Homem de Ferro (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Iron Man
Homem de Ferro (PT/BR)
Pôster promocional.
 Estados Unidos
2008 •  cor •  126[1] min 
Direção Jon Favreau
Produção Avi Arad
Kevin Feige
Roteiro Mark Fergus
Hawk Ostby

Art Marcum
Matt Holloway
Baseado em Homem de Ferro
de Stan Lee
Larry Lieber
Don Heck
Jack Kirby
Elenco Robert Downey Jr.
Terrence Howard
Jeff Bridges
Shaun Toub
Gwyneth Paltrow
Gênero Ação / Aventura
Ficção científica
Música Ramin Djawadi
Cinematografia Matthew Libatique
Edição Dan Lebental
Glen Scantlebury
Companhia(s) produtora(s) Marvel Studios
Fairview Entertainment
Distribuição Paramount Pictures1
Lançamento Estados Unidos 12 de abril de 2008 (Prémiere de Sydney)
Brasil 30 de abril de 2008
Portugal 1 de maio de 2008
Estados Unidos 2 de maio de 2008
Idioma Inglês
Orçamento US$ 140 milhões[2]
Receita US$ 585.174.222[2]
Cronologia
Homem de Ferro 2 (2010)
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Homem de Ferro (no original, Iron Man) é um filme americano de super-herói de 2008 baseado no personagem homônimo da Marvel Comics, produzido pela Marvel Studios e distribuído pela Paramount Pictures.1 É o primeiro filme do Universo Cinematográfico Marvel. O filme foi dirigido por Jon Favreau, com um roteiro escrito por Mark Fergus & Hawk Ostby e Art Marcum & Matt Holloway. É estrelado por Robert Downey Jr., Terrence Howard, Jeff Bridges, Shaun Toub e Gwyneth Paltrow. No filme, Tony Stark, um industrialista e mestre em engenharia, constrói uma armadura superpoderosa e se torna um super-herói tecnologicamente avançado, o Homem de Ferro.

O filme estava em desenvolvimento desde 1990 na Universal Studios, 20th Century Fox e New Line Cinema, em diferentes momentos, antes da Marvel Studios readdquirir os direitos em 2006. Marvel colocou o projeto em produção como seu primeiro filme independente, com a Paramount Pictures como sua distribuidora. Favreau assinou como diretor, visando uma sensação naturalista, e ele escolheu filmar o filme principalmente na Califórnia. As filmagens começaram em março de 2007 e terminaram em junho. Durante as filmagens, os atores estavam livres para improvisarem seus próprios diálogos porque a pré-produção estava focada na história e na ação. Versões da armadura em borracha e metal, criadas pela empresa de Stan Winston, foram misturadas com imagens geradas por computador para criar o personagem-título.

Homem de Ferro estreiou em Sydney em 14 de abril de 2008, e foi lançado nos cinemas em 2 de maio de 2008. O filme foi um sucesso comercial e de crítica, arrecadando mais de US$ 585 milhões e recebendo aclamação da crítica. O desempenho de Downey como Tony Stark foi particularmente elogiado. O American Film Institute selecionou o filme como um dos dez melhores do ano. Também foi nomeado para dois Oscar de Melhor Edição de Som e os Melhores Efeitos Visuais. Duas sequências, Homem de Ferro 2 e Homem de Ferro 3, foram lançadas em 7 de maio de 2010 e 3 de maio de 2013, respectivamente.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Gênio, bilionário e playboy Tony Stark, que herdou do seu pai o empreiteiro de defesa Indústrias Stark, está no Afeganistão dilacerado pela guerra, com seu amigo e Tenente-Coronel James Rhodes, para demonstrar o novo míssil "Jericho". Após a demonstração, o comboio é emboscado e Stark é gravemente ferido por uma de suas próprias granadas lançadas por foguete. Ele é capturado e preso em uma caverna por um grupo terrorista, os Dez Anéis, e um eletroímã é embutido em seu peito por seu companheiro refém Yinsen para manter os fragmentos de uma bomba longe de seu coração. O líder do Dez Anéis, Raza, oferece a Stark liberdade em troca de construir um míssil Jericho para o grupo, mas Tony e Yinsen concordam que Raza não vai manter a sua palavra.

Stark e Yinsen silenciosamente constroem um poderoso gerador elétrico chamado "reator arc" para dar energia ao eletroímã de Stark e um poderoso traje de armadura para ajudar na sua fuga. Embora mantenham o fato escondido quase até a conclusão, os Dez Anéis descobrem as intenções de seus reféns e atacam a oficina. Yinsen se sacrifica para distraí-los enquanto o processo está concluído. O blindado Stark luta para sair da caverna e encontra Yinsen morrendo, então com raiva queima as armas dos Dez Anéis e voa para longe, caindo no deserto e destruindo o traje. Depois de ser resgatado por Rhodes, Stark volta para casa e anuncia que sua empresa não vai mais fabricar armas. Obadiah Stane, antigo sócio de seu pai e gerente da empresa, aconselha Stark que isso pode arruinar as Indústrias Stark e o legado de seu pai. Em sua oficina em casa, Stark constrói uma versão mais elegante, mais poderosa de seu traje de armadura improvisado, assim como um "reator arc" mais poderoso para o seu peito. A assistente pessoal Pepper Potts coloca o reator original dentro de uma pequena vitrine de vidro. Embora Stane solicite detalhes, Stark mantém seu trabalho para si mesmo.

Em um evento de caridade realizado pela Indústrias Stark, a repórter Christine Everhart informa a Stark que as armas de sua empresa, incluindo o Jericho, foram recentemente entregues aos Dez Anéis e estão sendo usadas para atacar a aldeia natal de Yinsen, Gulmira. Stark também descobre que Stane está tentando substituí-lo como chefe da empresa. Enfurecido por essas revelações, Stark coloca sua nova armadura e voa para o Afeganistão, onde salva os aldeões. Ao voar para casa, Stark é baleado por dois aviões de combate F-22 Raptor. Ele revela sua identidade secreta a Rhodes por telefone em uma tentativa de acabar com o ataque. Enquanto isso, os Dez Anéis reúnem as peças do traje protótipo de Stark e se encontram com Stane, que subjuga Raza e tem o resto do grupo morto. Stane tem um enorme novo traje de engenharia reversa projetado dos destroços. Procurando encontrar outras armas entregues aos Dez Anéis, Stark envia Pepper para invadir o sistema de computador da empresa do escritório de Stane. Ela descobre que Stane tem fornecido os terroristas e contratado os Dez Anéis para matar Stark, mas o grupo renegou. Potts se reúne com o agente Phil Coulson da S.H.I.E.L.D., uma agência de combate ao terrorismo, para informá-lo das atividades de Stane.

Os cientistas de Stane não podem duplicar o "reator arc" de Stark, então Stane embosca Stark em sua casa e pega o de seu peito. Stark consegue chegar ao seu reator original para substituir a tomada. Potts e vários agentes da S.H.I.E.L.D. tentam prender Stane, mas ele veste seu traje e os ataca. Stark luta com Stane, mas é dominado sem seu novo reator para executar seu traje em plena capacidade. A luta leva Stark e Stane para o topo do edifício das Indústrias Stark, e Stark instrui Potts para sobrecarregar o grande "reator arc" para prover energia no edifício. Isso solta uma grande onda elétrica que faz com que Stane e sua armadura caiam no explosivo reator, matando-o. No dia seguinte, numa conferência de imprensa, Stark desafia sugestões da S.H.I.E.L.D. e admite publicamente ser o super-herói que a imprensa chamou de "Homem de Ferro".

Stark corre para o resgate mas não consegue derrotar Stane, porque seu reator está sobrecarregado por causa da armadura que ele estava usando. Ele consegue levar Stane ao topo do prédio das Indústrias Stark e instrui Potts para sobrecarregar o grande reator ark que energiza o prédio. Isso libera uma descarga elétrica massiva que deixa Stane inconsciente e o deixa cair no reator que estava explodindo, o matando.

Em uma cena pós-créditos, o diretor da S.H.I.E.L.D. Nick Fury visita a casa de Stark, dizendo-lhe que o Homem de Ferro não é "o único super-herói do mundo", e explicando que ele quer discutir a "Iniciativa Vingadores".

