Vértice (revista)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Vértice é uma revista portuguesa de cultura e arte, fundada em Coimbra, em 1942.[1]

Vértice 176

Em fevereiro de 1945 (n.º 4-7), sob uma nova direcção integrada por um grupo de jovens, torna-se uma tribuna do movimento neorealista português e um instrumento de resistência à ditadura do Estado Novo.[2]

Uma revista nova com um longo e prestigiado passado, a Vértice assume-se hoje com uma personalidade própria e com um lugar único no panorama editorial português. Deixou na vida cultural portuguesa uma marca indelével e ímpar, a qual, a par com a abertura às novas realidades, continua a inspirar a sua actividade presente.

Vértice, ao cobrir uma vasta gama de temas no quadro da multidisciplinaridade e interdisciplinaridade, é um espaço de intervenção cultural, um projecto e um instrumento de reflexão, crítica e debate. Entende a cultura em sentido amplo, dando atenção tanto à criação literária, artística, filosófica e científica, como à realidade económica, social e política.

Procura aliar nas suas páginas o trabalho inovador, o rigor intelectual e científico e a vivacidade do debate. Visa ser não apenas um meio de divulgação de trabalhos em curso, mas também um instrumento de promoção da investigação e da intervenção criadoras.

A divulgação alcançada pela revista entre todos aqueles que se interessam pelas questões culturais e o prestígio granjeado nos meios intelectuais e académicos indicam que a Vértice está no bom caminho.

Fontes[editar | editar código-fonte]

  • ANDRADE, Carlos Santarém. Vértice: índice de autores: 1942-1986. Coimbra: Vértice, 1987.
  • PITA, António Pedro; SANTOS, David; PINTO, João Maio. Batalha pelo conteúdo: movimento neo-realista português: exposição documental. Vila Franca de Xira: Câmara Municipal de Vila Franca de Xira: Museu do Neo-Realismo, 2007. ISBN 978-972-99040-5-9
  • RAMOND, Viviane; LOURENÇO, Eduardo (pref.). A revista Vértice e o neo-realismo português. Coimbra: Angelus Novus, 2008. ISBN 978-972-8827-38-0

http://www.paginaapagina.pt/veacutertice.html

Notas

  1. O n.º 1 tem a data de maio de 1942. Cf. ficha bibliográfica na Biblioteca Nacional de Portugal.
  2. Cf. Neorealismo, na página do Centro de Investigação para Tecnologias Interactivas da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.