Abono

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Abono é um benefício (normalmente monetário) providenciado a alguma pessoa ou entidade que tenha direitos adquiridos. Seja de uma forma social, comercial ou política.

Na Legislação Trabalhista brasileira, "abono" é o nome que se dava a antecipações salariais, a maioria em função da perda provocada pela alta inflação. Essas antecipações deveriam ser abatidas no futuro, mas acabavam sendo incorporadas nos salários e descontadas nos reajustes que levavam em conta novas perdas inflacionárias.[1]

Devem estar claras no título concessor a expressão: "abono compensável, adiantamento dedutivel ou expressão equivalente", devendo também estar destacada a parcela de adiantamento no respectivo documento de quitação.[carece de fontes?]

Não confundir com abono de férias (abono pecuniário) que não tem natureza jurídica salarial. Este na verdade é a conversão in pecunia, a requerimento do empregado, de 1/3 (10 dias, se for mensalista) de suas férias.

Referências

  1. «informações sobre o abono salarial». empregabrasil. Consultado em 4 de julho de 2020 
Ícone de esboço Este artigo sobre Administração é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.