The Lone Ranger (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Lone Ranger
O Mascarilha (PT)
O Cavaleiro Solitário (BR)
Pôster oficial.
 Estados Unidos
2013 • cor • 149[1] min 
Direção Gore Verbinski
Produção Jerry Bruckheimer
Gore Verbinski
Roteiro Justin Haythe
Ted Elliott
Terry Rossio
Baseado em Lone Ranger de Fran Striker
George W. Trendle
Elenco Johnny Depp
Armie Hammer
William Fichtner
Tom Wilkinson
Barry Pepper
James Badge Dale
Helena Bonham Carter
Gênero Aventura
Ação
Faroeste
Idioma Inglês
Música Hans Zimmer
Cinematografia Bojan Bazelli
Edição James Haygood
Craig Wood
Estúdio Walt Disney Pictures
Jerry Bruckheimer Films
Blind Wink
Infinitum Nihil
Distribuição Walt Disney Studios Motion Pictures
Lançamento Estados Unidos 3 de Julho de 2013[2] Brasil 12 de Julho de 2013
Portugal 8 de Agosto de 2013
Orçamento US$ 225–250 milhões[3]
Receita US$ 260.502.115[4]
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

The Lone Ranger (no Brasil, O Cavaleiro Solitário; em Portugal, O Mascarilha) é um filme de ação e faroeste estadunidense de 2013 produzida pela Walt Disney Pictures e Jerry Bruckheimer Films e dirigido por Gore Verbinski. Baseado na série de rádio de mesmo nome, o filme é estrelado por Johnny Depp como Tonto, o narrador dos acontecimentos, e Armie Hammer como John Reid (The Lone Ranger). Relaciona-se com as memórias de Tonto dos primeiros esforços da dupla para subjugar as ações imorais dos corruptos e trazer a justiça no Velho Oeste americano. William Fichtner, Barry Pepper, Ruth Wilson, James Badge Dale, Tom Wilkinson e Helena Bonham Carter também estão presentes em papéis coadjuvantes. O filme marca o primeiro filme teatral, com os personagens Lone Ranger e Tonto em mais de 32 anos.[5]

Filmagem foi atormentada com problemas de produção e as preocupações orçamentais, que em um ponto levaram ao cancelamento prematuro do filme.[6] The Lone Ranger foi lançado nos cinemas nos Estados Unidos em 3 de Julho de 2013. O filme recebeu mistas e comentários negativos, foi um fracasso comercial, arrecadando US$ 260 milhões de dólares em todo o mundo contra um orçamento de produção estimado em US$ 225 milhões de dólares e mais US$ 150 milhões de dólares do orçamento de marketing adicional.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Tonto (Johnny Depp), o espírito guerreiro nativo americano narra as histórias não contadas que transformaram John Reid (Armie Hammer), um homem da lei, em uma lenda da justiça, levando o público em uma acelerada viagem cheia de surpresas épicas e muito humor enquanto os dois improváveis heróis precisam aprender a trabalhar juntos e lutar contra a ganância e a corrupção.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Johnny Depp como Tonto, o narrador dos eventos de sua vida como um índio Comanche que recrutaram John Reid para trazer justiça para os responsáveis ​​por massacrar sua tribo durante a sua infância,[7] e aterrorizando assentamentos fronteira do Texas durante os anos 1800. O personagem usa pintura facial em preto-e-branco e um corvo morto em sua cabeça.[8]
    • Joseph E. Foy retrata Tonto como criança.
  • Armie Hammer como John Reid/O Cavaleiro Solitário, originalmente um advogado moralmente irrepreensível, mais tarde substituiu um Texas Ranger, que protege sua identidade como "The Lone Ranger", um justiceiro mascarado que procura os criminosos responsáveis ​​pela morte de seu irmão.[7]
  • William Fichtner como Butch Cavendish, um bandido cruel e canibal, que Tonto acredita que é um wendigo.[7] [9] Travis Martelo retrata a Butch jovem visto em flashbacks.
  • Tom Wilkinson como Latham Cole, um magnata da ferrovia corpulento e inescrupuloso.[10] Steve Corona retrata o jovem Cole visto em flashbacks.
  • Ruth Wilson como Rebecca Reid, a esposa de Dan (depois viúva) e o interesse amoroso de John / irmã-de-lei.[7]
  • Helena Bonham Carter como Madame Red, uma dona de bordel com pernas de marfim que auxilia Reid e Tonto.
  • James Badge Dale como Dan Reid, irmão mais velho de John, que é morto por Cavendish.[11]
  • Bryant Prince como Danny Reid, filho de Rebecca e Dan, sobrinho de John.
  • Barry Pepper como Capitão Jay Fuller, um oficial corrupto da cavalaria dos Estados Unidos.[7]
  • Mason Cook como Will, um jovem que viveu na década de 1930 em São Francisco.[12]
  • J D Cullum como Wendell.
  • Saginaw Grant como Cacique Grande Urso, líder dos Comanches.[13]
  • Harry Treadaway como Frank, um membro da gangue de Butch.[12]
  • James Frain como Barret, um dos capatazes da indústria de Cole.[14]
  • Joaquín Cosío como Jesús, um outro membro da gangue de Butch.
  • Damon Herriman como Ray, um outro membro da gangue de Butch.[12]
  • Lew Temple como Hollis, um delegado dos Ranger.[15]
  • Leon Rippy como Collins, um traidor dos Ranger trabalhando secretamente com Butch.
  • Stephen Root como Habberman, presidente da Empresa Ferrovia Transcontinental.
  • Jason E. Hill como Seamus

