Códice de Maniqueu de Colônia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Vita Mani)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Mani ou Maniqueu

Códice de Maniqueu de Colônia (em latim: Codex Manichaicus Coloniensis) ou Vida de Maniqueu (Vita Mani) é um codex em papiros, datado do século V e encontrado em 1969 perto de Assiute no Alto Egito.[1]. Está escrito em grego descrevendo a vida de Maniqueu, fundador do maniqueísmo.

História[editar | editar código-fonte]

O texto, cujo título bastante ambíguo se chama Sobre a origem do seu corpo, conta a iniciação de Mani à seita Judaico-cristã dos Elkasaitas, e mostra claramente que provém de um original escrito em Aramaico, como o comprova e facto dos nomes empregues em cada secção do texto [2]

É chamado de Códice de Maniqueu de Colônia por ter sido comprado em 1969 a um antiquário pelo - em alemão: Institut für Altertumskunde - da Universidade de Colônia e traduzido por dois especialistas do instituto. A tradução apareceu em quatro artigos do Zeitschrift für Papyrologie und Epigraphik (1975-82).

Referências

  1. L. Koenen, Das Datum der Offenbarung und Geburt Manis, Zeitschrift für Papyrologie und Epigraphik 8, 1971, pp. 240-41
  2. (Henrichs et Koenen, "Ein griechischer Mani-Codex (P. Colon, inv. nr. 4780; vgl. Tafeln IV-VI),” Zeitschrift für Papyrologie und Epigraphik, (1970:97-216) pp 110-14, noted in Encyclopædia Iranica

Ligações externas[editar | editar código-fonte]