versão original). Você pode continuar traduzindo ou colaborar em outras traduções.
Zillion
Desenvolvedora Sega, Tatsunoko Productions
Publicadora(s) Sega
Distribuidora Sega
Compositor(es) Tokuhiko Uwabo
Plataforma(s) Sega Master System
Data(s) de lançamento
  • JP 27 de maio de 1987
  • AN 31 de dezembro de 1987
Gênero(s) Plataforma
Modos de jogo Single Player
Número de jogadores 1
Mídia Cartucho
Controles Controle
Idioma Japonês
Traduções Inglês

Zillion, conhecido como Akai Kōdan Zillion (赤い光弾 ジリオン, Akai Kōdan Jirion?, literalmente Projétil de Luz Vermelha Zillion)[1] [2] no Japão, é um jogo de plataforma numa aventura espacial lançado para o Master System, baseado no anime Zillion de 1987.[3] O jogo tem um estilo semelhante ao apresentado no jogo Metroid.[4] [2] Ele também tem objetos a ser inspecionados e a necessidade de ativação de objetos através de códigos de acesso, como no jogo Impossible Mission.[3] Uma sequência do jogo (Zillion II: The Triformation) também foi lançada.

Zillion conta com a presença do mascote em forma de ovo da Sega, Opa-opa, que estreia em jogos da série Fantasy Zone, também disponíveis para o Master System.

História[editar | editar código-fonte]

Os White Knights, uma força pacificadora dentro do Sistema Planetário, estão em missão para destruir a base do maléfico Império Noza no Planeta X. Para fazer isso, J.J., o protagonista do anime, precisa se infiltrar na base e adquirir os cinco disquetes que o permitirão inserir a sequência de autodestruição no computador central. A nave mãe aterrissa na superfície do planeta, e J.J. precisa abrir caminho pelo labirinto da base lutando contra inimigos, evitando perigos e resgatando seus dois companheiros capturados para então destruir a base.

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

O jogador começa controlando J.J., do lado de fora da nave mãe na superfície do planeta X. Depois de chegar na base subterrânea logo após o início, o jogador passa o resto do jogo em seu interior, voltando somente para restaurar a energia do jogador ou após completar a missão.

Por toda a base há cápsulas contendo códigos chave e itens de atualização e recarga. Alguns dos obstáculos da missão envolvem minas terrestres, guardas inimigos, canhões laser e campos de força. O estilo do jogo baseia-se em entrar e sair de salas na base e destravá-las através de cartões de computador e inserindo o código de quatro dígitos corretamente, código esse encontrado através da investigação das cápsulas de uma sala. Além de destravar salas, o jogador também tem a opção de fazer ações específicas, como desligar barreiras, desativar armadilhas ou até mesmo cometer suicídio, entre outras. Um dos códigos é necessário para iniciar a autodestruição da base Noza. O jogo é bastante conhecido por uma variedade de "mensagens especiais" que podem ser exibidas quando se põem certos códigos em certas salas.

O jogador porta uma pistola, que é usada como um modelo da Light Phaser do Master System. Enquanto o jogo progride, a arma vai se tornando mais forte através de itens que permitem a sua atualização. Com a arma mais forte, o jogador pode então quebrar cápsulas mais resistentes que contém códigos para os computadores ou itens de atualização. Quando resgatados, o jogador pode jogar com Apple ou Champ, cada um com suas próprias diferenças; Apple é rápida e salta mais alto, porém é mais fraca e Champ é lerdo, mas forte. Assim como J.J., eles também podem atualizar suas estatísticas: poder de fogo, velocidade, habilidade de salto e energia.

Glitches[editar | editar código-fonte]

Um conhecido glitch no jogo permite ao jogador tornar-se invencível através de sua morte enquanto desce por um elevador. Entretanto, usando este glitch faz com que o menu de estatísticas fique inacessível, então o jogador só pode trocar de personagem quando um novo membro do grupo é encontrado.[5]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Junho de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Durante o jogo há a música do álbum Akai Kōdan Zillion: LET IT ROCK! do anime. Ao sair da nave, quando J.J. está a caminho do labirinto, a canção "Pure Stone" é tocada. Esta canção também é tocada na abertura do jogo, depois da aparição do logotipo da Sega. Dentro no labirinto a canção "Break a trap for yourself" é tocada. Ao acessar um computador, esta música para. Vencendo o jogo, enquanto os créditos são exibidos, a canção "Push" é tocada. As canções "Pure Stone" e "Push", de Risa Yuuki, são tocadas na abertura e no encerramento do anime, respectivamente.

Referências

  1. Zillion for SEGA Master System - MobyGames (em inglês). Página visitada em 2 de junho de 2010.
  2. a b Hardcore Gaming 101: Zillion (em inglês). Página visitada em 2 de junho 2010.
  3. a b Zillion Review (em alemão). Página visitada em 2 de junho de 2010.
  4. Kingdom of Desire - Zillion (em alemão). Página visitada em 2 de junho de 2010.
  5. Zillion Shrine: Hints and Game Cheats (em inglês). Página visitada em 2 de junho de 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]