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco e personagens[editar | editar código-fonte]

Downey promovendo o filme na San Diego Comic-Con International 2007.
  • Robert Downey Jr. como Tony Stark / Homem de Ferro: Um industrialista "gênio, bilionário, playboy, filântropo", ele é diretor executivo das Indústrias Stark e um fabricante de armas para os militares dos Estados Unidos. O diretor Jon Favreau sentiu que o passado de Downey fez dele uma escolha apropriada para o papel[3] e que o ator poderia fazer de Stark um "idiota simpático", mas também retratar uma jornada emocional autêntica, uma vez que ele ganhou o público.[4] Favreau também foi atraído por Downey pela sua atuação em Kiss Kiss Bang Bang, com Downey frequentemente conversando com o diretor do filme, Shane Black, sobre o roteiro e os diálogos em Homem de Ferro.[5] Downey tinha um escritório ao lado de Favreau, durante a pré-produção, o que lhe permitiu um maior envolvimento no processo de criação do roteiro,[6] especialmente adicionando humor ao filme.[7] Ele trouxe um profundo senso de humor ao filme que não estava presente nas versões anteriores do roteiro.[8] Para se preparar, Downey passou cinco dias por semana com treino de musculação e praticou artes marciais para entrar em forma,[3] que ele disse que o beneficiou porque "é difícil não ter um colapso da personalidade [...] depois de várias horas nesse processo. Estou chamando todos os momentos terapêuticos que eu consigo imaginar de apenas passar o dia."[9]
  • Terrence Howard como James Rhodes: Um amigo de Stark, e a ligação entre as Indústrias Stark e a Força Aérea dos Estados Unidos no departamento de aquisições, especificamente o desenvolvimento de armas. Favreau escalou Howard porque sentiu que ele poderia interpretar o Máquina de Combate em uma sequência.[10] Howard se preparou para o papel visitando a Nellis Air Force Base em 16 de março de 2007, onde ele observou os helicópteros de resgate HH-60 Pave Falcão e F-22 Raptors.[11] Enquanto Rhodes é chateado nos quadrinhos depois que ele conheceu Stark, seu caráter disciplinador forma uma dinâmica com Stark, e ele não tem certeza se deve ou não aceitar as ações de Stark. "Rhodey é completamente aborrecido com a maneira como Tony viveu sua vida, mas em um certo ponto ele percebe que talvez exista uma maneira diferente", disse Howard. "De quem a vida é o caminho certo, é a vida militar estrita ou a vida de um independente?"[9] Howard e seu pai são fãs do Homem de Ferro, em parte porque Rhodes era um dos poucos super-heróis negros quando ele era criança.[12] Ele era um fã de Downey desde que ele o viu em Weird Science, e eles competiam fisicamente no set.[13]
  • Jeff Bridges como Obadiah Stane: O segundo no comando das Indústrias Stark, eventualmente construindo uma grande armadura para lutar contra Stark. Bridges lia os quadrinhos quando garoto e gostou da abordagem moderna de Favreau. Ele raspou a cabeça, algo que ele queria fazer por algum tempo, e deixou a barba crescer para o papel. Bridges pesquisou o Livro de Obadias, e ficou surpreso ao saber que a retribuição é um tema importante nesse livro da Bíblia, algo que Stane representa.[14] Muitas das cenas de Stane foram cortadas para focar mais em Stark, mas os roteiristas sentiram que o desempenho de Bridges permitiu a aplicação de "menos é mais".[15]
  • Shaun Toub como Yinsen: O companheiro de cativeiro de Stark, que enxerta um eletroímã no peito de Stark "para impedir os estilhaços que o feriram de alcançar seu coração e matá-lo", e quem ajuda Stark a construir o primeiro traje do Homem de Ferro.[16][17]
  • Gwyneth Paltrow como Pepper Potts: A assistente pessoal de Stark e interesse amoroso. Paltrow pediu a Marvel que lhe enviasse todos os quadrinhos que considerassem relevantes para a compreensão da personagem, que ela considerava ser muito inteligente, equilibrada e fundamentada. Ela disse que gostou "do fato de que há uma sexualidade que não é flagrante". Favreau queria que o relacionamento de Potts e Stark fosse uma reminiscência de uma comédia dos anos 1940, algo que Paltrow considerou divertido de uma maneira "inocente, porém sexy."[18]

Além disso, Faran Tahir aparece como Raza, o líder dos Dez Anéis; Paul Bettany dubla J.A.R.V.I.S., inteligência artificial pessoa de Stark; Leslie Bibb interpreta Christine Everhart, repórter da Vanity Fair, e Clark Gregg aparece como Phil Coulson, um agente da S.H.I.E.L.D..[19] O diretor Jon Favreau interpreta Happy Hoganguarda-costas e motorista de Stark,[7]Samuel L. Jackson faz uma aparição cameo como Nick Fury, diretor da S.H.I.E.L.D., em uma cena pós-créditos.[20] O rosto de Jackson foi usado anteriormente como modelo para a versão Ultimate Marvel de Nick Fury.[21] Will Lyman fornece a narração durante a cerimônia de premiação de abertura.[22] Outros cameos no filme incluem Stan Lee como ele mesmo, sendo confundido com Hugh Hefner por Stark em uma festa;[23] Tom Morello, que forneceu música de guitarra para o filme, como um guarda terrorista;[24] e Jim Cramer como ele próprio.[25] Ghostface Killah teve um cameo em uma cena onde Stark realiza uma festa em Dubai, mas a cena foi deletada.[26]

Produção[editar | editar código-fonte]

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Em abril de 1990, a Universal Studios comprou os direitos de desenvolver Homem de Ferro para a tela grande,[27] com Stuart Gordon para dirigir um filme de baixo orçamento baseado no personagem.[9] Em fevereiro de 1996, a 20th Century Fox havia adquirido os direitos da Universal.[28] Em janeiro de 1997, Nicolas Cage manifestou interesse em interpretar o personagem,[29] enquanto em setembro de 1998, Tom Cruise expressou interesse em produzir e estrelar um filme do Homem de Ferro.[30] Jeff Vintar e o co-criador do Homem de Ferro, Stan Lee, co-escreveram uma história para a Fox, que Vintar adaptou para um roteiro. Ele incluiu uma nova origem de ficção científica para o personagem, e apresentou MODOK como o vilão. Tom Rothman, presidente de produção da Fox, creditou o roteiro de finalmente fazê-lo entender o personagem. Em maio de 1999, Jeffrey Caine foi contratado para reescrever o roteiro de Vintar e Lee.[31] Em outubro, Quentin Tarantino foi abordado para escrever e dirigir o filme.[32] Fox vendeu os direitos para a New Line Cinema no decorrer de dezembro, argumentando que, embora o roteiro de Vintar e Lee fosse forte, o estúdio tinha muitos super-heróis da Marvel em desenvolvimento e "não podemos fazer todos".[33]

Em julho de 2000, o filme foi escrito para a New Line por Ted Elliott, Terry Rossio[31][34] e Tim McCanlies.[35] O roteiro de McCanlies usou a ideia de um cameo de Nick Fury para montar seu próprio filme.[31] Em junho de 2001, a New Line entrou em conversações com Joss Whedon, um fã do personagem, para dirigir,[36] e em dezembro de 2002, McCanlies havia entregue um roteiro completo.[37] Em dezembro de 2004, o estúdio ligou o diretor Nick Cassavetes ao projeto para um lançamento em 2006.[38] Os rascunhos do roteiro foram escritos por Alfred Gough, Miles Millar e David Hayter, e enfrentava o Homem de Ferro contra seu pai Howard Stark, que se torna o Máquina de Combate.[39] Comentando sobre seu rascunho, Gough disse: "Trabalhamos com os pesquisadores de Michael Crichton para encontrar uma maneira realista de lidar com o traje. A idéia era que ele precisasse do traje para permanecer vivo."[40] Depois de dois anos de desenvolvimento malsucedido, e o acordo com Cassavetes caindo, New Line Cinema devolveu os direitos cinematográficos para a Marvel.[39]

Em novembro de 2005, a Marvel Studios resolveu começar o desenvolvimento a partir do zero,[41] e anunciou Homem de Ferro como seu primeiro filme independente.[6] De acordo com o produtor associado Jeremy Latcham, "fomos atrás de cerca de 30 roteiristas e todos passaram", dizendo que eles estavam desinteressados ​​no projeto, devido à relativa obscuridade do personagem e sendo uma produção exclusivamente da Marvel. Mesmo as reescritas quando o filme tinha um roteiro levou a muitas recusas.[42] Para despertar a consciência do Homem de Ferro do público em geral e colocá-lo no mesmo nível de popularidade que Homem-Aranha ou Hulk, a Marvel conduziu grupos focais para ajudar a remover a percepção geral de que o personagem era um robô. Depois que os grupos tiveram sucesso, a informação que a Marvel recebeu ajudou a formular um plano de conscientização, que incluiu a liberação de três curtas-metragens de animação antes do lançamento do filme. Os curtas foram chamados de "Iron Man Advertorials", e foram produzidos por Tim Miller e Blur Studio.[43]

