Alberta Vaughn

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Alberta Vaughn
Alberta Vaughn na Stars of the Photoplay (1924)
Outros nomes Alberta Vaughan
Nascimento 27 de junho de 1904
Ashland, Kentucky, EUA
Nacionalidade Estados Unidos Estadunidense
Morte 26 de abril de 1992 (87 anos)
Studio City, Los Angeles, Califórnia, EUA
Ocupação Atriz
Atividade 1921–1935
Cônjuge Joseph Egil (1934-?)
John R. Thompson (1948-?)
IMDb: (inglês)
Cena com Alberta Vaughn em “Randy Rides Alone (1934)

Alberta Vaughn (27 de junho de 1904 –26 de abril de 1992) foi uma atriz de cinema estadunidense que iniciou sua carreira na era do cinema mudo, alcançou a era sonora, e atuou em 130 filmes. [1] É irmã da também atriz Ada Mae Vaughn.

Albert Vaughan entre as “Wampas Baby Stars” de 1924

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascida em Ashland, Kentucky, Vaughn foi escolhida como uma das WAMPAS Baby Stars de 1924, ao lado de atrizes como Clara Bow e Dorothy Mackaill.[2][3][4] The WAMPAS Baby Stars foi uma campanha promocional, patrocinada pela United States Western Association of Motion Picture Advertisers, uma associação de anunciantes de cinema, que homenageava treze (quatorze em 1932) jovens mulheres a cada ano, as quais eles acreditavam estarem no limiar do estrelato cinematográfico. Elas foram selecionadas a partir de 1922, até 1934, e eram premiadas anualmente e homenageadas em uma festa chamada WAMPAS Frolic.

Cartaz da comédia “The Telephone Girl”

Em 1926, Vaughn se envolveu com o ator e galã Grant Withers. Depois de anunciar seu noivado em outubro de 1929, Vaughn viajou para Nova York para filmar algumas sequências para um filme. Withers rompeu o noivado depois que descobriu que Vaughn saíra com amigos para discotecas em Nova York. O casamento foi cancelado, Vaughn voltou para Hollywood como a noiva do famoso advogado (mais tarde agente e produtor), Charles K. Feldman.

Em 8 de abril de 1934, Vaughn noivou com o assistente de direção Joseph Egil, da Paramount Pictures. Eles se casaram em Yuma, Arizona. Casou pela segunda vez em 1948, desta vez com John R. Thompson.

Em março de 1949, Vaughn foi presa por uma violação de intoxicação em Pasadena, e escolheu o encarceramento em vez de pagar $25. Seu mandato de prisão foi de 12 dias e meio. Uma acusação anterior por bebida, então pendente, teria adicionado mais quatro meses em sua sentença. Vaughn foi presa após uma discussão com seu marido, John R. Thompson. Sua liberação foi após cumprir oito meses de uma sentença de um ano na instância anterior.

Vaughn morreu em Studio City, Califórnia em 1992, aos 87 anos, [5] e foi sepultada no Valhalla Memorial Park Cemetery.[6]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Alberta Vaughn foi, inicialmente, uma das banhistas de Mack Sennett.[5] Sua carreira no cinema começou em 1921, tendo continuidade até 1935. Atou ao lado de atores como Al Cook, em comédias, e em 1934 atuou em Randy Rides Alone, ao lado de John Wayne. Em 1932, ela participou do elenco de Intermission, uma peça de Irving Kaye Davis que estreou em setembro daquele ano. A produção abriu em São Francisco, Califórnia, e foi estrelada também por Madge Bellamy e Judith Voselli. Vaughn atuou pela última vez em 1935, no filme The Live Wire ao lado de Richard Talmadge.

Filmografia parcial[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Notas
1921 Stop Kidding
1922 Women First Creditada como Alberta Vaughan
1923 A Friendly Husband Tootsie
Down to the Sea in Shoes
1924 Picking Peaches Esposa
Fire When Ready Peggy Davis
1925 The Pacemakers Soda Jerk
The Sleuth Esposa
1926 Collegiate Patricia Steele
The Adorable Deceiver Princesa Sylvia
1927 Ain't Love Funny? Helen Brice
The Romantic Age Sally
The Drop Kick Molly
1928 Skyscraper Jane
Forbidden Hours Nina
1929 Molly and Me Peggy
Points West Dorothy
1930 The Setting Son
Eventually, But Not Now
1931 The Spell of the Circus Marie Wallace
Working Girls Violet
1932 Love in High Gear Betty
Midnight Morals Katy Dolan
1933 Alimony Madness Mary
Dance Hall Hostess Myra
1934 Randy Rides Alone Sally Rogers
1935 The Laramie Kid Peggy Bland
The Live Wire Madge King

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Michael G. Ankerich (2010). Dangerous Curves atop Hollywood Heels: The Lives, Careers, and Misfortunes of 14 Hard-Luck Girls of the Silent Screen. [S.l.]: BearManor. ISBN 1-59393-605-2 

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

  • Fresno Bee, Thursday, 24 de junho de 1948, Pag 14.
  • Nebraska Night Journal, 14 de Janeiro de 1929, Pag 1.
  • New York Times, "Al Cook, Film Comedian, Dies", 7 de julho de 1935, Pag 22.
  • New York Times, "Theatrical Notes", 17 de setembro de 1932, Pag 18.
  • New York Times, "Alberta Vaughn Wed", 9 de abril de 1934, Pag 20.
  • Oakland Tribune, Thursday Evening, 16 de setembro de 1926, Section B, Pag 17.
  • Oakland Tribune, Wednesday Evening, 12 de outubro de 1927, Pag 1.
  • St. Joseph Herald-Press, Thursday, "Former Silent Film Star Alberta Vaughn Is Jailed On Intoxication Charge", 3 de março de 1949, Pag 3.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Alberta Vaughn
  1. Alberta Vaughn no IMDB
  2. Liebman, Roy (2000). The Wampas Baby Stars: A Biographical Dictionary, 1922-1934. [S.l.]: McFarland. 85 páginas. ISBN 0-7864-0756-5 
  3. Wampas Baby Stars no Immortal Ephemera
  4. Wampas Baby Star no Silent Hollywood
  5. a b LATimes, 30 de abril de 1992
  6. Alberta Vaugh no Find a Grave