Alfabeto espanhol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O alfabeto espanhol é derivado do latino e possui 27 letras. A seguir, veja o nome e o som de cada uma delas.

Símbolo - maiúsculo/minúsculo nome AFI
A/a a /a/
B/b be/be larga /b/, /β/
C/c ce /k/, /s/, /θ/
Ch/ch che /tʃ/
D/d de /d/, /ð/
E/e e /e/
F/f efe /f/
G/g ge /ʁ/, /ɡ/
H/h hache
I/i i /i/
J/j jota /ʁ/
K/k ka /k/
L/l ele /l/, /u̯/
Ll/ll elle /ʎ/, /dʒ/
M/m eme /m/
N/n ene /n/
Ñ/ñ eñe /ɲ/
O/o o /o/
P/p pe /p/
Q/q cu /k/
R/r ere /ř/, /ɾ/
Rr/rr erre /ř/
S/s ese /s/
T/t te /t/
U/u u /u/
V/v uve/ve corta /b/, /β/
W/w uve doble /u/, /b/, /β/
X/x equis /ks/
Y/y I griega /i/, /dʒ/
Z/z zeta /θ/, /s/

Ch, ll e rr são dígrafos. As letras g (antes de e ou i) e j podem apresentar variação na pronúncia dependendo da região, mas sempre parecidas com o h do inglês. As letras z e c (antes de e ou i) também podem ter outros sons: além do som parecido com o do th (inglês) (θ) podem ter o de s. O fonema /v/ e /z/ não são pronunciados no espanhol. As letras w e k são mais comuns em palavras de língua estrangeira.[1]

Referências