Correlação não implica em causação

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Cum hoc ergo propter hoc é um termo em latim que significa correlação não implica em causação ou literalmente: "com isto, logo por causa disto". Em lógica clássica, é uma falácia na qual alguém supõe que, pelo fato de duas coisas estarem acontecendo juntas, uma é a causa da outra[1]. Este erro consiste em ignorar a possibilidade de que possa haver uma causa em comum para ambas, ou, como mostrado no exemplo abaixo, que as duas coisas em questão não tenham absolutamente nenhuma relação de causa, e a sua aparente conexão é só uma coincidência. No fundo, é uma Explicação incompleta.

Uma variação comum é a falácia “post hoc ergo propter hoc” (depois disto, logo por causa disto), na qual uma relação causal é presumida porque uma coisa acontece antes de outra coisa, logo, a segunda coisa só pode ter sido causada pela primeira.

Exemplo: Apontando para um gráfico, Rogério mostra que um certo número de homens são negros e, ao mesmo tempo, possuem QI levemente menor que a média dos homens brancos; sendo assim, concluí-se que estes homens possuem o QI levemente menor porque são afrodescendentes.

Referências