Pré-produção[editar | editar código-fonte]

Jon Favreau foi contratado para dirigir o filme em abril de 2006.[44] Ele queria trabalhar novamente com o produtor da Marvel, Avi Arad, depois que ambos trabalharam em Demolidor, onde Favreau fez parte do elenco.[6] O diretor encontrou a oportunidade de criar um "filme de espionagem" politicamente ambicioso em Homem de Ferro, citando influências de Tom Clancy, James Bond e RoboCop,[45] e comparou sua abordagem a um filme independente.[6][46] Favreau queria fazer de Homem de Ferro uma história de um homem adulto literalmente se reinventando depois de descobrir que o mundo é muito mais complexo do que ele originalmente acreditava.[47] Ele mudou a origem do personagem da Guerra do Vietnã para o Afeganistão para ter uma abordagem contemporânea.[10] Art Marcum & Matt Holloway foram contratados para escreverem o roteiro,[44] enquanto Mark Fergus & Hawk Ostby escreveram outra versão, com Favreau compilando os roteiros das duas equipes,[48] e John August depois "polindo" uma versão combinada.[49] Os escritores de quadrinhos Mark Millar, Brian Michael Bendis, Joe Quesada, Tom Brevoort, Axel Alonso e Ralph Macchio também foram convocados por Favreau para darem conselhos sobre o roteiro.[50]

Favreau planejava escolher um ator desconhecido no papel principal, como "esses filmes não exigem uma estrela cara; Homem de Ferro é a estrela, o super-herói é a estrela. O sucesso de X-Men e Homem-Aranha sem ser peças dirigidas por estrelas assegura aos executivos que o filme tenha uma vantagem comercial."[51] No entanto, em setembro de 2006, Robert Downey, Jr. foi escalado no papel.[52] Favreau escolheu Downey, um fã dos quadrinhos do personagem,[3] porque sentiu que o passado do ator fez-lhe uma escolha apropriada, explicando que "os melhores e mais maus momentos da vida de Robert estiveram no olho público. O equilíbrio interno para superar os obstáculos que foram muito além de sua carreira. Esse é Tony Stark."[3] Favreau enfrentou a oposição da Marvel em escolher Downey, mas não aceitaria não como resposta, dizendo: "Era meu trabalho como diretor para mostrar que era a melhor escolha criativamente ... todos sabiam que ele era talentoso [e] certamente estudando o papel do Homem de Ferro e desenvolvendo esse roteiro eu percebi que o personagem parecia se alinhar com Robert em todos os caminhos bons e maus."[53] Enquanto se preparavam para as filmagens, Favreau e Downey receberam um passeio pelo SpaceX por Elon Musk.[54]

A escalação de elenco adicional do filme ocorreu nos próximos meses: Terrence Howard foi anunciado no papel do melhor amigo de Stark, James Rhodes, em outubro de 2006;[55] Gwyneth Paltrow foi anunciada como o interesse amoroso de Stark, Pepper Potts, em janeiro de 2007;[56] e Jeff Bridges foi anunciado em um papel não revelado em fevereiro.[57] Escolher um personagem para ser o vilão do filme foi difícil, já que Favreau sentiu que o arqui-inimigo do Homem de Ferro, o Mandarim, não se sentiria realista, especialmente depois que Mark Millar deu sua opinião sobre o roteiro.[50] Ele sentiu que apenas em uma sequência, com um tom alterado, que a fantasia dos anéis do Mandarim seria apropriada.[58] A decisão de empurrá-lo para segundo plano é comparável a Sauron em O Senhor dos Anéis, ou Palpatine em Star Wars.[58] Favreau também queria que Homem de Ferro enfrentasse um inimigo gigante. A mudança do Mandarim para Obadiah Stane foi feita depois que Bridges foi escalado nesse papel,[26] com Stane originalmente planejado para se tornar um vilão na sequência.[50] O Dínamo Vermelho também foi um vilão nos primeiros rascunhos do roteiro.[7] Favreau sentiu que era importante incluir referências internas intencionais para fãs dos quadrinhos, como dar aos dois aviões que atacam Home de Ferro os sinais de chamada de "Whiplash 1" e "Whiplash 2", uma referência ao vilão dos quadrinhos Chicote Negro, e incluindo o escudo do Capitão América na oficina de Stark.[59]

Uma maquete do traje do "Monge de Ferro".

Favreau queria que o filme fosse crível mostrando a construção do traje do Homem de Ferro em seus três estágios.[10] Stan Winston, fã dos quadrinhos, e sua empresa, com quem Favreau trabalhou em Zathura: A Space Adventure, construiu versões metálicas e de borracha das armaduras.[14] O design da Mark I foi concebido para parecer que foi construído a partir de peças sobressalentes. A parte de trás é menos blindada do que a frente, porque Stark usaria seus recursos para um ataque direto. Ele também prefigura o design da armadura de Stane. Uma versão única de 90 libras (41 kg) foi construída, causando preocupação quando um dublê caiu dentro dela, embora tanto o dublê quanto o traje estavam ilesos. A armadura também foi projetada para ter apenas sua metade superior desgastada às vezes. Stan Winston Studios construiu uma versão animatronic de 10 pés (3,0 m), 800 libras (360 kg) do "Monge de Ferro" (Obadiah Stane),[14] um nome que Obadiah Stane chama Tony Stark e ele mesmo no filme como referência, mas nunca foi usado para o traje em si no filme. O animatronic exigiu cinco operadores para o braço, e foi construído em um gimbal para simular a caminhada.[14] Uma maquete foi usada para as cenas dele sendo construído.[26] O Mark II se assemelha a um protótipo de avião, com abas visíveis.[26] O artista de quadrinhos do Homem de Ferro, Adi Granov, desenhou o Mark III com o ilustrador Phil Saunders.[60] Os designs de Granov foram a principal inspiração para o filme, e ele entrou no filme depois de reconhecer seu trabalho na página do MySpace de Jon Favreau.[46] Saunders simplificou a arte conceitual de Granov, tornando-a mais furtiva e menos cartunesca em suas proporções,[14] e também projetou a armadura do Máquina de Combate, mas foi "cortada do roteiro no meio da pré-produção." Ele explicou que a armadura do Máquina de Combate "seria chamada de armadura Mark IV e teria tido peças de troca de armas que seriam usadas sobre a armadura original de Mark III", e que "teria sido usada por Tony Stark na sequência de batalha final."[61]

Filmagens[editar | editar código-fonte]

A produção foi sediada nas antigos estúdios da Hughes Company em Playa Vista, Los Angeles, Califórnia.[62] Howard Hughes foi uma das inspirações para as histórias em quadrinhos e os cineastas reconheceram a coincidência de que eles filmaria o Homem de Ferro criando a voadora Mark III, onde o Hughes H-4 Hercules foi construído.[14] Favreau rejeitou o cenário da Costa Leste dos quadrinhos porque muitos filmes de super-heróis já haviam sido colocados lá.[10]

As filmagens começaram em 12 de março de 2007,[63] com as primeiras semanas dedicadas ao cativeiro de Stark no Afeganistão.[64] A caverna onde Stark FICA preso era um set de 150 a 200 jardas (140-180 m) de comprimento.[10] O designer de produção, J. Michael Riva, viu filmagens de um lutador do Talibã no Afeganistão e viu a respiração fria enquanto falava: percebendo que as cavernas remotas são realmente muito frias, Riva colocou um sistema de ar condicionado no set. Ele também procurou o conselho de Downey sobre objetos improvisados na prisão, como uma meia usada para fazer chá.[14] Depois, a captura de Stark foi filmada no Lone Pine, e outras cenas exteriores no Afeganistão foram filmadas nas Dunas de Areia de Olancha, onde a equipe suportou dois dias de ventos de 40 a 60 milhas por hora (64-97 km / h).[14] Filmagens na Base Aérea de Edwards começou em meados de abril,[65] e terminaram em 2 de maio.[66] As filmagens exteriores da casa de Stark foram adicionadas digitalmente a imagens de Point Dume em Malibu,[26] enquanto o interior foi construído em Playa Vista, onde Favreau e Riva pretendiam que a casa de Stark se tornasse menos futurista.[14] As filmagens terminaram em 25 de junho de 2007, no Caesars Palace, em Las Vegas, Nevada.[67] Favreau, um novato em filmes de ação, ficou surpreso em ter sido contratado paras dirigir o filme.[9]

