Blade (série de filmes)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Blade
Capa do DVD da Trilogia Blade
 Estados Unidos
cor •  350 min 
Direção Stephen Norrington (1)
Guillermo del Toro (2)
David S. Goyer (3)
Roteiro David S. Goyer
Distribuição New Line Cinema
Lançamento 1998-2006
Idioma inglês
Orçamento US$ 164 milhões
Receita US$ 415.098.928

Os filmes de Blade são baseados no personagem homônimo da Marvel Comics. Escritos por David S. Goyer, os três filmes foram dirigidos por Stephen Norrington, Guillermo del Toro e Goyer, respectivamente, e distribuídos pela New Line Cinema.

O personagem foi criado em 1973 para a Marvel pelo escritor Marv Wolfman e artista Gene Colan e foi um personagem secundário da série The Tomb of Dracula. Nos quadrinhos, a mãe de Blade foi mordida por um vampiro enquanto ela estava trabalhando com Blade. Assim, pode-se inferir, Blade nasceu como um dhampir, um humano com genes vampiros.

Filmes[editar | editar código-fonte]

Blade (1998)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Blade (1998)

Blade cresce para se tornar um caçador de vampiros, jurando vingança sobre as criaturas que mataram sua mãe. Ele se junta a um homem chamado Whistler, um caçador de vampiros aposentado e especialista em armas.

Enquanto isso, no submundo urbano, uma feud é iniciada entre vampiros de "sangue puro" e aqueles que foram humanos, mas foram "virados". Blade torna-se ciente disso e investiga mais, descobrindo uma trama para levantar o deus sangue La Magra, algo que ele deve parar a todo custo.

Blade II (2002)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Blade II

Uma mutação rara ocorreu dentro da comunidade de vampiros. "Reapers" são vampiros tão consumidos por uma insaciável sede de sangue que atacam vampiros e seres humanos, transformando vítimas que são azaradas o suficiente para sobreviverem em Reapers. Agora sua população em rápida expansão ameaça a existência de vampiros, e logo não haverá seres humanos suficientes no mundo para satisfazer sua sede de sangue. Blade, Whistler e um especialista em armamentos chamado Scud são curiosamente convocados pelo Conselho da Sombra. O conselho relutantemente admite que eles estão em uma situação terrível e exigem a assistência de Blade. Blade, então, tênuemente entra em uma aliança com The Bloodpack, uma elite equipe de vampiros que foram treinados em todos os modos de combate para derrotar Blade. Eles vão usar suas habilidades em vez de ajudar a acabar com a ameaça Reaper. A equipe de Blade e o Bloodpack são a única linha de defesa que pode impedir a população de Reaper de eliminar as populações de vampiros e humanos.

Blade: Trinity (2004)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Blade: Trinity

Os vampiros conseguem enquadrar Blade para o assassinato de um ser humano (que de fato era um familiar usado como isca). Blade, agora no olho do público e querido pelo FBI, tem que unir forças com o Nightstalkers, um clã humano de caçadores de vampiros. Blade, Hannibal King e Abigail Whistler vão atrás de Danica Talos, que conseguiu localizar e ressuscitar Drake, também conhecido como Dracula, o primeiro vampiro e, de longe, o mais poderoso. A fim de detê-lo, Blade tem que liberar um vírus que vai acabar com todos os vampiros, mas sendo um dhampir, ele deve enfrentar a possibilidade de também morrer nas mãos do vírus.

Futuro[editar | editar código-fonte]

Em agosto de 2012, os direitos cinematográficos de Blade foram revertidos da New Line para a Marvel Studios.[1] Em maio de 2013, The Hollywood Reporter relatou que a Marvel tinha um roteiro em desenvolvimento para Blade.[2] Em outubro de 2016, o presidente da Marvel Studios, Kevin Feige, disse: "Faremos algo com Blade em algum momento. É um otimo personagem. Entre nossos filmes, as séries da Netflix e as séries da ABC, existem muitas oportunidades de introduzi-lo no Universo Cinematográfico Marvel, porém, não existe nada de imediato planejado para ele por enquanto." [3]

Equipe[editar | editar código-fonte]

Filme Data de lançamento Diretor(es) Roteirista(s) Produtor(es)
Blade 21 de agosto de 1998 Stephen Norrington David S. Goyer Peter Frankfurt, Wesley Snipes, Robert Engelman e Andrew J. Horne
Blade II 22 de março de 2002 Guillermo del Toro Peter Frankfurt, Wesley Snipes e Patrick Palmer
Blade: Trinity 08 de dezembro de 2004 David S. Goyer Peter Frankfurt, Wesley Snipes, David S. Goyer e Lynn Harris

Recepção[editar | editar código-fonte]

Crítica[editar | editar código-fonte]

Filme Rotten Tomatoes Metacritic
Blade 56% (104 resenhas)[4] 45 (23 resenhas)[5]
Blade II 57% (151 resenhas)[6] 52 (28 resenhas)[7]
Blade: Trinity 25% (169 resenhas)[8] 38 (30 resenhas)[9]
Blade: The Series 50% (18 resenhas) 49 (15 resenhas)

Série de televisão[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Blade: The Series

O canal de televisão Spike TV estreou, em 28 de junho de 2006, Blade: The Series, criada por Goyer e Geoff Johns e estrelada por Sticky Fingaz como Blade. A série compartilha a continuidade dos filmes e se passa após os eventos de Blade: Trinity. Foi cancelada após 13 episódios.

Referências

  1. Kit, Borys (24 de agosto de 2012). «Fox's Daredevil Rights on Verge of Reverting to Marvel as Ticking Clock Looms (Video)». The Hollywood Reporter (em inglês). Cópia arquivada em 25 de agosto de 2012 
  2. Kit, Borys; Bond, Paul (7 de maio de 2013). «Marvel Cliffhanger: Robert Downey Jr.'s $50 Million Sequel Showdown». The Hollywood Reporter (em inglês). Cópia arquivada em 10 de maio de 2014 
  3. Ellwood, Gregory (11 de outubro de 2016). «Stop Speculating: Marvel Studios President Kevin Feige Says Nothing 'Imminent' On 'Blade'». ThePlayList (em inglês) 
  4. «Blade». Rotten Tomatoes. IGN Entertainment, Inc. Consultado em 4 de dezembro de 2009 
  5. «Blade (1998)». Metacritic. CNET Networks, Inc. Consultado em 4 de dezembro de 2009 
  6. «Blade II». Rotten Tomatoes. IGN Entertainment, Inc. Consultado em 4 de dezembro de 2009 
  7. «Blade II (2002)». Metacritic. CNET Networks, Inc. Consultado em 4 de dezembro de 2009 
  8. «Blade: Trinity». Rotten Tomatoes. IGN Entertainment, Inc. Consultado em 4 de dezembro de 2009 
  9. «Blade: Trinity (2004)». Metacritic. CNET Networks, Inc. Consultado em 4 de dezembro de 2009 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]