Crónica de Érico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Crónica de Erico)
Ir para: navegação, pesquisa
Erikskrönikan
Crónica de Erico
Érico Magnusson - O herói da crónica
Idioma Sueco antigo
País  Suécia
Lançamento Aproximadamente 1330
Páginas 4 543 versos

A Crónica de Erico - em sueco Erikskrönikan - é a mais antiga crónica medieval da Suécia, redigida por volta de 1330. [1][2]
De autor desconhecido, contém 5 432 versos redigidos em sueco antigo.[3][4]
A obra narra a história política da Suécia num período de 90 anos, transcorrido entre 1229 e 1319. [5]
O texto é altamente tendencioso, sendo desconhecidas as eventuais fontes do documento. É todavia considerada um excelente retrato da forma como a alta nobreza da primeira metade do séc. XIV se via a si própria, seguindo o modelo vigente na Europa Continental.[6]

Referências

  1. «Erikskrönikan» (em sueco). Enciclopédia Nacional Sueca. Consultado em 21 de agosto de 2013 
  2. Hägg, Göran (2008). 1001 böcker du måste läsa innan du dör (em sueco). Estocolmo: Wahlström & Widstrand. 68 páginas. ISBN 9146216499 
  3. «Erikskrönikan» (em sueco). Enciclopédia Nacional Sueca. Consultado em 21 de agosto de 2013 
  4. «Stockholm grundlägges» (em sueco). Projekt Runeberg. Consultado em 20 de agosto de 2013 
  5. «Erikskrönikan» (em sueco). Enciclopédia Nacional Sueca. Consultado em 21 de agosto de 2013 
  6. Harrison, Dick (2009). «Frälset». Sveriges historia. 600-1350 (em sueco). Estocolmo: Norstedts. p. 415. 502 páginas. ISBN 978-91-1-302377-9 

Fonte[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]