Houve muita improvisação em cenas de diálogo, porque o roteiro não estava completo quando as filmagens começram (os cineastas se concentraram na história fazendo sentido e planejando a ação). Favreau sentiu que a improvisação tornaria o filme mais natural. Algumas cenas foram filmadas com duas câmeras para capturar linhas ditas no local. Foram feitas várias tomadas, já que Downey queria experimentar algo novo a cada vez.[26] Foi ideia de Downey ter Stark realizando uma coletiva de imprensa no chão,[9] E ele criou o discurso que Stark fez ao apresentar a arma Jericó.[4] Bridges descreveu essa abordagem como "um filme de estudante de US$ 200 milhões" e notou que isso causou estresse para os executivos da Marvel quando os atores estavam tentando dialogar no dia das gravações de cenas. Ele também observou que, em alguns casos, ele e Downey trocavam seus personagens para ensaio para ver como suas próprias linhas soavam.[68] A aparição de Nick Fury foi filmada com uma equipe de esqueletos para manter seu segredo, mas rumores apareceram na Internet apenas alguns dias depois. O presidente da Marvel Studios, Kevin Feige, posteriormente retirou a cena de todas as impressões de pré-exibições para manter a surpresa e manter os fãs adivinhando.[69]

Pós-produção[editar | editar código-fonte]

A principal preocupação de Favreau com os efeitos do filme foi se a transição entre os figurinos gerados por computador e práticos fosse muito óbvia.[70] Ele contratou a Industrial Light & Magic (ILM) para criar a maior parte dos efeitos visuais do filme depois de assistir Transformers. As empresas Orphanage a Embassy fizeram trabalhos adicionais,[14] com o última criando uma versão digital da armadura Mark I.[71] Para ajudar a animar os trajes mais refinados, a formação foi às vezes capturada ao ter Downey usando apenas o capacete, as luvas e o tórax da armadura sobre um traje de captura de movimento,[14] e paraquedistas foram filmados em um túnel de vento vertical para estudar a física do vôo.[72] Para a cena do vôo da Mark III, foi animado para parecer realista, decolando devagar e aterrisando rapidamente. Para gerar filmagens do Homem de Ferro e os F-22 Raptors lutando, as câmeras foram transportadas no ar para fornecer referência para física, vento e geada nas lentes.[73]

Música[editar | editar código-fonte]

Mais informações: Iron Man (trilha sonora)

O compositor Ramin Djawadi era fã do personagem Homem de Ferro quando criança, dizendo que sempre gostou de super-heróis "que na verdade não têm superpoderes". Depois que o colaborador anterior de Favreau, John Debney, não estava disponível para compor o filme,[74] o próprio Djawadi procurou a função.[75] Favreau teve uma visão clara de música de heavy metal e guitarras para o projeto,[75] dizendo que Tony Stark era mais uma estrela de rock do que um super-herói tradicional.[76] Djawadi posteriormente compôs a maior parte da trilha do filme na guitarra, antes de organizá-la para a orquestra.[75] Djawadi teve ajuda com arranjos e sugestões adicionais de Hans Zimmer e Remote Control Productions,[75] e o guitarrista da Rage Against the Machine, Tom Morello, que faz uma aparição cameo no filme, contribuiu com performances de guitarra para a trilha.[24] O filme também apresenta um arranjo de estilo big band da música tema do Homem de Ferro do desenhos animado de 1966, The Marvel Super Heroes, dos freqüentes colaboradores de Favreau, John O'Brien e Rick Boston.[77] Uma trilha sonora com a partitura de Djawadi foi lançada pela Lions Gate Records em 29 de abril de 2008.[78]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Favreau durante a premiere de Homem de Ferro na Cidade do México.

A estreia foi realizada no cinema Greater Union na George Street, Sydney, em 14 de abril de 2008.[79] O filme foi lançado nos Estados Unidos em 2 de maio de 2008,[80] enquanto o lançamento internacional foi empurrado para 30 de abril de 2008.[81]

Marketing[editar | editar código-fonte]

Marvel e Paramount modelaram a campanha de marketing de Homem de Ferro baseada na de Transformers.[82] Em maio de 2008, a Sega lançou um jogo eletrônico baseado no filme em várias plataformas de jogos. Downey, Howard e Taub reprisam seus papéis do filme.[83] Um comercial de 30 segundos do filme foi exibido durante uma pausa no Super Bowl XLII.[84] 6,400 lojas da 7-Eleven nos Estados Unidos ajudaram a promover o filme, e o LG Group também fez um acordo com a Paramount.[82] Hasbro criou figuras de armaduras do filme, assim como Titanium Man (que aparece no jogo do filme) e a armadura da história em quadrinhos Hulk contra o Mundo.[85] Em todo o mundo, Burger King e Audi promoveram o filme. Jon Favreau estava definido para dirigir um comercial para a corrente de fast food, como Michael Bay fez para Transformers.[82] No filme, Tony Stark dirige um Audi R8, e também come um "cheeseburger americano" do Burger King após seu resgate do Afeganistão, como parte do acordo de colocação de produtos do estúdio com as respectivas empresas. Três outros veículos, o Audi S6 sedan, Audi S5 cupê esportivo e o Audi Q7 SUV, também aparecem no filme.[86][87] A Audi criou um site de vinculação, como a General Motors fez para Transformers.[82] A Oracle Corporation também promoveu o filme em seu site.[88] Diversos quadrinhos relacionados foram lançados para o filme.[89]

Home media[editar | editar código-fonte]

O filme foi lançado em DVD e Blu-ray Disc em 30 de setembro de 2008, na América do Norte, e 27 de outubro de 2008 na Europa.[90] As vendas de DVD foram muito bem sucedidas, vendendo mais de 4 milhões de cópias na primeira semana e gerando mais de US$ 93 milhões.[91] Havia um total de 9 milhões de cópias vendidas e uma venda total acumulada de mais de US$ 160 milhões (não incluindo Blu-ray).[91] Para os lançamentos em home video do filme, a imagem no jornal que Stark lê antes de anunciar que ele é o Homemd de Ferro teve que ser alterada por causa do fotógrafo amador Ronnie Adams apresentar um processo contra a Paramount e a Marvel por usar a foto que ele tirou sem permissão.[92] Um lançamento exclusivo da Walmart incluiu uma prévia de Iron Man: Armored Adventures.[93]

O filme também foi coletado em um box set de 10 discos intitulado "Marvel Cinematic Universe: Phase One - Avengers Assemble", que inclui todos os filmes da Fase Um no Universo Cinematográfico Marvel.[94] Foi lançado pela Walt Disney Studios Home Entertainment em 2 de abril de 2013.[95]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

Homem de Ferro ganhou US$ 318,4 milhões na América do Norte e US$ 266,8 milhões em outros territórios, com um total bruto de US$ 585,2 milhões.[2]

América do Norte[editar | editar código-fonte]

Em seu fim de semana de abertura, Homem de Ferro arrecadou US$ 98.618.668 em 4.105 teatros nos Estados Unidos e no Canadá, ocupando o primeiro lugar nas bilheterias,[96] dando-lhe o décimo primeiro maior final de semana de abertura no momento,[96] nono lançamento mais amplo em termos de cinemas,[97] e o terceiro fim de semana de abertura mais alto de 2008, atrás de Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal e The Dark Knight. Ele arrecadou US$ 35,2 milhões em seu primeiro dia, dando-lhe o décimo terceiro maior dia de abertura na época.[98] Homem de Ferro teve a segunda melhor estreia para uma não-sequência, atrás de Homem-Aranha, e a quarta maior abertura para um filme de super-herói.[99] Homem de Ferro também foi o filme número 1 nos EUA e no Canadá no segundo fim de semana, arrecadando US$ 51,1 milhões,[100] dando-lhe o décimo segundo melhor final de semana e o quinto melhor para uma não-sequência.[101] Em 18 de junho de 2008, Homem de Ferro se tornou o primeiro filme desse ano a passar a marca de US$ 300 milhões para a bilheteria doméstica.[102][103]

Crítica[editar | editar código-fonte]

Em maio de 2008, Homem de Ferro foi identificado como o "filme mais bem avaliado do ano até agora" no agregador de críticas Rotten Tomatoes, com o site relatando que naquela época o filme tinha recebido uma aprovação de 95%, uma porcentagem que se manteve até janeiro de 2010.[104] Rotten Tomatoes reporta atualmente uma aprovação de 94%, com uma nota média de 7.7/10, com base em 268 resenhas. O consenso do site diz: "O diretor Jon Favreau e o ator Robert Downey Jr. fazem deste inteligente e de alto impacto filme de super-herói um filme que até mesmo os não-fãs de quadrinhos podem apreciar".[105] No Metacritic, o filme alcançou uma pontuação média de 79/100, com base em 38 resenhas, o que significa "críticas geralmente favoráveis".[106]

