Big Gemini

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Uma das configurações da Big Gemini.

Big Gemini (também conhecido como Big G) foi proposta feita pela McDonnell Douglas para a USAF e a NASA em 1967 para a construção de uma nave espacial tripulada para prestar serviço a estações espaciais militares e civis,[1] como o Manned Orbital Laboratory (MOL), uma estação espacial militar tripulada proposta pela Força Aérea dos Estados Unidos (USAF) que foi cancelada posteriormente.

Cancelamento[editar | editar código-fonte]

A nave nunca chegou a ser desenvolvida devido ao programa de estações espaciais da NASA e USAF foi severamente restringido. O MOL seria cancelado no final dos anos 1960, e o programa da estação da NASA (a Skylab) limitou-se a utilização de partes excedentes do Programa Apollo e não continuou após a perda da Skylab e o início do programa de ônibus espacial.[1]

Especificações[editar | editar código-fonte]

  • Tripulação: 9 a 12
  • Comprimento: 11,5 m
  • Diâmetro máximo: 4,27 m
  • Volume habitável: 18,7 m3
  • Massa: 15.590 kg
  • Carga: 2500 kg

Veja também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Big Gemini» (em inglês). Encyclopedia Astronautica. Consultado em 08 de novembro de 2014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]