Administração apostólica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura pelo governante da diocese em sede vacante, veja Administrador apostólico.

Na Igreja Católica uma Administração apostólica "é uma determinada porção do povo de Deus que, por razões especiais e particularmente graves, não é erigida pelo Romano Pontífice como Diocese e cujo cuidado pastoral é confiado a um Administrador apostólico, que a governa em nome do Sumo Pontífice (can. 371 §2 CIC)".[1]

Esse tipo de organização é pouco difundida dentro da Igreja, de maneira que atualmente existem apenas 14 Administrações apostólicas.[1]

Ícone de esboço Este artigo sobre Catolicismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Referências

  1. a b «ADMINISTRAÇÃO APOSTÓLICA PESSOAL "SÃO JOÃO MARIA VIANNEY"». SBC – Sociedade Brasileira de Canonistas. Consultado em 13 de janeiro de 2012.