Agnes Street-Klindworth

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Agnes Street-Klindworth
Nascimento 1825
Morte 1906 (81 anos)

Agnes Street-Klindworth, nascida Denis-Street,[1] foi a filha "legítima" do jornalista, ator e diplomata Georg Klindworth (1798-1882) e da atriz dinamarquesa Brigitta Bartels (1786-1864).[2] Nascida em 19 de outubro de 1825 em Bremen, Alemanha,[3] Agnes chegou em Weimar em 1853 como uma das alunas de harmonia de Peter Cornelius.[2] Pouco depois, ela começou a ter aulas de piano com Franz Liszt, com quem fez amizade e manteve uma vasta correspondência entre a primavera de 1855 e 1861, quando ele finalmente se modou para Roma.[4]

Prima do compositor Karl Klindworth, Agnes deu à luz seu primeiro filho, Ernst August Georg, conhecido como George Street, em 21 de janeiro 1854. Seu segundo filho, Charles, com o então marido Capitão Ernst Denis-Street, nasceu em 18 de julho de 1855.[3] Sua terceira criança foi batizada com o nome de Fernande (16 dezembro de 1856 — 23 de agosto de 1857), filha do compositor e ativista revolucionário Ferdinand Lassalle. Henri, seu quarto e ilegítimo filho, foi provavelmente criado como adotivo por outra família ou morreu cedo como sua irmã.[3]

Agnes mudou-se para Paris com Georg e seus outros dois filhos em fevereiro de 1868. Ela morreu nos arredores da cidade em 25 de dezembro de 1906.[3]

Referências

  1. Andrew Gray, Mary Whittall (1983). My Life. [S.l.]: Cambridge University Press. 782 páginas. ISBN 0521229294 
  2. a b Pocknell, Pauline (1996). Franz Liszt and Agnes Street-Klindworth: A Correspondence, 1854-1886. [S.l.]: Budapest (u.a.)  OCLC 610164853
  3. a b c d Walker, Alan (1986). Liszt and Agnes Street-Klindworth: A Spy in the Court of Weimar ?. [S.l.]: Akadémiai Kiadó. 1 páginas  OCLC 180654184
  4. Walker, Alan (1993). Franz Liszt: The Weimar Years, 1848-61, Volume 2. [S.l.]: Cornell University Press. pp. 221–224. ISBN 0801497213 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.