Dendrobates azureus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaDendrobates azureus
Dendrobates azureus (Dendrobates tinctorius) Edit.jpg

Estado de conservação
Status iucn3.1 VU pt.svg
Vulnerável
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Amphibia
Ordem: Anura
Subordem: Neobatrachia
Família: Dendrobatidae
Género: Dendrobates
Espécie: D. azureus
Nome binomial
Dendrobates azureus
(Girard, 1855)

Dendrobates azureus é uma espécie de anfíbio que também pode ser chamado de sapo-boi-azul (conhecido como tamma) e pode ser encontrada na região de Sipaliwini, no Suriname. Possui uma pele de cor azul metálica, com manchas negras. Estas cores chamativas advertem os possíveis predadores de que a espécie contém um potente veneno neurotóxico na pele.[1] Recentes estudos confirmaram que Dendrobates azureus não é mais do que uma variante polimórfica de Dendrobates tinctorius [2][3], uma espécie amplamente distribuída no Suriname, Guiana e Brasil.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons
Wikispecies Diretório no Wikispecies

Referências

  1. Folha Online. «Excêntrico, sapo azul usa cor para evitar ataques de predadores» [S.l.: s.n.] Consultado em 04/08/2009 
  2. (em inglês) Philippe Gaucher, Ross MacCulloch (2008). Dendrobates tinctorius. 2008 Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN. IUCN 2008. Obtido em 13 de maio de 2009.
  3. Wollenberg, Katharina C.; Michael Veith, Brice P. Noonan, and Stefan Lötters (2006). «Polymorphism Versus Species Richness—systematics of Large Dendrobates from the Eastern Guiana Shield (Amphibia: Dendrobatidae)» (pdf). Copeia (em inglês). 2006 (4) [S.l.: s.n.] pp. 623–629. Consultado em 13 de maio de 2009