André Verdan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde maio de 2015). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

André Verdan (1933-2000) formou-se em Artes pela Universidade de Lausanne. Helenista, latinista e filósofo, ensinou filosofia e línguas antigas no Ginásio Oriente Vaud. Ele dedicou um estudo para "o ceticismo filosófico" e, em linha com este pensamento, publicou um ensaio intitulado "A virtude de ceticismo, o pensamento crítico na fé." Ele questiona, em especial, sobre os relatórios da filosofia com a investigação científica e a reflexão teológica. André Verdan morreu em 07 de setembro de 2000.


Ícone de esboço Este artigo sobre filosofia/um(a) filósofo(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Obras[editar | editar código-fonte]

  • Le Scepticisme Philosophique. Par André Verdan. Collection « Pour connaître la pensée ». Paris-Montréal, Bordas, 1971. 146 pages.
  • VERDAN, André. Karl Popper ou La connaissance sans certitude, Lausanne (Suisse), PPUR (Presses polytechniques et universitaires romandes), 1991, 144 p.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Pharos, Journal de l’Association Antiquité Vivante, N. 8. Outubro de 2000, p. 19.