Ziz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2015). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Para o rio de Marrocos, veja Rio Ziz.

Ziz (Hebraico: זיז) é, na mitologia judaica, uma ave gigante, tão grande que bloqueia a luz do sol com a envergadura das suas asas. É considerado como um arquétipo das criaturas monstruosas. Behemoth, Leviatã e Ziz são motivos tradicionais de decoração no artesanato judaico. Alguns criacionistas o identificaram como uma espécie de pterossauro, o Quetzalcoatlus, que foi o maior animal alado da história geológica da Terra.

Especificando o mito[editar | editar código-fonte]

Embora não se tenha um relato direto na Bíblia sobre o Ziz, ele é mencionado em "Amanhã descereis contra eles; eis que sobem pela ladeira de Ziz, e os achareis no fim do vale, diante do deserto de Jeruel." (2 Crônicas 20:16).

A ladeira de Ziz era o passo, ou caminho, pelo qual os exércitos de Moabe, de Amom e dos amonins vieram contra Judá durante o reinado do Rei Jeosafá (936-c. 911 AEC). Costuma ser identificado com o uádi Hasasa (Nahal Hazezon), a uns 15 km ao SE do lugar sugerido de Tecoa e a uns 10 km ao NO de En-Gedi. — 2Cr 20:1, 2, 16, 20.

Ver também[editar | editar código-fonte]