Fogo e movimento

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Fogo e Movimento)
Militares australianos em um exercício de "fogo e manobra".

Fogo e movimento é a tática militar ofensiva que prevê utilização de duas equipes: uma para formar a base de fogo, lançando fogo supressivo contra defesas inimigas e atraindo a atenção para sí, e uma segunda para avançar sobre o alvo. Geralmente, o componente móvel do arranjo busca realizar uma manobra de flanco.[1]

Frequentemente, o papel de base de fogo é desempenhado por guarnições de armas coletivas, como metralhadoras e morteiros.

Uma variante possível é a alternância de papeis entre as equipes durante o avanço. Uma das equipes move-se, sob cobertura de fogo da outra, até ocupar uma posição intermediária. A partir desse momento, ela passa a dar cobertura, enquanto a equipe que fazia base de fogo avança até a próxima posição intermediária. Chegando lá, os papeis se invertem novamente, e assim sucessivamente até atingir as posições inimigas.

O princípio de fogo e movimento é a tática ofensiva básica para pequenas unidades de infantaria em praticamente todos os exércitos contemporâneos.

Referências

  1. The Age of Wars of Religion, 1000-1650, Cathal J. Nolan, p. 374
Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos militares é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.