Beautiful Creatures (livro)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Beautiful Creatures
Criaturas Maravilhosas (PT)
Desesseis luas (BR)
Autor(es) Kami Garcia e Margaret Stohl
Idioma Língua portuguesa
País  Estados Unidos
Género Literatura estrangeira, ficção de terror e suspense
Série The Beautiful Creature
Editora Editora Galeras
Formato brochura
Lançamento 2010 (edição em inglês 2012)
ISBN 9788501086914
Edição portuguesa
Tradução Ana Beatriz Manso
Editora ASA
Lançamento 2013
Páginas 472
ISBN 978-989-557-757-6
Edição brasileira
Tradução Regiane Winarski
Editora Galera Record
Lançamento 2011
Páginas 488
ISBN 9788501086914
Cronologia
Dezessete Luas (Beautiful Darkness)

Beautiful Creatures, também conhecido no Brasil como Dezesseis Luas ou Criaturas Maravilhosas em Portugal, é um livro do gênero romance e fantasia escrito pelas duas autoras americanas Kami Garcia e Margaret Stohl.[1] O livro é o primeiro da série - de mesmo nome - Beautiful Creatures. A história baseia-se em um romance entre um ser humano comum e uma Conjuradora, na pacata cidadezinha fictícia de Gatlin.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Esta página não contém spoilers diretos ao enredo. As referências aos Conjuradores são necessárias, mesmo não sendo as referências iniciais no livro, para o entendimento geral da história do Livro. Esta página foi feita com base no próprio livro, na tradução brasileira.

Ethan Lawson Wate é um cidadão da pacata cidadezinha de Gatlin. Passou sua vida toda, assim como toda a família Wate, na mesma cidade e anseia pela chance de entrar em uma faculdade bem longe de lá e conhecer o mundo. O livro inicia-se no primeiro dia de aula, no qual Ethan introduz o leitor ao universo da pequena cidade: cheia de preconceitos, igrejas, livros proibidos, e também é mencionado o senhor Macon Ravenwood - o recluso da cidade.
Porém tudo muda quando a sobrinha de Macon Ravenwood resolve aparecer na Escola. Mística, diferente, e acima de tudo bonita, Lena Duchannes consegue fazer com que Ethan interesse-se nela de uma forma que não sabia que era capaz de sentir. Porém, Ethan está dividido: Aparentemente toda a cidade tem sentimentos de ódio e raiva pela família Ravenwood - e tornam Lena seu novo alvo. Ethan ainda não está decidido se deve mudar completamente a vida construída para ele ou se deve se aventurar pela misteriosa Lena Duchannes.

Os Conjuradores[editar | editar código-fonte]

A personagem Lena brinca dizendo que a palavra bruxa é um estereótipo para os conjuradores. Há diversas variações para os conjuradores, e diversos dons para cada uma dessas variações. Além dos conjuradores, são mencionados os Incubus, que são como vampiros: sugam o sangue das pessoas para manterem-se fortes e com energia. Os conjuradores são divididos entre Conjuradores da Luz, que praticam a magia boa e prezam pelo bem e harmonia entre conjuradores e seres humanos, e os Conjuradores das Trevas que são os maldosos e criam problemas na Ordem das coisas. Os conjuradores, ao completarem dezesseis anos, são Invocados e tornam-se, permanentemente, parte de um desses grupos.

Referências

  1. Livro Dezesseis Luas; Editora Record;Autoras: STOHL, Margaret. GARCIA, Kami.