Produção[editar | editar código-fonte]

Em 12 de agosto de 2011 a Disney anunciou a produção de The Lone Ranger e as filmagens começaram em março de 2012, sendo que no dia 08 do mesmo mês foi revelada a primeira fotografia de Armie Hammer como Lone Ranger e de Johnny Depp como Tonto.

O orçamento do filme foi de 250 milhões de dólares. Em 05 de janeiro de 2013, foi anunciado que o filme passaria por refilmagens e seria incluido um novo personagem na trama.[16]

O diretor Gore Verbinski e o produtor Jerry Bruckheimer são os mesmos dos três primeiros filmes da renomada franquia Pirates of the Caribbean, assim como o ator principal, Johnny Depp.[17]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

Com um orçamento de US$250 milhões, faturando US$29 milhões no fim de semana de estreia,[18] foi um fracasso comercial, arrecadando $255 milhões de dólares em todo o mundo que deve gerar um prejuízo de US$ 190 milhões à Disney após um descontrole orçamentário por parte do diretor Gore Verbinski.[18]

Johnny Depp e o produtor Jerry Bruckheimer culparam os críticos pelo fracasso do filme.[19]

Crítica[editar | editar código-fonte]

Alexandre Agabiti Fernandez da Folha de São Paulo escreveu "Como a lenda perdeu força ao longo das décadas, esta versão da Disney tenta fazê-la brilhar outra vez. Infelizmente, isto é alcançado pela via mais previsível: a overdose de cenas de ação. Narrado em flashback por Tonto (Johnny Depp), que ganha importância na história, o filme tem contornos burlescos."[20]

Marcelo Hessel do Omelete disse que o diretor "Gore Verbinski almeja os mitos do faroeste mas segue refém da fórmula Piratas do Caribe".[21]

Debate sobre o elenco[editar | editar código-fonte]

Apesar de os produtores terem citado a presença de um conselheiro da Nação Comanche, alguns debateram a conveniência de condição de Depp como um nativo americano e se o filme iria apresentar uma representação positiva e precisa dos Comanches.[22] Depp afirmou ele acredita que tem ascendência nativa americana, possivelmente a partir de uma bisavó. Ele disse que considera o papel uma tentativa pessoal "para tentar corrigir os erros do passado", em referência a representações da cultura dos nativos americanos na mídia.[23] [24]

Todd McDaniels, um linguista da Comanche Nation College, comentou favoravelmente sobre as tentativas de Depp em falar a língua comanche, que tem de 25 a 30 falantes nativos vivendo. "As palavras estavam lá, a pronúncia era instável, mas adequada". [25]

