Zvjezdan Misimović

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Zvjezdan Misimović
Звјездан Мисимовић
Zvjezdan Misimović Звјездан Мисимовић
Zvjezdan Misimovic em 2011
Informações pessoais
Nome completo Zvjezdan Misimović
Data de nasc. 5 de junho de 1982 (39 anos)
Local de nasc. Munique, Alemanha Ocidental
Nacionalidade bósnio
Altura 1,80 m
Ambidestro
Informações profissionais
Período em atividade 2000–2016 (16 anos)
Clube atual Aposentado
Posição Meia
Clubes de juventude
SV Nord Lerchenau
TSV Forstenried
SV Gartenstadt Trudering
Clubes profissionais
Anos Clubes
2000–2004
2002–2004
2004–2007
2007–2008
2008–2010
2010–2011
2011–2012
2013–2014
2015–2016
Total
Bayern de Munique II
Bayern de Munique
Bochum
Nuremberg
Wolfsburg
Galatasaray
Dínamo Moscou
Guizhou Renhe
Beijing Renhe
Seleção nacional
2000-2001
2002
2004–2014
Iugoslávia Sub-18
Iugoslávia Sub-21
Bósnia e Herzegovina

Zvjezdan Misimović - em sérvio, Звјездан Мисимовић - (Munique, 5 de junho de 1982) é um ex-futebolista bósnio de origens sérvias, nascido na Alemanha e que atuava como meia.[1]

Após inicialmente ter defendido as seleções juvenis da Iugoslávia, sendo colega de Nemanja Vidić até ser descartado como um jogador fora de forma,[2] escolheu jogar pela Seleção Bósnia - algo incomum para os bósnios de origens sérvias.[1] A sondagem bósnia veio por intermédio de Hasan Salihamidžić, com quem convivia no Bayern Munique.

Quando jogava no Wolfsburg, junto com seu colega de seleção Edin Džeko (este bosníaco[1]), conquistou o Campeonato Alemão em 2009. Em 2010, após a chegada de Diego, Misimović perdeu espaço na equipe e foi vendido para o Galatasaray. Após chegar ao Galatasaray, onde também não teve muito espaço, Misimović foi vendido em 2011 para o Dínamo Moscou. No time russo teve bom espaço no meio campo sendo um dos que mais atuaram na temporada 2011/2012.

No meio da temporada 2012/2013 recebeu uma boa oferta do futebol asiático, acertando com o time chinês Guizhou Renhe.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Bayern Munique
Wolfsburg

Referências

  1. a b c "Faça gols, não a guerra", Jonathan Wilson, FourFourTwo, número 11, novembro de 2009, Editora Cádiz, págs. 68-71
  2. Wilson, Jonathan (29 de setembro de 2009). «Wolfsburg and Bosnia's dynamic duo get chance to make history of their own». The Guardian. Consultado em 13 de junho de 2019