Boaz e Jaquim

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Boaz e Jachin)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Imagem de uma tigela de vidro do século 3 que retrata o Templo de Salomão. Boaz e Jaquim são os pilares destacados a negro mostrada em ambos os lados dos degraus da entrada.


Boaz e Jaquim (ou Booz) e (Iahin, Jachin ou Jackin) são duas colunas de cobre que ficavam à frente do Templo de Salomão, o primeiro Templo em Jerusalém[1]. Outras versões da Bíblia referem a elas como de latão ou bronze [carece de fontes?]. O Período se refere à idade do Bronze.[2]

Os nomes Boaz e Jaquim remetem a dois personagens do Velho Testamento.

Descrição[editar | editar código-fonte]

Ao visualizar o templo pelo lado de fora, a coluna Boaz ficava à esquerda (lado norte), e a coluna Jaquim à direita (lado sul)[1]. Os pilares tinham uma dimensão de quase 6 pés (1.8 m) de espessura e 27 pés (8,2 m) de altura. Os 2,4 m de altura da decoração do capitel suportavam a decoração de lírios de bronze. Foi originalmente descrito a partir da Bíblia, como côvado, que regista que os pilares tinham dezoito côvados (alto) e cerca de doze côvados ao redor, e oco, com 4 dedos de espessura. (Jeremias 52:21-22). Redes de "checkerwork" cobriam a tigela de cada capitel, decoradas com linhas de duzentas romãs, coberto com sete cadeias de cada um dos capitéis, e cobertas com lírios. (1 Reis 7:13-22, 41-42).

Réplicas[editar | editar código-fonte]

A igreja românica de Santa Maria Maggiore em Tuscania, tem uma entrada ladeado por um par de colunas (em pedra) permanentes, destinados para evocar Boaz e Jaquim.[3]

Contextos derivados[editar | editar código-fonte]

  • Em alguns templos maçônicos existem réplicas das colunas Boaz e Jaquim, em que se faz referência às letras B (Boaz) e J (Jaquim) nas respectivas colunas, porém tais réplicas podem variar dependendo dos seus ritos.[4]
  • Algumas variantes da carta de Tarot Papisa retratam Boaz e Jaquim em posições 'invertidas', já que estão a ser visualizados a partir do interior do recinto.[carece de fontes?]
  • Russell Hoban escreveu um livro intitulado The Lion of Boaz-Jachin and Jachin-Boaz, em 1973.
  • Jakin, cidade incorporada do estado americano de Georgia, tem o seu nome a partir do pilar.[5]
  • Na série anime Mobile Suit Gundam Seed o acesso à nação espacial Plant é guardado por asteroides-fortalezas chamados Boaz e Jachin.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b Crônicas 3:17. [S.l.: s.n.] 
  2. Josephus, Jew. Ant. 10.8.5
  3. Hamblin, William J. and Seeely, David Rolph, Solomon's Temple; Myth and History, Thames and Hudson, 2007, p. 109.
  4. A Coluna B do Templo Maçônico.
  5. Resolution on Jakin centennial, Georgia House of Representatives.
Ícone de esboço Este artigo sobre a Bíblia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre arquitetura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.