Batalha de Trenton

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade(desde novembro de 2017). Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Batalha de Trenton
Guerra da Independência dos Estados Unidos
Battle of Trenton by Charles McBarron.jpg
A batalha de Trenton, por H. Charles McBarron Jr., 1975.
Data 26 de dezembro de 1776
Local Trenton, Nova Jérsei
Desfecho Vitória decisiva dos Estados Unidos[1]
Beligerantes
Us flag large Betsy Ross.png Estados Unidos  Grã-Bretanha
Hesse Hesse-Cassel
Comandantes
Estados Unidos George Washington
Estados Unidos Nathanael Greene
Hesse Johann Rall
Forças
2 400 combatentes
18 canhões[2]
1 500 combatentes
6 canhões[2]
Baixas
2 mortos (durante a marcha)
5 feridos[3]
22 mortos
83 feridos
896 capturados[4]

A Batalha de Trenton aconteceu em 26 de dezembro de 1776, durante a Guerra da Independência dos Estados Unidos, depois que o General George Washington cruzou o rio Delaware com suas tropas ao norte de Trenton, Nova Jérsei. A dificil travessia sob um clima ameno permitiu que Washington liderasse um grande ataque surpresa com o Exército Continental contra os soldados de Hesse em Trenton. Após a curta batalha, quase todo o exército hessiano foi capturado, com perdas insignificantes para os americanos. Essa batalha aumentou consideravelmente o moral dos soldados do Exército Continental norte-americano e atraiu mais recrutas e adeptos para a causa.[5][6]

O Exército Continental já tinha sofrido várias derrotas em Nova Iorque e tinha sido forçado a recuar através de Nova Jérsia para a Pensilvânia. A moral no exército era baixa; para encerrar o ano com uma nota positiva, George Washington - Comandante-em-Chefe do Exército Continental - engendrou um plano para atravessar o Rio Delaware na noite de 25 a 26 de Dezembro e cercar a guarnição dos Hessianos.

Como o rio estava gelado e o clima era severo, a travessia mostrou-se perigosa. Dois destacamentos não conseguiram atravessar o rio, deixando Washington com apenas 2.400 homens sob seu comando para o assalto, 3.000 menos do que o planeado. O exército marchou durante 9 milhas (14,5 km) a sul de Trenton. Os hessianos tinham baixado a guarda, pensando que estavam a salvo do exército americano e não possuíam postos avançados ou patrulhas de longa distância. As forças de Washington apanharam-nos de surpresa e, após uma resistência curta mas feroz, a maioria dos Hessianos rendeu-se. Quase dois terços da guarnição de 1.500 homens foram capturados, e apenas algumas tropas escaparam através de Assunpink Creek.

Apesar dos pequenos números da batalha, a vitória americana inspirou rebeldes nas colónias. Com o sucesso da revolução em dúvida uma semana antes, o exército parecia estar à beira do colapso. A vitória dramática inspirou soldados a servir mais tempo e atraiu novos recrutas para as fileiras.

Referências

  1. Fischer p.254
  2. a b Fischer p.404
  3. Fischer p.406
  4. Fischer p.254.
  5. Brooks, Victor (1999). How America Fought Its Wars. New York: De Capo Press. ISBN 1-58097-002-8 
  6. Elson, William Henry (1908). History of the United States of America. [S.l.]: Macmillan 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre batalhas (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.