Entre as principais revistas do entrentenimento, Todd McCarthy da Variety chamou o filme de uma "extravagância de efeitos especiais divertidos",[107] enquanto Kirk Honeycutt do The Hollywood Reporter elogiou o filme, embora encontrou "decepção [dentro] de uma batalha climática entre diferentes protótipos de Homem de Ferro [...] como o nêmesis de Tony aprendeu a usar o traje?"[108] Em uma das primeiras resenhas dos principais jornais diários, Frank Lovece do Newsday elogiou a "verdade emocional do filme [...] a escalação perfeita de ator e a super-ciência plausível" que fez isso "fiél ao material original enquanto o atualiza", acrescentando que o filme não é "apenas a alta tecnologia legal de um homem com um traje de metal, mas a condição humana que o levou lá."[109] A. O. Scott do The New York Times chamou o filme de "uma imagem excepcionalmente boa de super-herói. Ou pelo menos – já que certamente tem seus problemas – um filme de super-herói que é bom de maneiras incomuns".[110] Entre os sites especializados, Garth Franklin do Dark Horizons elogiou as mecânicas que "combinam suavemente com um CG relativamente transparente", e disse que o resultado do filme é "algo que, embora pouco original ou inovador, é, no entanto, refrescante em sua seriedade para evitar estilos dramáticos sombrios em favor de um simples filme de ação agradável, que agrada a multidão, com uma poeira de temas anti-guerra e de redenção."[111]

Entre os principais semanários metropolitanos, David Edelstein da New York Magazine comentou que "Favreau não entra em quadros de quadrinhos estilizados, pelo menos no primeira metade. Ele é real com isso – você pensaria que estava assistindo um thriller militar",[112] enquanto inversamente, David Denby da The New Yorker apresentou uma crítica negativa, afirmando ter tido "uma sensação um pouco desanimada".[113] Todd Gilchrist, da IGN, reconheceu Downey como "a melhor coisa" em um filme que "funciona no piloto automático, fornecendo desenvolvimentos de história e detalhes de personagens necessários para preencher esta 'história de origem padrão'".[114] Notando os elementos culturais do filme, Cristobal Giraldez Catalan da Bright Lights Film Journal escreveu: "Homem de Ferro é muito mais do que a fantasia de playboy, é a política externa americana realizada sem contexto [... e] com precisão narrativa e de direção, mais uma vez fornece a misoginia de alta fidelidade e a retórica anti-muçulmana que Hollywood é conhecida".[115]

Roger Ebert e Richard Corliss nomearam Homem de Ferro como um dos seus filmes favoritos de 2008.[116][117] Ele também foi selecionado pelo American Film Institute como um dos dez melhores filmes do ano,[118] e pela revista Empire como um dos 500 maiores filmes de todos os tempos.[119]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Nomeação Resultado Ref(s)
2008 MTV Movie Awards Melhor Filme de Verão Até Agora Homem de Ferro Venceu [120]
Teen Choice Awards Melhor Filme de Ação Homem de Ferro Indicado [121]
Melhor Ator em Filme de Ação Robert Downey Jr. Indicado
Melhor Atriz de Filme de Ação Gwyneth Paltrow Indicado
Melhor Vilão em Filme Jeff Bridges Indicado
Scream Awards Melhor Atriz em um Filme de Ficção Científica ou Série de TV Gwyneth Paltrow Indicado [122]
2009 People's Choice Awards Filme Favorito Homem de Ferro Indicado [123]
Astro Masculino de Ação Favorito Robert Downey Jr. Indicado
Astro Masculino de Filme Favorito Robert Downey Jr. Indicado
Superherói Favorito Robert Downey Jr. como Homem de Ferro Indicado
Screen Actors Guild Awards Melhor Elenco de Dublês num Filme Indicado [124]
USC Scripter Awards USC Libraries 21st Annual Scripter Award Mark Fergus & Hawk Ostby e Art Marcum & Matt Holloway Indicado [125]
British Academy Film Awards Melhores Efeitos Especiais Visuais Shane Mahan, John Nelson, Ben Snow Indicado [126]
Grammy Awards Melhor Trilha Sonora para Filme, Televisão ou Outras Mídias Visuais Ramin Djawadi Indicado [127]
Visual Effects Society Awards Melhore Efeitos Visuais Homem de Ferro Indicado [128]
Melhor Efeito Visual Único do Ano Homem de Ferro Indicado
Melhor Personagem Animado em um Filme em Live-Action Homem de Ferro Indicado
Melhores Modelos e Miniaturas em um Filme Traje Indicado
Melhor Composição em um Filme Composição HUD Indicado
Oscar Melhoroes Efeitos Visuais John Nelson, Ben Snow, Dan Sudick e Shane Mahan Indicado [129]
Melhor Edição de Som Frank Eulner e Christopher Boyes Indicado
Nickelodeon Kids' Choice Awards Filme Favorito Homem de Ferro Indicado [130]
Empire Awards Melhor Filme Homem de Ferro Indicado [131]
Melhor Ator Robert Downey Jr. Indicado [132]
Melhor Filme de Fantasia ou Ficção Científica Homem de Ferro Indicado [133]
Taurus World Stunt Awards Sucesso Mais Forte Homem de Ferro Venceu [134]
Melhor Coordenador de Acrobacias e/ou Diretor de 2ª Unidade Thomas R. Harper, Phil Neilson, Keith Woulard Indicado
Melhor Dublê de Fogo Mike Justus, Damien Moreno, Timothy P. Trella Venceu
MTV Movie Awards Melhor Filme Homem de Ferro Indicado [135]
Melhor Ator Robert Downey Jr. Indicado
Saturn Awards Melhor Filme de Ficção Científica Homem de Ferro Venceu [136][137]
Melhor Ator Robert Downey Jr. Venceu
Melhor Atriz Gwyneth Paltrow Indicado
Melhor Ator Coadjuvante Jeff Bridges Indicado
Melhor Diretor Jon Favreau Venceu
Melhor Roteiro Mark Fergus & Hawk Ostby e Art Marcum e Matt Holloway Indicado
Melhor Trilha Ramin Djawadi Indicado
Melhores Efeitos Visuais Homem de Ferro Indicado
Hugo Awards Melhor Apresentação Dramática Homem de Ferro Indicado [138]

Tony Stark também foi selecionado pela Empire como um dos 100 Maiores Personagens de Filme de Todos os Tempos,[139] e em sua lista dos 100 maiores personagens de ficção, Fandomania.com o classificou no número 37.[140]

Sequências[editar | editar código-fonte]

Homem de Ferro 2[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Homem de Ferro 2

Uma continuação escrita por Justin Theroux e lançada nos Estados Unidos em 7 de maio de 2010, teve Favreau, Downey, Paltrow e Jackson retornando. Don Cheadle substituiu Howard no papel de Rhodes, que se torna o Máquina de Combate. Também estrela Mickey Rourke como o vilão Ivan Vanko, Sam Rockwell como Justin Hammer e Scarlett Johansson como a agente da S.H.I.E.L.D., Natasha Romanoff.

Homem de Ferro 3[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Homem de Ferro 3

Disney, Marvel Studios e Paramount Pictures lançaram uma segunda sequência em 3 de maio de 2013,[141] com Favreau não retornando a direção, mas ainda reprisando seu papel como Happy Hogan.[142] Downey, Paltrow e Cheadle também retornam, enquanto Shane Black assumiu a direção,[143] com um roteiro de Drew Pearce. Guy Pearce também estrelou como Aldrich Killian, Rebecca Hall como Maya Hansen e Ben Kingsley como Trevor Slattery

