Adrian Moorhouse

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Adrian Moorhouse
Swimming pictogram.svg Natação Swimming pictogram.svg
Nome completo Adrian David Moorhouse
Estilo 100m e 200m peito e 4x100m medley
Nascimento 24 de maio de 1964 (53 anos)
Bradford, West Yorkshire
Nacionalidade  Reino Unido
 Inglaterra
Compleição Peso: 87 kg Altura: 1,87 m
Medalhas
Jogos Olímpicos
Ouro Seul 1988 100 metros peito
Campeonatos Mundiais
Prata Perth 1991 100 metros peito
Campeonato Europeu
Ouro Roma 1983 200 metros peito
Ouro Sofia 1985 100 metros peito
Ouro Estrasburgo 1987 100 metros peito
Ouro Bonn 1989 100 metros peito
Ouro Bonn 1989 200 metros peito
Prata Roma 1983 100 metros peito
Prata Estrasburgo 1987 4x100 metros medley
Prata Atenas 1991 100 metros peito
Bronze Split 1981 200 metros peito
Bronze Estrasburgo 1987 200 metros peito

Adrian David Moorhouse (Bradford, 24 de maio de 1964) foi um nadador britânico, campeão olímpico dos 100 metros peito nos Jogos de Seul em 1988.[1]

Se tornou o número um da Grã-Bretanha no nado peito em 1981, quando ganhou um bronze nos 200 metros no Campeonato Europeu, na Iugoslávia. No ano seguinte, ganhou seu primeiro ouro depois de vencer os 100 metros nos Jogos da Commonwealth, na Austrália.

Na Olimpíadas de Los Angeles em 1984, Moorhouse era cotado à medalha de ouro nos 100 m peito, mas perdeu-se completamente e acabou em quarto. "Eu estava devastado", disse a época, "depois dos jogos eu convenci-me que eu não tinha talento e que eu nunca iria ganhar de novo. Eu não queria mais nada com a natação ".

Ele comemorou seu retorno, em Abril de 1985, quando quebrou o recorde mundial de piscina curta (25 m) nos 100 m, e ganhou ouro do Campeonato Europeu na Bulgária.

Em 1987, Moorhouse se tornou o primeiro a nadar os 100 metros peito em menos de um minuto, com o tempo de 59,75 s.

Ele alcançou a ambição de uma vida nos Jogos Olímpicos de Seul em 1988, quando, seguindo os passos de David Wilkie e Goodhew Duncan, ganhou o ouro nos 100 m peito.

Se manteve como o número um do mundo até 1991. Mas em 1992, ano em que ele começou a declinar, chegou apenas em oitavo na final olímpica de Barcelona 1992.

Ele se aposentou da natação após os Jogos, e desde então tem desfrutado de uma carreira de sucesso como consultor de gestão de desenvolvimento, aconselhando as empresas sobre a melhor forma de utilizar os recursos do seu pessoal. Hoje, ele raramente nada e seu único contato com o esporte é através de seu trabalho como comentarista da BBC.

Ele foi recordista mundial dos 100 metros peito entre 1989 e 1991.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) nadador(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.