Blade (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para o personagem, veja Blade (Marvel Comics).
Blade
Blade (PRT)
Blade, O Caçador de Vampiros (BRA)
Cartaz promocional
 Estados Unidos
1998 •  cor •  120 min 
Direção Stephen Norrington
Produção Peter Frankfurt
Wesley Snipes
Robert Engelman
Roteiro David S. Goyer
Baseado em Blade de Marv Wolfman e Gene Colan
Elenco Wesley Snipes
Stephen Dorff
Kris Kristofferson
Género ação
horror
Música Mark Isham
Direção de fotografia Theo Van De Sande
Direção de arte Barry Chusid
Figurino Sanja Milkovic Hays
Edição Paul Rubell
Companhia(s) produtora(s) Marvel Entertainment
Amen Ra Film
Imaginary Forces
Distribuição New Line Cinema
Lançamento Estados Unidos 21 de agosto de 1998
Brasil 30 de outubro de 1998
Idioma inglês
Orçamento US$ 45 milhões
Receita US$ 131.183.530
Cronologia
Blade 2 (2002)
Página no IMDb (em inglês)

Blade é um filme estadunidense de 1998 baseado nas histórias em quadrinhos de um personagem da Marvel criado por Marv Wolfman e Gene Colan. Estrelando Wesley Snipes como Blade e Kris Kristofferson como Abraham Whistler, ele foi dirigido por Stephen Norrington com roteiro de David S. Goyer.

Esse filme gerou três sequências: Blade II lançado em 2002 e Blade: Trinity, lançado em dezembro de 2004 e a série de televisão Blade: The Series de 2006, cujo episódio piloto se intitula Blade: A Nova Geração.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Em 1967 uma mulher grávida é tratada em um hospital depois de ser mordida por um vampiro, mas os médicos pensam que a ferida é uma mordida de um animal. Eles tentam reanimá-la, mas ela morreu depois de dar a luz seu bebê. A criança herda força, sede de sangue e os sentidos aprimorados dos vampiros, mas não sofre de seus pontos fracos. Ele cresce e se torna Blade, o caçador de vampiros.

Vários anos mais tarde, Blade localiza um clube rave de vampiros e mata a maioria dos presentes, incluindo o vampiro Quinn, quem queima. Quando a polícia e os bombeiros chegam, Blade escapa e a polícia toma o corpo de Quinn e o leva para o necrotério. Quando a Dra. Karen Jenson realiza uma autópsia com um colega de trabalho, Quinn retorna à vida e ataca. Blade resgata Jenson de Quinn e foge com ela, enquanto Quinn escapa. Lá, Blade e seu mentor e técnico de armas Abraham Whistler tentam impedir Jenson de se tornar vampira.

Ataques de Blade, são discutidos pelo Conselho das Sombras na Casa de Erebus, um dos clãs de vampiros. Seu chefe, Dragonetti repreende um jovem vampiro, Deacon Frost argumentando que os vampiros devem permanecer nas sombras e coexistir secretamente (e depois comer) com os seres humanos. Frost, em qualquer caso, acredita que os vampiros devem dominar abertamente os humanos. Os outros hierarcas, todos vampiros nascidos sangue puro, olham com desdém para Frost, que nasceu humano e mais tarde se tornou um vampiro. Frost e Dragonetti tem outro confronto na biblioteca dos vampiros quando Frost está tentando traduzir o Livro antigo de Erebus, a Bíblia dos vampiros.

Apesar do aviso de Blade, Karen retorna ao seu apartamento, onde ela é agredida pelo policial Krieger, que revela que ele é um servo humano dos vampiros e pertence à Frost. Blade a salva e ambos seguem Krieger a um dos clube de Frost, onde Blade e Karen usam uma lâmpada UV para torturar uma vampira extremamente obesa chamada Pearl, para obter informações sobre os planos de Frost sobre algo chamado La Magra, deus sangue de vampiro. Depois de terem as adquirido a partir de Pearl, eles vão para a biblioteca, onde eles são emboscados pelos guardas de Frost, liderados por Quinn. Graças a Blade carregar um transmissor de rádio na orelha e está sempre em contato com Whistler, isso o salva. Depois de conhecer a origem de Blade e o soro utilizado para saciar sua sede de sangue, Karen começou a trabalhar em uma cura para o vampirismo, usando o que foi investigado por Whistler.

Enquanto isso, Frost mata Dragonetti expondo ao sol do amanhecer. Também oferece a Blade um trato de não-agressão, mas Blade não aceita, uma vez que seu objetivo é eliminar Frost e os outros vampiros. Então Frost sequestra Karen e ataca a base de Blade, atacando Whistler. Deixa-lhe um vídeo sobre o corpo de Whistler, onde ele pediu para entrar em contato com a sua guarda, como Frost descobriu que precisava do sangue de Blade para convocar La Magra. Whistler, que tinha morrido, foi mordido por Frost e para impedi-lo de se tornar um vampiro, Blade deixa sua arma, com a qual Whistler se mata.

Para vingar Whistler e resgatar Karen, Blade se arma com dardos recheados de EDTA, um anticoagulante que volatiliza o sangue. Uma vez inserido na base de Frost, Blade encontra sua mãe e descobre que não morrera, mas foi o mesmo Frost, que mordeu e a acolheu como sua amante. Enquanto lhe conta isso, os guardas de Frost o paralisam com pistolas teaser e o deixam inconsciente.

Frost vai para o Templo da Noite Eterna, onde pretende levantar La Magra em um ritual em que deve usar o sangue de "um que tenha visto o sol" e o sacrifício de doze hierarcas sangue puro. Então, todo o poder é concentrado em Frost, e tornar-se La Magra.

Karen, por sua vez, é jogada em uma cova, onde seu ex-namorado, agora é um zumbi. Depois de nocauteá-lo, Karen começa a reviver Blade (como ele perdeu muito sangue), fazendo que esta a morda nas marcas no qual Quinn havia deixado quando ele a mordeu. Depois de recuperar a sua força, Blade elimina sua mãe e começa a matar todos os capangas de Frost, incluindo Quinn, que decapita (recuperando seus óculos escuros roubados por Quinn). Em seguida, se engaja na batalha com um Frost transformado. Blade é incapaz de matar Frost com armas convencionais, mas localiza o EDTA. Frost acha que é o soro que Blade precisa para saciar a sua sede de sangue. Blade joga todas as seringas de EDTA para Frost, que começa a inflar e acaba explodindo. Karen se ofereceu para curar Blade, mas ele se recusa, preferindo manter seus poderes para continuar um caçador de vampiros.

A cena final tem lugar em Moscou, onde um homem leva uma mulher a um clube. Acima da porta pode se ver símbolos vampíricos. O homem então se torna um vampiro. Antes de morder a mulher, aparece Blade.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Produção[editar | editar código-fonte]

O filme foi gravado em Los Angeles e as cenas internas em Vancouver.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Blade locations» (em inglês). Movie Locatins 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]