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Em julho de 2013, os direitos de distribuição foram transferidos da Paramount Pictures para a Walt Disney Studios.[144][145][146]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Iron Man» (em inglês). British Board of Film Classification. 9 de abril de 2008. Consultado em 23 de abril de 2016 
  2. a b c «Iron Man (2008)». Box Office Mojo. Consultado em 1 de julho de 2009 
  3. a b c d Bowles, Scott (27 de abril de 2007). «First look: Downey forges a bond with 'Iron Man' role». USA Today (em inglês). Consultado em 23 de março de 2013. Cópia arquivada em 23 de março de 2013 
  4. a b Allsletter, Rob (3 de março de 2008). «Iron Man's Jon Favreau» (em inglês). Comics Continuum. Consultado em 4 de março de 2008. Cópia arquivada em 8 de junho de 2014 
  5. Svetkey, Benjamin (13 de maio de 2016). «'Lethal Weapon' Wunderkind (and Former Party Boy) Shane Black Is Back ... and Still Looking for Action». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 27 de novembro de 2016. Cópia arquivada em 27 de novembro de 2016 
  6. a b c d Ambrose, Tom (26 de julho de 2007). «The Man in the Iron Mask». Empire (em inglês): 69 
  7. a b c Hewitt, Chris (Abril de 2008). «Super Fly Guy». Empire: 66–72 
  8. Carroll, Larry (18 de março de 2008). «Iron Man Star Robert Downey Jr. Talks About Incredible Hulk Cameo, Controversial Tropic Thunder Pics» (em inglês). MTV. Consultado em 18 de março de 2008 
  9. a b c d e Shapiro, Marc (Abril de 2008). «Pumping Iron». Starlog (em inglês). pp. 47–50 
  10. a b c d e Quint. «Quint visits the IRON MAN production offices! Art! Favreau speaks about sequels (?!?), casting and more!!!». Ain't It Cool News. Consultado em 10 de fevereiro de 2007 
  11. Rolfsen, Bruce. «Iron Man pilot to hit big screen». Air Force Times. Consultado em 22 de março de 2007 
  12. Worley, Rob M. (22 de abril de 2008). «Iron Man: Terrence Howard lives the dream». Comics2Films. Consultado em 22 de abril de 2008 
  13. Rotten, Ryan (1 de abril de 2008). «Iron Man: The Set Visit - Terrence Howard». Superhero Hype!. Consultado em 1 de abril de 2008 
  14. a b c d e f g h i j k «Iron Man Production Notes» (em inglês). SciFi Japan. 30 de abril de 2008. Consultado em 28 de março de 2013. Cópia arquivada em 28 de março de 2013 
  15. Adler, Shawn (30 de setembro de 2008). «Iron Man Co-Writers Discuss Their Favorite Deleted Scenes, Plus An Exclusive DVD Bonus Clip». MTV Splash Page (em inglês). Consultado em 14 de outubro de 2008 
  16. Harris, Scott (6 de maio de 2013). «'Iron Man 3': 7 Things You May Have Missed the First Time Around» (em inglês). Next Movie 
  17. Redding, Jordan (11 de dezembro de 2014). «Iron Man 2008» (em Inglêsdf=). Moviepilot. Consultado em 27 de dezembro de 2014. Arquivado do original em 27 de dezembro de 2014 
  18. Adler, Shawn (30 de setembro de 2008). «Iron Man Co-Writers Discuss Their Favorite Deleted Scenes, Plus An Exclusive DVD Bonus Clip». MTV Splash Page (em inglês). Consultado em 14 de outubro de 2008 
  19. Ebert, Roger (1 de junho de 2008). «Iron Man (PG-13)». Chicago Sun-Times (em inglês). Consultado em 23 de março de 2013. Cópia arquivada em 23 de março de 2013 
  20. Itzkoff, Dave (25 de março de 2011). «Modern Marvel». The New York Times (em inglês) 
  21. «Samuel L. Jackson». Copyright Kamal Larsuel, 2005 (em inglês). Consultado em 20 de agosto de 2006. Arquivado do original em 28 de setembro de 2007 
  22. «Iron Man Award Ceremony Narrator» (em inglês). Behind The Voice Actor. Consultado em 8 de junho de 2014. Cópia arquivada em 8 de junho de 2014 
  23. Goldman, Eric (4 de maio de 2007). «Stan Lee's Further Superhero Adventures» (em inglês). IGN. p. 3. Consultado em 14 de maio de 2007 
  24. a b «RAGE AGAINST THE MACHINE Guitarist Faces Iron Man» (em inglês). Roadrunner Records. 6 de maio de 2008. Consultado em 8 de maio de 2008. Arquivado do original em 10 de maio de 2008 
  25. Dellaverson, Carlo (2 de maio de 2008). «Cramer In Iron Man» (em inglês). CNBC. Consultado em 8 de maio de 2008 
  26. a b c d e f Douglas, Edward (29 de abril de 2008). «Exclusive: An In-Depth Iron Man Talk with Jon Favreau» (em inglês). SuperheroHype.com. Consultado em 29 de abril de 2008. Cópia arquivada em 28 de fevereiro de 2013 
  27. Ryan, James (14 de abril de 1990). «Bam! Pow! Heroes take over the silver screen» (em inglês). Seattle Post-Intelligencer 
  28. Smith, Andrew (18 de fevereiro de 2016). «Gen X kids not bad on screen» (em inglês). The Commercial Appeal 
  29. «Film Clips Column» (em inglês). The Journal Gazette. 3 de janeiro de 1997 
  30. Radford, Bill (6 de setembro de 1998). «Big screen gaining new ground as venue for comics creations» (em inglês). The Gazette 
  31. a b c «Iron Man (Archive)» (em inglês). Comics2Film. Consultado em 1 de outubro de 2008. Cópia arquivada em 3 de maio de 2006 
  32. Vice, Jeff (3 de outubro de 1999). «Comic books poised for film incarnations» (em inglês). Deseret Morning News 
  33. Smith, Andrew (26 de dezembro de 1999). «Superheroes lining up for millennium movie debuts» (em inglês). The Commercial Appeal 
  34. Epstein, Warren (9 de julho de 2000). «X-guys could muscle up more Marvelous screen fare» (em inglês). The Gazette 
  35. Richey, Rodney (25 de setembro de 2000). «Warner Bros. goes Bat to the Future» (em inglês). Los Angeles Daily News 
  36. Elder, Robert K. (1 de junho de 2001). «All work and lots of slay». Chicago Tribune (em inglês) 
  37. Garcia, Chris (6 de dezembro de 2002). «A firsthand look at Secondhand» (em inglês). Austin American-Statesman 
  38. «Nick Cassavetes to Direct New Line Cinema and Marvel's Iron Man» (em inglês). New Line Cinema. 10 de dezembro de 2004. Consultado em 28 de julho de 2006 
  39. a b El Chavo (24 de abril de 2006). «Iron Man by Alfred Gough & Miles Millar, Revisions By David Hayter» (em inglês). Latino Review. Consultado em 22 de março de 2008. Cópia arquivada em 5 de fevereiro de 2008 
  40. Ferrante, Anthony C. (15 de fevereiro de 2007). «Alfred Gough on Smallville, Iron Man and The Mummy 3 - Part 3». Consultado em 2 de fevereiro de 2008. Cópia arquivada em 11 de outubro de 2007 
  41. Fritz, Ben (2 de novembro de 2005). «Marvel steels itself for Iron». Variety (em inglês). Consultado em 28 de julho de 2006 
  42. Marvel Studios: Building A Cinematic Universe (Documentary) (em inglês). Blu-ray de Os Vingadores. 2012 
  43. White, Brett (16 de fevereiro de 2016). «Quesada Reveals "Deadpool" Director's Role In Making "Iron Man" Film» (em inglês). Comic Book Resources. Consultado em 17 de fevereiro de 2016. Cópia arquivada em 16 de fevereiro de 2016 
  44. a b Kit, Borys (28 de abril de 2008). «Marvel Studios outlines slew of superhero titles» (em inglês). The Hollywood Reporter. Consultado em 22 de março de 2008. Cópia arquivada em 11 de outubro de 2007 
  45. «Ultimate Superhero Preview» (em inglês). Empire. 29 de setembro de 2006. pp. 90, 230 
  46. a b Vespe, Eric (28 de julho de 2007). «Quint goes one on one with Jon Favreau about IRON MAN at Comic-Con!!!» (em inglês). Ain't It Cool News. Consultado em 29 de julho de 2007 
  47. Ferris, Glen (29 de abril de 2008). «Empire: Interviews - Jon Favreau Video Interview». Empire Online. Consultado em 1 de maio de 2008 }
  48. Worley, Rob (21 de junho de 2006). «Jon Favreau talks Iron Man» (em inglês). Comics2Film. Consultado em 22 de março de 2008 
  49. Jensen, Jeff (17 de abril de 2008). «Iron Man: Summer's first Marvel?». Entertainment Weekly (em inglês). Consultado em 21 de abril de 2008 
