Zugzwang

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Zugzwang, é uma situação encontrada no xadrez e outros jogos baseados em turnos em que um jogador é colocado em desvantagem por causa de sua obrigação de fazer um movimento; diz-se que um jogador está "em zugzwang" quando qualquer movimento legal piorará sua posição. A expressão vem do alemão, Zug (jogada) e Zwang (força).

Embora o termo seja usado com menos precisão em jogos como o xadrez, ele é usado especificamente na teoria combinatória dos jogos para denotar um movimento que altera diretamente o resultado do jogo de uma vitória para uma derrota. Colocar o adversário em zugzwang é uma forma comum de ajudar o lado superior a vencer um jogo e, em alguns casos, é necessário para que a vitória seja possível.

O termo zugzwang foi usado na literatura de xadrez alemã em 1858 ou antes, e o primeiro uso conhecido do termo em inglês foi pelo campeão mundial Emanuel Lasker em 1905. O conceito de zugzwang, porém, já era conhecido pelos jogadores de xadrez há alguns séculos. Antes que o termo fosse cunhado, aparecendo em um estudo de final de jogo publicado em 1604 por Alessandro Salvio, um dos primeiros escritores sobre o jogo, e em estudos shatranj que datam do início do Século IX, mais de 1000 anos antes do primeiro uso conhecido do termo. A notação internacional de xadrez usa o símbolo "" para indicar uma posição zugzwang.

A maioria das posições de zugzwang ocorre nos finais.[1] Em uma posição de zugzwang, cada peça está em sua melhor posição e a obrigação de jogar torna a situação pior.[2]

Exemplo[editar | editar código-fonte]

Paul Morphy (1850)
abcdefgh
8
Chessboard480.svg
f8 branco rei
g8 preto bispo
h8 preto rei
g7 preto peão
h7 preto peão
g6 branco peão
h1 branco torre
8
77
66
55
44
33
22
11
abcdefgh
As brancas jogam e vencem.

O problema ao lado foi criado por Paul Morphy em 1850. As brancas jogam e vencem com o lance 1. Th6 deixando as pretas em zugzwang.[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Igor Epshteyn, Master Preparation: A Non-Credit Continuing Education Course in Chess (1996), Computer Science and Electrical Engineering, University of Maryland, Baltimore County [em linha]
  2. a b Ernst-Robert Kadesreuther, Das Mini-Schachlehrbuch des Deutschen Schachbundes, Tricks: Grundreihenmatt, Zugzwang [em linha]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Filguth, Rubens (2005). Xadrez de A a Z. dicionário ilustrado. Porto Alegre: Artmed 
Ícone de esboço Este artigo sobre enxadrismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.