Revista Eletrônica Gestão & Saúde

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Revista Eletrônica Gestão & Saúde (Revista G&S)
Editor Drª Andrea Gonçalves
Categoria
Gestão
Saúde

tecnologia
Frequência Quadrimestral
Formato Eletrônico
Circulação Nacional
Editora Universidade de Brasília
Fundador(a) Elioenai Dornelles Alves
Fundação 2006
Primeira edição 2010
Última edição http://periodicos.unb.br/index.php/rgs/index
País  Brasil
Baseada em o projeto "O fortalecimento do SUS"
Idioma português, espanhol, inglês
ISSN 1982-4785

A Revista Eletrônica Gestão & Saúde (R. G&S) é o órgão oficial de divulgação científica do Núcleo de Estudos em Educação, Promoção da Saúde e Projetos Inclusivos – NESPROM do Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares – CEAM da Universidade de Brasília.[1]

Missão[editar | editar código-fonte]

A missão da RG&S é agenciar a dispersão da informação científico nas áreas de gestão, educação e políticas de saúde através da divulgação de artigos selecionados através do processo de avaliação pelos pares (em inglês, peer review) que contribuam para a expansão destas áreas e para a fundamentação das atividades dos profissionais.[2]

Histórico do periódico[editar | editar código-fonte]

O projeto da revista iniciou-se em 2006 com o projeto "O fortalecimento do SUS" apoiado pelo Ministério da Saúde, somando aos apoios recebidoso do CNPQ, UNB e MEC a revista tem se mantido no site, hoje indexada no LATINDEX, Portal de periodicos da Capes, DOAJ, DJRI,CUIDEN®,Sumarios.org, Diadoriam e filiada a Associação Brasileira de Editores Científicos.[2]

A Primeira publicação foi em 2010, sendo comandada pelo Editor Fundador o Professor Emérito Doutor Elioenai Dornelles Alves (in memorian) é um periódico de acesso livre e gratuito, publicado quadrimestral pelo Nucleo de Estudos e Promoção da Saúde da Universidade de Brasilia, apenas disponível na versão eletrônica no sítio da internet http: http://gestaoesaude.unb.br/.[2]

Tem como missão disseminar o conhecimento científico, revisto por pares, desenvolvido por pesquisadores e trabalhadores da área das Ciências da Saúde, enfermagem,Psicologia, Gestão de Serviços Públicos brasileira e estrangeira.

Sistema de publicação[editar | editar código-fonte]

A Revista publica tanto de modo próprio como edições especiais, como a edição especial em 2014 para artigos premiados no SIMPEP 2014.[3] Como destaca a revista [4] "O processo de avaliação utiliza o sistema Double blind peer review, preservando a identidade dos autores e consultores, com emprego de formulário da Revista Gestão & Saúde." O processo de avaliação pelos pares tem sido adotado pela maior parte das revista tando internacional como nacional.[5][6]

Referências

  1. Núcleo de Estudos em Educação, Promoção da Saúde e Projetos Inclusivos - NESPROM. http://www.nesprom.unb.br/. Acessado em 23 Feb 2017.
  2. a b c Histórico do periódico. Revista Gestão & Saúde. http://periodicos.unb.br/index.php/rgs/about/history. Acessado em 23 Feb 2017.
  3. Revista Gestão & Saúde. Edições anteriores. V. 6, Supl. 2(2015). http://periodicos.unb.br/index.php/rgs/issue/view/1553. DOI: http://dx.doi.org/10.18673/gestão%20e%20saúde.v1i1
  4. Processo de Avaliação pelos Pares. Revista Gestão & Saúde. http://periodicos.unb.br/index.php/rgs/about/editorialPolicies#peerReviewProcess. Acessado em 23 Feb 2017.
  5. Pinheiro JQ. Anonimato e avaliação cega por pares. Estud. psicol. (Natal) vol.9 no.2 Natal May/Aug. 2004. http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X2004000200001. Acessado em 23 Feb 2017.
  6. Nassi-Calò L. Avaliação por pares: modalidades, prós e contras. Scielo em perspectiva. http://blog.scielo.org/blog/2015/03/27/avaliacao-por-pares-modalidades-pros-e-contras/#.WK8Wfm8rLIU. Acessado em 23 feb 2017

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]