Referências

  1. The Lone Ranger. British Board of Film Classification. Página visitada em 29 de outubro de 2013.
  2. Walt Disney Pictures. The Lone Ranger. Site oficial. Página visitada em 10 de fevereiro de 2013.
  3. Graser, Marc (25 de junho de 2013). Disney, Bruckheimer See ‘Lone Ranger’ as New Genre-Bending Superhero. Página visitada em 29 de outubro de 2013. "O filme custou aproximadamente US$250 milhões de dólares para produzir, e mais de US$150 milhões de dólares para comercializar e distribuir em todo o mundo ... A pré-produção foi interrompida até que os cineastas poderiam disputar o custo baixo para um gerenciável $215 milhões de dólares ... Apesar de toda a discussão sobre o orçamento, o custo final de "The Lone Ranger" inchou durante a produção. Bruckheimer diz que ele e Disney foram responsáveis ​​por cobrir excedentes do filme. Representantes do estúdio dizem que o custo do filme foi de cerca de US$225 milhões de dólares, mas fontes dizem que foi consideravelmente maior."
  4. The Lone Ranger (2013). Box Office Mojo. Página visitada em 29 de outubro de 2013.
  5. 1981 ‘Lone Ranger’ Pic Galloped Quickly Into Oblivion. Variety (25 de junho de 2013). Página visitada em 10 de outubro de 2013.
  6. Disney's 'Lone Ranger' Could Lead to $150 Million Loss (Analysis). The Hollywood Reporter (7 de julho de 2013). Página visitada em 10 de outubro de 2013.
  7. a b c d e Wright, Celine (3 de junho de 2013). 'The Lone Ranger' premiere: A long red carpet under a hot sun. Página visitada em 29 de outubro de 2013.
  8. Fonseca, Felicia (12 de maio de 2013). Disney's Tonto Offensive To Some In Upcoming 'Lone Ranger' Film. Página visitada em 29 de outubro de 2013.
  9. The Lone Ranger Lassos William Fichtner. ComingSoon.net (22 de fevereiro 2012). Página visitada em 29 de outubro de 2012.
  10. Graser, Marc (22 de junho 2013). Tom Wilkinson circles ‘Lone Ranger’. Página visitada em 29 de outubro de 2013.
  11. Weintraub, Steve (20 de janeiro de 2012). James Badge Dale Talks SHAME, Director Steve McQueen, Robert Zemeckis’ 'Flight', 'Rubicon', 'The Lone Ranger', and a Lot More. Collider.com. Página visitada em 29 de outubro de 2012.
  12. a b c Rome, Emily (23 de junho de 2013). On the scene at 'The Lone Ranger' premiere; Plus, if the film were a Disney theme park ride. Página visitada em 29 de outubro de 2013.
  13. Scott, A.O. (2 de julho de 2013). Hero Rides Again, With Big Boots to Fill. Página visitada em 29 de outubro de 2013.
  14. Kit, Borys (16 de dezembro de 2011). 'True Blood' Actor Joins 'Lone Ranger'. Página visitada em 29 de outubro de 2013.
  15. Ross, Dalton (17 de fevereiro 2013). Lew Temple (a.k.a. Axel) talks about the latest 'Walking Dead' shocker -- EXCLUSIVE p. 2. Página visitada em 29 de outubro de 2013.
  16. 'O Cavaleiro Solitário' passará por refilmagens. CinePOP. Página visitada em 10 de fevereiro de 2013.
  17. O Cavaleiro Solitário - Arquivo de Filmes. CinePOP. Página visitada em 10 de fevereiro de 2013.
  18. a b Rodrigo Salem (12 de julho de 2013). Fracasso de 'O Cavaleiro Solitário' expõe riscos de megaproduções de Hollywood. Folha.com. UOL. Página visitada em 27 de outubro de 2013.
  19. Johnny Depp e produtor de "O Cavaleiro Solitário" culpam críticos por fracasso do filme. UOL (6 de agosto de 2013). Página visitada em 27 de outubro de 2013.
  20. Alexandre Agabiti Fernandez (12 de julho de 2013). Crítica: 'O Cavaleiro Solitário' tem ritmo frenético, mas roteiro fraco. Folha.com. UOL. Página visitada em 27 de outubro de 2013.
  21. Marcelo Hessel (11 de julho de 2013). O Cavaleiro Solitário. Omelete. UOL. Página visitada em 27 de outubro de 2013.
  22. Fonseca, Felicia. Disney's Tonto Offensive To Some In Upcoming 'Lone Ranger' Film. Página visitada em 27 de outubro de 2013 2013.
  23. Thompson, Bob (26 de junho de 2013). Johnny Depp says he drew on his own native heritage to play The Lone Ranger’s Tonto.
  24. Depp Trying to 'Right the Wrongs of the Past' With Tonto. Indian County Today Media Network (10 de junho de 2013). Página visitada em 27 de outubro 2013.
  25. McDaniels em Peterson, Britt (6 de julho de 2013). In ‘The Lone Ranger,’ is Tonto really speaking Comanche?. The Boston Globe. Página visitada em 27 de outubro de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]