Cidade de mercado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Cidade mercado)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Uma cidade de mercado (em inglês: market town)[1][2] é um termo jurídico, com origem na Idade Média, para designar uma cidade de pequena dimensão europeia que tem licença para ter um mercado, de forma distinta de uma vila ou de uma metrópole, e que serve de centro comercial para as vilas, aldeias e quintas em seu redor. Uma cidade pode ser descrita como "cidade mercado" ou como tendo "direitos de mercado", mesmo se já não tiver um mercado, desde que o direito legal a fazê-lo ainda exista.

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • A Revolution from Above; The Power State of 16th and 17th Century Scandinavia; Editor: Leon Jesperson; Odense University Press; Denmark; 2000
  • The Making of the Common Law, Paul Brand, (Hambledon Press 1992)
  • The Oxford History of Medieval England, (ed.) Nigel Saul, (OUP 1997)