Bewitched

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de A Feiticeira)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre uma telessérie. Para o filme com Nicole Kidman, veja Bewitched (filme).
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde dezembro de 2005). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Bewitched
Casei com uma Feiticeira (PT)
A Feiticeira (BR)
Bewitched.jpg
Logotipo da série
Informação geral
Formato Sitcom
Gênero Comédia
Duração 30 minutos
Criador(es) Sol Saks
País de origem  Estados Unidos
Idioma original inglês
Produção
Produtor(es) Danny Arnold's Entertainment, Inc. and An Ashmont Production
Produtor(es) associado(s) Screen Gems
(Sony Pictures Television)
Elenco Elizabeth Montgomery
Dick York
Dick Sargent
Agnes Moorehead
David White
Erin Murphy
Exibição
Emissora de televisão original Estados Unidos ABC
Portugal RTP
Brasil TV Paulista, Rede Excelsior, Rede Globo, Rede Bandeirantes, Rede Record, Rede 21, Rede Brasil de Televisão, Nickelodeon, TCM, Warner Channel, Canal Viva
Formato de exibição 35 mm
Cor (Todas as temporadas)
Transmissão original 17 de setembro de 19641 de julho de 1972
N.º de temporadas 8
N.º de episódios 254

Bewitched (A Feiticeira BRA ou Casei com uma Feiticeira POR) é uma série de televisão americana transmitida de 1964 a 1972 pela rede de televisão norte-americana ABC. Sucesso internacional em dezenas de países onde foi exibido, foi criada por Sol Saks e estrelada por Elizabeth Montgomery, Agnes Moorehead, Dick York (1964–1969) e Dick Sargent (1970-1972).

O enredo da série é sobre uma feiticeira que se casa com um homem mortal comum e promete levar a vida de uma típica dona de casa suburbana americana. Com grande popularidade nos Estados Unidos, a série se tornou a segunda atração mais vista no país em seu ano de estreia e a mais longa série televisiva com temática sobrenatural durante os anos 60 e 70. Ao longo de seus 8 anos de duração, a série foi indicada aos prêmios mais respeitados da TV. Entre eles 4 Globos de Ouro e 22 Prêmios Emmy. Sendo que o momento mais memorável foi quando a atriz Marion Lorne ganhou o prêmio de melhor atriz coadjuvante em comédia pela performance de Tia Clara. Lorne faleceu 10 dias antes da cerimônia e Elizabeth Montgomery recebeu o prêmio em nome da atriz. A Feiticeira continua a ser exibido em todo mundo através de reprises e distribuição da série original.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

"Samantha" e "James" seriam um típico casal americano se não houvesse um detalhe inusitado: Samantha tem o poder de fazer mágica com uma simples torcidinha do nariz. E o marido James, um publicitário atrapalhado, também tem características incomuns, apesar de não ter nenhum poder excepcional. Quando descobre os dons da jovem esposa prefere ignorá-los, sem jamais contar com eles na solução dos seus problemas. Ele segue trabalhando duro, levando bronca do chefe, sem pedir ajuda a sua bruxinha particular. Já Samantha, fiel a sua origem, está sempre tentada a usar todos os seus poderes, para facilitar a vida do casal.

Mas o amor fala mais alto e para não desagradar ao marido a feiticeira vive driblando sua natureza de bruxa. O resultado desse conflito permanente é uma sucessão de situações complicadas, surpreendentes e muito divertidas.

James se irrita com as magias da mulher e principalmente com as interferências de "Endora", que além de sogra é uma terrível bruxa, sempre importunando a vida do casal. Eles tem dois filhos, a esperta bruxinha "Tabatha", que segue os passos da mãe na magia e "Adam", o filho mortal. A vida do casal é compartilhada com outros personagens encantadores, como a "Tia Clara", a esquecida babá das crianças, "Esmeralda", "Gladys Kravitz", a vizinha bisbilhoteira e "Abner", seu marido distraído, "Serena", a prima biruta de Samantha, "Larry Tate", o chefe de poucos escrúpulos de James e "Arthur"; o tio palhaço de Samantha.[1]

Elenco[editar | editar código-fonte]

O trio protagonista em 1964
Elizabeth Montgomery no papel de Serena (1968), a prima amalucada de Samantha
Samantha ao lado do hilário Tio Arthur em 1968, um dos mais famosos personagens da série


Exibições atuais da série no Brasil[editar | editar código-fonte]

Na TV aberta, A Feiticeira é exibida atualmente pela Rede Brasil de Televisão.

Na TV paga, a série foi exibida pelo canal Nickelodeon, no bloco noturno Nick at Nite, mas desde o dia 5 de Abril de 2010, quando o bloco foi reformulado a série não foi mais exibida, sendo retirada do canal como muitas outras séries de sucesso como Agente 86 e a Família Addams. Porém a série Jeannie é um Gênio ainda é exibida diariamente. A Feiticeira foi exibida novamente no canal Nickelodeon na sua maratona de Halloween às 01h30min e às 06h, mas depois nunca mais foi exibida no canal. Desde 2 de julho de 2018, a série está sendo exibida no Canal Viva. De segunda a sexta, ás 09h30 e com reprise ás 03h00 e 07h45.

Referências

  1. «Nicknames». Bewitched @ Harpies Bizarre. Consultado em 25 de maio de 2009. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]