Aváris

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde março de 2019). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
HIEROGLIFO
O7t
pr
D56t
niwt
Hut-waret (ḥw.t-wˁr.t)
Aváris, região do Delta. (Na imagem, abaixo do número 19)

Aváris (em egípcio: Hut-waret (ḥw.t-wˁr.t), em grego: Auaris, αυαρις) foi uma cidade fortificada do Antigo Egito construída pelos invasores hicsos para servir-lhes de capital. Foi destruída quando da derrota dos hicsos, na XVII dinastia, por Camés e reconstruída mais tarde por Ramessés II, que a rebatizou de Pi-Ramessés ou Per-Ramessés (Casa dos Raméssidas), e fez da cidade a nova capital de seu reinado. Estima-se que a localização da cidade esteja na atual Tel Daba, localizado no Delta do Nilo.

Uma das razões que explicam esta mudança de capital, além das raízes familiares do pai de Ramessés II, Seti I, é a sua localização estratégica, mais próxima do principal inimigo do Egito na época, o Império Hitita (atual Turquia), facilitando assim a vigia das fronteiras e uma intervenção militar.

Ícone de esboço Este artigo sobre Egiptologia é um esboço relacionado ao Antigo Egito. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Aváris