The Dark Energy Survey

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

The Dark Energy Survey (DES), ou Levantamento da Energia Escura, é um levantamento no ótico/infravermelho próximo cujo objetivo é estudar a dinâmica da expansão do universo e o crescimento das estruturas em grande escala. A colaboração é composta por instituições de pesquisa e universidades nos Estados Unidos da América,[1] Brasil,[2] Reino Unido, Alemanha, Espanha, e Suíça.

O levantamento usa o telescópio de 4 metros Victor M. Blanco Telescope localizado no Observatório de Cerro Tololo (CTIO) no Chile, o qual foi reformado e incrementado com a nova e moderna Dark Energy Camera (DECam), ou Camera da Energia Escura.[3] Essa câmera permite maior sensibilidade na obtenção de imagens na parte vermelha do espectro visível e infravermelho próximo quando comparada com instrumentos anteriores.[3][4]

A DECam tem um dos maiores campos de visão (2.2 graus) disponível para a observação de imagens feitas em telescópios na Terra.[3] O levantamento vai observar 5.000 graus quadrados do céu austral em uma região que se superpõe ao South Pole Telescope e evita o disco da Via Láctea, cuja profusão de estrelas afeta as observações de galáxias distantes. O levantamento vai operar por cinco anos e sua área de cobertura será observada várias vezes em cinco bandas fotométricas (g, r, i, z, e Y).

Referências