Edge of Darkness

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Edge of Darkness (filme))
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para a série de TV, veja Edge of Darkness (telessérie).
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde setembro de 2010). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Edge of Darkness
Fora de Controlo (PT)
O Fim da Escuridão (BR)
Pôster original do filme
 Estados Unidos/ Reino Unido
2010 •  Cor •  117 min 
Direção Martin Campbell
Roteiro William Monahan
Andrew Bovell
Troy Kennedy Martin
Elenco Mel Gibson
Ray Winstone
Danny Huston
Bojana Novakovic
Jay O. Sanders
Género Policial e Suspense
Música Howard Shore
Direção de fotografia Phil Méheux
Figurino Lindy Hemming
Edição Stuart Baird
Lançamento 29 de janeiro de 2010
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

Edge of Darkness (O Fim da Escuridão no Brasil, Fora de Controlo em Portugal) é um filme britânico-americano dos gêneros policial e suspense do ano de 2010, sendo uma adaptação da série da BBC de mesmo nome produzida no ano de 1985.

O filme é estrelado por Mel Gibson e Ray Winstone, dirigido por Martin Campbell e produzido por Michael Wearing, que também dirigiram e produziram respectivamente a série, teve sua estreia nos Estados Unidos em 28 de Janeiro de 2010.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Thomas Craven (Mel Gibson) é um detetive policial da cidade de Boston que testemunha o assassinato da filha Emma (Bojana Novakovic) na porta de sua casa após a mesma voltar de uma viagem. Perturbado pela perda e convencido de que ele era o alvo do assassino, Thomas parte para uma investigação obcecado por encontrar e punir os culpados. As evidências o levarão a descobrir um complexo esquema de corrupção envolvendo políticos americanos e a indústria de armas nucleares do país.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Edge of Darkness teve recepção mista por parte da crítica especializada. Em base de 34 avaliações profissionais, alcançou metascore de 55% no Metacritic. Por votos dos usuários do site, alcança uma nota de 6.7, usada para avaliar a recepção do público.[1] No Rotten Tomatoes, com tomatometer de 56% em base de 203 críticas, foi publicado um consenso: “Para melhor e para pior, Edge of Darkness oferece vintage de Mel Gibson, que trabalha no âmbito familiar de um thriller de vingança sangrenta”. Tem 49% de aprovação por parte da audiência, usada para calcular a recepção do público a partir de votos dos usuários do site.[2]

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

Em sua primeira semana, o filme ficou em segundo lugar atrás do fenômeno Avatar arrecadando $17,214,384. Depois de 10 semanas em exibição o filme arrcadou $43,313,890 na América do Norte e mais $37,493,761 em outros países para um total de $80,807,651.

Distribuição[editar | editar código-fonte]

Nos EUA, Argentina, e em DVD na Austrália e Reino Unido, o filme foi distribuido pela Warner Bros. Pictures, que também lançou o filme de 1943 com o mesmo título. Em 11 de maio de 2010 o filme foi lançado DVD e Blu-ray.

Referências

  1. «Edge of Darkness» (em inglês). Metacritic. Consultado em 31 de maio de 2014. 
  2. «Edge of Darkness» (em inglês). Rotten Tomatoes. Consultado em 31 de maio de 2014.