  50. a b c Johnston, Rich (6 de maio de 2008). «Lying in the Gutters Volume 2 Column 156» (em inglês). Comic Book Resources. Consultado em 6 de maio de 2008 
  51. Vejvoda, Jim (24 de maio de 2006). «The Unknown Iron Man» (em inglês). IGN. Consultado em 6 de dezembro de 2006. Cópia arquivada em 13 de março de 2014 
  52. "Moriarty" (29 de setembro de 2006). «AICN EXCLUSIVE!! IRON MAN Has Found Its Tony Stark!!» (em inglês). Ain't It Cool News. Consultado em 3 de dezembro de 2016. Cópia arquivada em 2 de dezembro de 2016 
  53. Eisenberg, Eric. «Jon Favreau Details His Fight With Marvel Studios To Cast Robert Downey Jr. As Iron Man» (em inglês). Cinema Blend. Consultado em 3 de dezembro de 2016. Cópia arquivada em 2 de dezembro de 2016 
  54. Ashlee, Vance (15 de maio de 2015). «Elon Musk's Space Dream Almost Killed Tesla». Bloomberg (em inglês). Consultado em 15 de maio de 2015 
  55. «Terrence Howard cast in Iron Man!» (em inglês). Games Radar. 12 de outubro de 2006. Consultado em 3 de dezembro de 2016. Cópia arquivada em 2 de dezembro de 2016 
  56. «Gwyneth Paltrow to Star in Iron Man» (em inglês). ComingSoon.net. 17 de janeiro de 2007. Consultado em 3 de dezembro de 2016. Cópia arquivada em 2 de dezembro de 2016 
  57. «Jeff Bridges Aboard Iron Man» (em inglês). Superhero Hype. 5 de fevereiro de 2007. Consultado em 3 de dezembro de 2016. Cópia arquivada em 2 de dezembro de 2016 
  58. a b Worley, Rob M. (8 de setembro de 2007). «Iron Man: Favreau on films, fans, and Fin Fang Foom» (em inglês). Comics2Film. Consultado em 8 de agosto de 2007 
  59. «Part 2 of Quint's interview with Jon Favreau! IRON MAN 2, Stark's alcoholism, Empire Strikes Back and THE AVENGERS!» (em inglês). Ain't It Cool News. 29 de outubro de 2008 
  60. «Who Designed the Iron Man Suit?» (em inglês). Superhero Hype!. 6 de maio de 2007. Consultado em 6 de maio de 2007 
  61. Sciretta, Peter (21 de outubro de 2008). «Iron Man: Official War Machine Concept Art» (em inglês). Slash Film 
  62. Raab, Scott (21 de fevereiro de 2007). «May God Bless and Keep Robert Downey Jr.» (em inglês). Esquire. Consultado em 23 de fevereiro de 2007 
  63. «Funding Initiated for Iron Man Movie» (em inglês). Superhero Hype!. 28 de fevereiro de 2007. Consultado em 28 de fevereiro de 2007. Cópia arquivada em 2 de março de 2007 
  64. Favreau, Jon (19 de março de 2007). «Jon Favreau on Iron Man filming» (em inglês). Superhero Hype!. Consultado em 19 de março de 2007. Cópia arquivada em 22 de março de 2007 
  65. «Flying with the stars» (em inglês). Edwards Air Force Base. 6 de abril de 2007. Consultado em 16 de abril de 2007. Arquivado do original em 28 de março de 2013 
  66. Miles, Donna (2 de maio de 2007). «Edwards team stars in Iron Man superhero movie» (em inglês). United States Air Force. Consultado em 14 de maio de 2007 
  67. Favreau, Jon (25 de junho de 2007). «Iron Man Movie Update!» (em inglês). Comingsoon.net. Consultado em 26 de junho de 2007 
  68. Ahern, Sarah; Roshanian, Arya (30 de novembro de 2016). «What Jeff Bridges Learned From Difficulties on the 'Iron Man' Set». Variety (em inglês). Consultado em 3 de dezembro de 2016. Cópia arquivada em 2 de dezembro de 2016 
  69. «Jon Favreau Talks Iron Man». Entertainment Weekly (em inglês). 5 de maio de 2008. Consultado em 6 de maio de 2008 
  70. Rotten, Ryan (1 de abril de 2008). «Iron Man: The Set Visit - Jon Favreau» (em inglês). Superhero Hype!. Consultado em 1 de abril de 2008 
  71. Andrews, Marke (11 de abril de 2008). «Vancouver's visual effects makers bulk up». The Vancouver Sun (em inglês). Canada. Consultado em 22 de abril de 2008. Arquivado do original em 23 de fevereiro de 2013 
  72. Giardina, Carolyn (5 de maio de 2008). «'Iron Man' crew had desired effects». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 10 de março de 2015. Cópia arquivada em 10 de março de 2015 
  73. Vespe, Eric (21 de abril de 2008). «Quint visits ILM with Jon Favreau and sees some IRON MAN stuff!!» (em inglês). Ain't It Cool News. Consultado em 22 de abril de 2008 
  74. Larson, Randall (22 de julho de 2010). «Of Superheroes and Predators: John Debney Returns to Sci-Fi». Cinefantastique (em inglês). Consultado em 13 de junho de 2016. Cópia arquivada em 13 de junho de 2016 
  75. a b c d «Ramin Djawadi: Compositore di Iron Man» (em inglês). Comicus. 6 de abril de 2008. Consultado em 10 de junho de 2016. Cópia arquivada em 9 de junho de 2016 
  76. Weedon, Paul (17 de outubro de 2013). «Ramin Djawadi on Game Of Thrones, Iron Man, Pacific Rim». Den of Geek (em inglês). Consultado em 10 de junho de 2016. Cópia arquivada em 9 de junho de 2016 
  77. Boston, Rick. «Iron Man Theme by John O'Brien and Rick Boston» (em inglês). Rick Boston. Consultado em 10 de junho de 2016. Cópia arquivada em 9 de junho de 2016 
  78. «Iron Man (Original Motion Picture Soundtrack)» (em inglês). iTunes. 29 de abril de 2008. Consultado em 27 de agosto de 2016. Cópia arquivada em 27 de agosto de 2016 
  79. «Iron Man Aussie Premiere Pics» (em inglês). Superhero Hype!. 14 de abril de 2008. Consultado em 15 de abril de 2008 
  80. «IRON-CLAD DATE: MAY 2, 2008» (em inglês). Marvel.com. 23 de junho de 2006. Consultado em 6 de fevereiro de 2014 
  81. Sciretta, Peter (12 de março de 2008). «Iron Man NOT Coming Early» (em inglês). /Film. Consultado em 6 de fevereiro de 2014 
  82. a b c d Stanley, T. L. (7 de janeiro de 2008). «Tie-ins: LG, BK, 7-Eleven To Pump Paramount's Iron Man» (em inglês). Brandweek. Consultado em 8 de janeiro de 2008. Cópia arquivada em 13 de janeiro de 2008 
  83. Geddes, Ryan (20 de março de 2008). «Iron Man Film Cast To Voice Game» (em inglês). IGN. Consultado em 10 de março de 2015. Cópia arquivada em 10 de março de 2015 
  84. Graser, Marc (19 de dezembro de 2007). «Studios suit up for Super Bowl». Variety (em inglês). Consultado em 20 de dezembro de 2007 
  85. Douglas, Edward (17 de fevereiro de 2008). «Hasbro Previews G.I. Joe, Hulk, Iron Man, Indy & Clone Wars» (em inglês). Superhero Hype!. Consultado em 17 de fevereiro de 2008 
  86. Graser, Marc (25 de julho de 2007). «Iron Man rides with Audi». Variety (em inglês). Consultado em 26 de julho de 2007 
  87. Gorman, Steve (3 de maio de 2008). «"Iron Man" gets heavy start at box office» (em inglês). Reuters. Consultado em 4 de maio de 2008 
  88. «Oracle is co-promoting Ironman» (em inglês). Consultado em 2 de maio de 2008. Arquivado do original em 5 de maio de 2008 
  89. Tobin, Paul (20 de outubro de 2008). «Paul Tobin on Iron Man: Fast Friends» (em inglês). Newsarama. Consultado em 3 de maio de 2013. Cópia arquivada em 20 de julho de 2014 
  90. Ault, Susanne (5 de maio de 2008). «Iron Man to kick off fourth quarter». Video Business (em inglês). Consultado em 22 de julho de 2008 
  91. a b «Movie Iron Man - DVD Sales» (em inglês). The-Numbers.com. 31 de outubro de 2008. Consultado em 31 de março de 2010 
  92. Kemp, Cal (17 de setembro de 2008). «IRON MAN Censored». Collider (em inglês). Consultado em 19 de setembro de 2008 
  93. «Iron Man DVD (Review)» (em inglês). Comics Worth Reading. 5 de outubro de 2008 
  94. Lee, Jason (6 de junho de 2012). «'Marvel Cinematic Universe' 10-disc Blu-ray set announced» (em inglês). HD-Report. Consultado em 12 de junho de 2012. Cópia arquivada em 3 de novembro de 2012 
  95. Breznican, Anthony (6 de setembro de 2012). «Briefcase lawsuit delays Marvel's 'Phase One' box set until next spring -- EXCLUSIVE». Entertainment Weekly (em inglês). Consultado em 6 de setembro de 2012. Cópia arquivada em 6 de setembro de 2012 
