Aleixo Tzâmplaco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Aleixo Tzamplácon)
Ir para: navegação, pesquisa
Aleixo Tzâmplaco
Nacionalidade Império Bizantino
Ocupação general e governador
Religião ortodoxia oriental

Aleixo Tzâmplaco (em latim: Ἀλέξιος Τζαμπλάκων; transl.: Aléxios Tzamplákon; fl. 1317–1332) foi um aristocrata e alto oficial bizantino.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Os Tzâmplacos foram uma importante e rica família aristocrática atestada desde meados do século XIII, quando um de seus membros alcançou a alto posto militar de doméstico das escolas. Aleixo foi o filho deste homem. Aleixo é atestado pela primeira vez em 1317, em serviço ao imperador Andrônico II Paleólogo (r. 1282–1328). É então mencionado em 1326, quando manteve a dignidade de grande tzáusio e o posto de governador (céfalo) da cidade de Serres e da região de Popólia, ao sul do monte Pangeu, na Macedônia. Na guerra civil entre Andrônico II e seu neto Andrônico III (r. 1328–1341), Tzâmplaco inicialmente apoio o Andrônico mais velho, mas em 1327 mudou de lado, e foi recompensado com a promoção para grande papia e o governo de Zichne.[1][2][3]

Em julho de 1331/1332, Tzâmplaco comandou a ala esquerda do exército bizantino na derrota em Rusocastro contra os búlgaros. Em novembro de 1332, em seu último ato como grande papia, ele co-assinou uma tratado com Veneza. Logo depois, e já tendo adotado o nome monástico Antônio, ele retirou-se para um mosteiro onde viveu seus dias. A data de sua morte é desconhecida, mas foi provavelmente após 1334.[1][2][3]

Família[editar | editar código-fonte]

Aleixo Tzâmplaco teve quatro filhos conhecidos, três filhos e uma filha:[1][2][3]

Referências

  1. a b c Kazhdan 1991, p. 2135.
  2. a b c Trapp 1991, p. 27748.
  3. a b c Guilland 1967, p. 254–255.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Guilland, Rodolphe (1967). Recherches sur les Institutions Byzantines, Tomes I–II. Berlim: Akademie-Verlag 
  • Kazhdan, Alexander Petrovich (1991). The Oxford Dictionary of Byzantium. Nova Iorque e Oxford: Oxford University Press. ISBN 0-19-504652-8 
  • Trapp, Erich; Hans-Veit Beyer; Sokrates Kaplaneres; Ioannis Leontiadis (1991). «27748. Τζαμπλάκων Ἀλέξιος». Prosopographisches Lexikon der Palaiologenzeit. Viena: Verlag der Österreichischen Akademie der Wissenschaften