Oscar de melhor edição de som

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Oscar de Melhor Edição de Som
Apresentação Academia de Artes e Ciências Cinematográficas
País  Estados Unidos
Primeira cerimónia 1964
Última cerimónia 2020
Detentor atual Donald Sylvester, por Ford v Ferrari
Sítio oficial

O Oscar de Melhor Edição de Som (Brasil) ou Óscar de Melhor Montagem de Som (Portugal) (no original em inglês Academy Award for Best Sound Editing) era entregue anualmente pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas para a melhor realização em edição de som e desenho de som em um filme. O prêmio era normalmente entregue ao(s) supervisor(es) de edição de som do filme, em alguns casos acompanhado pelos desenhistas sonoros. A categoria de Melhor Edição de Som foi fundida com a categoria de Melhor Mixagem de Som como um único prêmio de Melhor Som.[1]

Vencedores e indicados[editar | editar código-fonte]

Década de 1960[editar | editar código-fonte]

Década de 1970[editar | editar código-fonte]

  • 1976: The HindenburgPeter Berkos (Prêmio de Realização Especial)

Década de 1980[editar | editar código-fonte]

  • 1985: The RiverKay Rose (Prêmio de Realização Especial)
  • 1988: RoboCopStephen Hunter Flick e John Pospisil (Prêmio de Realização Especial)

Década de 1990[editar | editar código-fonte]

Década de 2000[editar | editar código-fonte]

Década de 2010[editar | editar código-fonte]

Década de 2020[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]