Aroeira-salso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaPimenteira-bastarda, Schinus molle
Schinus Molle.jpg
Classificação científica
Domínio: Eukaryota
Reino: Plantae
Divisão: Anthophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Sapindales
Família: Anacardiaceae
Género: Schinus
Espécie: S. molle
Nome binomial
Schinus molle
L., 1753[1]

Schinus molle, conhecida pelos nomes populares de aroeira-salso, aroeira-mole, aroeira-periquita, aroeira-mansa, ou pimenteira-bastarda[2][3] é uma planta perene que cresce até aos 15 metros. É nativa do sul do Brasil, do Uruguai, e do nordeste da Argentina. Uma espécie similar, Schinus areira, se distribui pelo Peru, Bolívia, norte do Chile e noroeste da Argentina, sendo previamente classificada como uma variedade de S. molle.

Possui diversos usos tradicionais, de forma semelhante à aroeira-vermelha, sendo usada como condimento, fitoterápico, e no preparo de bebidas. É uma espécie bastante cultivada de forma ornamental, tendo sido introduzida em vários países, porém possui alto potencial invasivo.[2]

Referências

  1. Germplasm Resources Information Network (GRIN), Taxon: Schinus molle L., United States Department of Agriculture, Agricultural Research Service, Beltsville Area 
  2. a b Kinupp, Valdely Ferreira (2007). «Plantas alimentícias não-convencionais da região metropolitana de Porto Alegre, RS» 
  3. Psila da pimenteira-bastarda (Shinnus molle)


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons
Wikispecies Diretório no Wikispecies
Ícone de esboço Este artigo sobre Botânica é um esboço relacionado ao Projeto Plantas. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.