  96. a b «Biggest Openings at the Box Office» (em inglês). Box Office Mojo. Consultado em 2 de maio de 2008 
  97. «Movies With the Widest Openings at the Box Office» (em inglês). Box Office Mojo. Consultado em 6 de maio de 2008 
  98. «Opening Day Records at the Box Office» (em inglês). Box Office Mojo. Consultado em 3 de maio de 2008 
  99. Germain, David (4 de maio de 2008). «Marvel turns Iron Man into gold with $100M-plus debut». Forbes (em inglês). Associated Press. Consultado em 4 de maio de 2008. Cópia arquivada em 8 de maio de 2008 
  100. «Iron Man (2008) - Weekend Box Office Results» (em inglês). Box Office Mojo. Consultado em 4 de maio de 2008 
  101. «Top Weekends:2nd-12th». Box Office Mojo (em inglês). 11 de maio de 2008. Consultado em 12 de maio de 2008 
  102. «Iron Man (2008)» (em inglês). Box Office Mojo. Consultado em 25 de junho de 2008 
  103. DiOrio, Carl (19 de junho de 2008). «"Iron Man" bolts past $300 million at box office» (em inglês). NewsDaily. Consultado em 25 de junho de 2008. Arquivado do original em 27 de junho de 2008 
  104. Yamato, Jen (1 de maio de 2008). «Iron Man is the Best-Reviewed Movie of 2008!». Rotten Tomatoes (em inglês). IGN/Newscorp. Consultado em 9 de maio de 2010. a partir de hoje, Homem de Ferro se senta em 95 porcento no Tomatometer com 107 resenhas contadas. 
  105. «Iron Man (2008)». Rotten Tomatoes 
  106. «Iron Man (2008): Reviews». Metacritic (em inglês). CBS Interactive. Consultado em 21 de junho de 2008 
  107. McCarthy, Todd (25 de abril de 2008). «Iron Man». Variety (em inglês). Consultado em 3 de maio de 2008. Cópia arquivada em 3 de maio de 2008 
  108. Honeycutt, Kirk (28 de abril de 2008). «Iron Man» (em inglês). The Hollywood Reporter. Consultado em 3 de maio de 2008. Cópia arquivada em 30 de abril de 2008 
  109. Lovece, Frank (30 de abril de 2008). «Iron Man». Newsday (em inglês). Consultado em 3 de maio de 2008. Arquivado do original em 5 de maio de 2008 
  110. Scott, A. O. (2 de maio de 2008). «Iron Man (2008)». The New York Times (em inglês). Consultado em 3 de maio de 2008 
  111. Franklin, Garth (2 de maio de 2008). «Review: "Iron Man"» (em inglês). Dark Horizons. Consultado em 3 de maio de 2008 
  112. Edelstein, David (25 de abril de 2008). «A Hero for Our Times» (em inglês). New York Magazine. Consultado em 3 de maio de 2008 
  113. Denby, David (5 de maio de 2008). «Unsafe». The New Yorker (em inglês). Consultado em 3 de maio de 2008 
  114. Gilchrist, Todd (29 de abril de 2008). «Iron Man Review» (em inglês). IGN. Consultado em 29 de abril de 2008 
  115. Giraldez Catalan, Cristobal (31 de julho de 2008). «"Heckuva Job, Tony!" Racism and Hegemony Rage in Iron Man». Bright Lights Film Journal (em inglês). Consultado em 16 de novembro de 2015. Cópia arquivada em 18 de novembro de 2015 
  116. Ebert, Roger (5 de dezembro de 2008). «The best films of 2008... and there were a lot of them». Chicago Sun-Times (em inglês) 
  117. Corliss, Richard (9 de dezembro de 2008). «Top 10 Movies». TIME (em inglês) 
  118. «AFI Awards 2008» (em inglês). American Film Institute. Cópia arquivada em 10 de março de 2015 
  119. «Empire's The 500 Greatest Movies of All Time». Empire (em inglês) 
  120. Keck, William (2 de junho de 2008). «MTV Movie Awards full of pomp, promotion». USA Today (em inglês). Consultado em 18 de dezembro de 2015 
  121. «2008 Teen Choice Awards winners and nominees». Los Angeles Times (em inglês). Arthur Ochs Sulzberger, Jr. 17 de junho de 2008. Consultado em 6 de Agosto de 2013. Arquivado do original em 12 de setembro de 2008 
  122. Seijas, Casey (15 de setembro de 2008). «Comics Take Over '2008 Scream Awards' As Nominees Announced» (em inglês). MTV News. Consultado em 18 de dezembro de 2015 
  123. «People's Choice Awards - 2009 Nominees & Winners» (em inglês). People's Choice Awards. Consultado em 18 de dezembro de 2015 
  124. «'Doubt' Tops SAG Pack» (em inglês). CBS News. 18 de dezembro de 2008. Consultado em 18 de dezembro de 2015 
  125. King, Susan (7 de janeiro de 2009). «USC Scripter Award nominations announced». Los Angeles Times (em inglês). Consultado em 18 de dezembro de 2015 
  126. «Bafta Film Awards 2009: The winners» (em inglês). BBC. 8 de fevereiro de 2009. Consultado em 18 de dezembro de 2015 
  127. Seijas, Casey (4 de dezembro de 2008). «'The Dark Knight', 'Iron Man' Rock The Grammy Nominations» (em inglês). MTV News. Consultado em 18 de dezembro de 2015 
  128. «Iron Man Leads Visual Effects Society Awards Nominations» (em inglês). GamesRadar. Consultado em 18 de dezembro de 2015 
  129. «Academy Award winners and nominees» (em inglês). CNN. 22 de fevereiro de 2009. Consultado em 22 de fevereiro de 2009 
  130. «Nickelodeon Unfolds Luminous List of 2009 Kids' Choice Awards Nominees» (em inglês). Nick KCA Press. 6 de fevereiro de 2009. Consultado em 1 de julho de 2009 
  131. «Empire Awards 2009 Best Film». Empire (em inglês). Consultado em 29 de novembro de 2015. Arquivado do original em 6 de novembro de 2011 
  132. «Empire Awards 2009 Best Actor». Empire (em inglês). Consultado em 29 de novembro de 2015. Arquivado do original em 6 de novembro de 2011 
  133. «Empire Awards 2009 Best Sci-Fi / Superhero». Empire (em inglês). Consultado em 29 de novembro de 2015. Arquivado do original em 14 de agosto de 2011 
  134. «'Doubt' Tops SAG Pack» (em inglês). Taurus World Stunt Awards. Consultado em 18 de dezembro de 2015 
  135. «MTV's 2009 Movie Award Nominations Are Packed With Comic Book Nods» (em inglês). MTV News. 4 de maio de 2009. Consultado em 18 de dezembro de 2015 
  136. «Nominations for the 35th Annual Saturn Awards» (em inglês). Academy of Science Fiction, Fantasy & Horror Films. Consultado em 17 de março de 2009. Arquivado do original em 29 de fevereiro de 2012 
  137. «"The Dark Knight" receives five Saturn Awards at the 35th Annual Saturn Awards» (em inglês). Academy of Science Fiction, Fantasy & Horror Films. Consultado em 11 de julho de 2009. Arquivado do original em 11 de julho de 2009 
  138. «2009 Hugo Awards» (em inglês). The Hugo Awards. Consultado em 18 de dezembro de 2015. Arquivado do original em 7 de maio de 2011 
  139. «Empire's The 100 Greatest Characters of All Time». Empire (em inglês) 
  140. «The 100 Greatest Fictional Characters» (em inglês). Fandomania.com 
  141. Ward, Kate (18 de outubro de 2010). «Iron Man 3 to come to theaters in 2013"» (em inglês). Entertainment Weekly. Arquivado do original em 15 de novembro de 2010 
  142. Sneider, Jeff (14 de dezembro de 2010). «No Favreau? 10 Directors Who Could Take Over Iron Man 3» (em inglês). TheWrap.com. Arquivado do original em 15 de dezembro de 2010 
  143. Finke, Nikki e Mike Fleming (17 de fevereiro de 2011). «Shane Black To Direct Marvel's 'Iron Man 3'» (em inglês). Deadline.com. Arquivado do original em 22 de agosto de 2012 
  144. Tadena, Nathalie. «Disney Acquires Distribution Rights to Four Marvel Films From Paramount» (em inglês). The Wall Street Journal. Consultado em 2 de julho de 2013 
  145. Finke, Nikki (2 de julho de 2013). «Disney Completes Purchase of Marvel Home Entertainment Distribution Rights». Deadline Hollywood (em inglês). Consultado em 2 de julho de 2013 
  146. Palmeri, Christopher (2 de julho de 2013). «Disney Buys Rights to Four Marvel Movies From Viacom's Paramount». Bloomberg (em inglês). Consultado em 2 de julho de 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]