Afonso de Molina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Afonso de Molina (em espanhol: Alfonso de Molina 1203Salamanca, 6 de Janeiro de 1272)[1] foi infante de Castela como filho do rei Afonso IX e Berengária de Castela.

Na documentação aparece como "o infante, irmão do rei", e a primeira vez figura como Afonso de Molina foi em 5 de Agosto de 1252 confirmando um diploma do rei Afonso X como Afonso de Molina.[2] O pai de sua primeira esposa, Gonçalo Peres de Lara, deserdou á seu filho mais velho, Pedro Gonçalves de Lara, chamado "o deserdado", e sua filha Mafalda Gonçalves de Lara, herdou o importante senhorio de Molina, possivelmente por seu casamento com o infante Afonso.[2] . Pórem, Alfonso não aparece como senhor de Molina até 1243, após a morte de Mafalda.[2]

Como militar participou na Reconquista de várias cidades aos árabes, nomeadamente na reconquista de Córdova em 1236, de Múrcia em 1242 e de Sevilha em 1248.

Matrimónios e descendência[editar | editar código-fonte]

Castelo em Molina de Aragón

Casou por três vezes, a primeira com Mafalda Gonçalves de Lara , IV senhora de Molina, filha de Gonçalo Peres de Lara, III senhor de Molina e de Sancha Gomes de Trava,[3] de quem teve:

  • Fernando Afonso de Molina (1242-1250)
  • Branca de Molina (c. 1243-1293), V senhora de Molina e Mesa casou com Afonso Fernandes "o Niño", filho fora de matrimónio do rei Afonso X. Afonso Fernandes foi Adelantado da Fronteira e morreu em 1281.[4]

O segundo casamento foi antes de setembro de 1244 com Teresa Gonçalves de Lara, filha de Gonçalo Nunes de Lara e de Maria Dias de Haro — filha de Diego Lopes II de Haro — de quem teve:[2]

O terceiro casamento foi cerca de 1255 com Maior Afonso de Meneses,[4] [5] VI senhora de Meneses e filha de Afonso, de quem teve:

  • Afonso de Molina, senhor de Meneses (1262-1314), VII senhor de Meneses. Desde 1272, confirma os privilégios reais como "Don Alfonso, filho do Infante D. Afonso de Molina".[2] Casou com Teresa Álvares das Asturias.[5]

Fora do casamento, com Teresa Fernandes de Bragança teve a:

Também teve fora de casamento a:

Referências

  1. Estepa Díez 2006, p. 83.
  2. a b c d e f g h Estepa Díez 2006, p. 82.
  3. Alonso Álvarez 2007, p. 670.
  4. a b Estepa Díez 2006, p. 82-83.
  5. a b Sotto Mayor Pizarro 1987, p. 255.
  6. Casaus Ballester 2006, p. 3 de Pdf.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]