Ágar Sabouraud

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Vista do verso de uma placa de ágar Sabouraud com colônia de Trichophyton rubrum var. rodhaini.
Sporothrix schenckii em ágar Sabouraud
Candida albicans em ágar Sabouraud
Trichophyton terrestre em ágar Sabouraud

O ágar Sabouraud é um tipo de  ágar que contém peptonas.[1] Ele é utilizado para cultivo de dermatophytes e outros tipos de fungo, podendo ser usado também para bactérias filamentosas como Nocardia.[2][3][4]

Ele foi criado por Raymond Sabouraud em 1892. Mais tarde, Chester W. Emmons modificou a fórmula, ajustando o  pH para uma concentração mais neutra e abaixando a concentração de dextrose para permitir o crescimento de mais fungos.[5] O pH de 5.6 pH do ágar Sabouraud na formulação original inibe crescimento bacteriano.

Composição típica[editar | editar código-fonte]

O ágar Sabouraud típico contém:[6]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Omnipresence of Microorganisms in the Environment». Consultado em 24 de outubro de 2008. Arquivado do original em 6 de outubro de 2008 
  2. Sandven P, Lassen J (novembro de 1999). «Importance of selective media for recovery of yeasts from clinical specimens». Journal of clinical microbiology. 37 (11): 3731–2. PMC 85742Acessível livremente. PMID 10523586 
  3. Guinea J, Peláez T, Alcalá L, Bouza E (dezembro de 2005). «Evaluation of Czapeck agar and Sabouraud dextrose agar for the culture of airborne Aspergillus conidia». Diagnostic microbiology and infectious disease. 53 (4): 333–4. PMID 16263232. doi:10.1016/j.diagmicrobio.2005.07.002 
  4. About Modified Sabouraud Agar
  5. «History and Expected Growth» (PDF). Consultado em 4 de abril de 2015. Arquivado do original (PDF) em 19 de fevereiro de 2012 
  6. University of Sydney, Recipes.