Aga de Quis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Aga.
Aga
Rei de Quis
Arte de linha de Aga na Estela de Usungal.
Reinado 625 anos
Antecessor(a) Enmebaragesi
Sucessor(a) Gilgamés (?)
Pai Enmebaragesi

Aga ou Agga foi um rei de Quis, antiga cidade suméria localizada no atual Iraque. É referido na Lista de reis da Suméria como último rei da dinastia de Quis no terceiro milênio a.C.. Também, segundo a lista, seu reinado durou o impossível período de 625 anos. Na Lista e na chamada Inscrição de Tumal, Aga é mencionado como filho de Enmebaragesi, um rei cuja existência é confirmada por inscrições arqueológicas, de forma que é possivel que Aga tenha sido um personagem real.[1]

Reinado[editar | editar código-fonte]

Aga retratado na Estela de Usungal, sendo considerado o oficial de uquim de Uma.

De acordo com o poema Gilgamés e Aga, Aga manda cartas de ameaça de ataque contra o rei Gilgamés de Uruque. Este, porém, conversou com os anciãos de seu povo dizendo que não iria se submeter à casa de Quis, mas eles recusaram a partir pra guerra. Ele depois conduz os jovens da cidade ir para a batalha, que o aceitou, capturando Aga e, em seguida, numa manifestação de generosidade, o solta e o leva para sua terra natal.[2]

Aga novamente trava uma batalha com Gilgamés e, desta vez, o rei de Uruque derrota-o de novo e termina a primeira dinastia de Quis.[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «The Electronic Text Corpus of Sumerian Literature». etcsl.orinst.ox.ac.uk. Consultado em 25 de outubro de 2020 
  2. Kriwaczek, Paul (1 de fevereiro de 2018). Babilônia: A Mesopotâmia e o nascimento da civilização. [S.l.]: Zahar 
  3. «Gilgamesh and Akka». Context of Scripture Online. Consultado em 25 de outubro de 2020 
Ícone de esboço Este artigo sobre história ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.